31 de March de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Destaque Nacional

Há milhares de anos habitava em Olam um povo chamado de Os Kedoshins. Eram criaturas de luz praticamente incorpóreas que foram designadas para preparar o mundo para a habitação dos homens. Os Kedoshins pacificaram a terra, expulsando as trevas que cobriam o mundo, subjugando monstros e criaturas, e construíram cidades gloriosas ao sul de Olam.

Uma nova trilogia fantástica que chamou muito a nossa atenção surge no mercado editorial: As Crônicas de Olam, de L. L. Wurlitzer:

No primeiro livro da trilogia As Crônicas de Olam, o escritor brasileiro, L. L. Wurlitzer, nos leva a um mundo desconhecido baseado na milenar cultura hebraica. A história conta as aventuras do “guardião de livros” que se lança desesperadamente em uma perigosa viagem para desvendar os mistérios que cercam o desaparecimento de seu mestre. Em seu caminho, ele encontrará criaturas e demônios aterrorizantes, conhecerá cidades esplêndidas e enfrentará batalhas épicas, pouco sabendo que suas escolhas podem significar a salvação ou o fim de uma Era.

O primeiro volume, Luz e Sombras foi lançado pela TOLK Publicações e pode ser adquirido nas seguintes livrarias: Saraiva Cultura



30 de March de 2015
Postado por: Nina Lima @ Arquivado em: Resenhas

Livro: Hotelles, Quarto 1
Série: Hotelles
Autor: Emma Mars (@Emma_Mars)
Páginas: 496
Editora: Rocco
Tradução: Rejane Janowitzer
Resenha por: Nina
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Folha Travessa Amazon

Um quarto de hotel no meio da tarde, na sempre sedutora Paris, é o cenário escolhido pela escritora francesa Emma Mars para contar a história de Annabelle, jovem jornalista que trabalha esporadicamente como acompanhante de luxo. É no Hôtel des Charmes que ela conhece o atraente David Barlet, um magnata da mídia com quem engrena um relacionamento, sem deixar de manter encontros com outros clientes. Presa a um arriscado e excitante jogo sexual, Annabelle protagoniza uma história rica em detalhes picantes, sem cair na vulgaridade. Espécie de versão contemporânea do clássico Bela da tarde, Hotelles – Quarto 1 é o primeiro de uma trilogia que mistura romance, mistério e intrigas, temperada com uma boa dose de sensualidade.

Mas nem tudo é um mar de rosas, pois entre eles há um segredo. Quem será o enigmático homem enviando a Elle mensagens que parecem adivinhar seus desejos mais secretos? Por que ela se submete a suas instruções e se deixa atrair novamente até o hotel, tornando-se prisioneira desse arriscado jogo sexual?

Acompanhe Elle na descoberta de suas fantasias e deixe-se levar também por essa história rica em detalhes, com uma mescla bem dosada de erotismo, suspense e mistério.

Quem nunca julgou um livro pela capa, que atire o primeiro marcador de páginas. Essa fui eu, inundada de expectativas com a chegada de Hotelles na minha casa. O livro tem essa promessa de uma pegada sensual, romântica e cheia de mistérios, mas a história não é bem essa…

O caso é que Hotelles não foi uma história que me prendeu. Particularmente, gosto de livros que tenham uma escrita mais fluida, que o enredo se desenrole num ritmo mais rápido e me poupe de encheção de linguiça. O fato é que, com tantas páginas, não teria como a história de Elle ser uma grande enrolação, contando dados desnecessários à história, incorporando detalhes mínimos que não fazem a menor diferença no fim das contas. Há elementos que foram introduzidos no decorrer da história que, mesmo depois do fim desse primeiro volume da trilogia, ainda não entendi qual o seu propósito. Outra coisa me dá uma certa preguiça em algumas histórias é quando o autor tenta introduzir um trecho de música no meio da história, com o objetivo mesmo de trazer o leitor pro clima da cena e acaba falhando. No caso de Hotelles, especificamente, eu ficava pulando os trechos que eram citações de música pra tentar fazer a cena acontecer na minha cabeça, e acabei falhando algumas vezes.

Eu não entendi bem a protagonista. Não entendi se era feia, bonita, gorda, magra. Era sempre descrita como exótica e de curvas generosas, dotada de seios fartos e lábios carnudos. Na minha cabeça, era uma versão bem nutrida das Bratz. A única parte que consegui captar dela de verdade era sua preferência por homens mais maduros – um certo complexo de Édipo, pela ausência paterna. Outra parte que me chamou atenção foi o seu desapego com a mãe, doente de câncer. Achei que a personagem deixava a mãe muito em segundo plano – que eu faço lembrar, era paciente terminal de câncer – para viver suas aventuras sexuais.

Acho que a personagem tem algumas características que causam empatia, como o estado de sáude da mãe e a falta de dinheiro pra ajudar, a dificuldade de se colocar no mercado depois da graduação, e o desejo de se descobrir tanto no âmbito pessoal, quanto sexualmente. Mas ainda assim, acho muito incoerentes as atitudes em relação aos acontecimentos, de como ela se submete às investidas de um desconhecido, e como da metade pra frente, a coisa fica muita louca, o mistério vai se desfazendo e ao invés de deixar às claras, ela abaixa a cabeça e passa a ser conivente com a insanidade da situação.

Enfim, foi, basicamente, um livro um tanto cansativo de se ler. Apesar de ter boas cenas eróticas – um tanto criativas, inesperadas e bem escritas – as outras cenas são longas cheias de reflexões carregadas de drama adolescente por parte da personagem principal, e nem seus passeios por Paris me fizeram suspirar mais pela história. Acho que, do proposto, a parte romântica deixou a desejar, porque não há cenas românticas.

Eu espero muito sinceramente que o próximo livro seja melhor, com menos enrolação e mais romance.

“Reflexão bruta: o sexo o amor físico, aquele que nos arranca das contigências terrenas, que nos arrebata e faz esquecer de tudo, nunca é apenas uma questão de sexo, de dois corpos fugazmente aproximados. O único sexo que realmente nos encanta só pode ser fruto de nosso imaginário, de nossas dúvidas, de nossos questionamentos e das esperanças que depositamos num mundo desconhecido.” – p. 256


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.



30 de March de 2015
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Notícias

A série Homens Marcados de Jay Crownover já possui cinco livros e o sexto volume será lançado agora no mês de abril no exterior.

A editora V&R adquiriu os direitos da série e lança o primeiro volume também no mês de abril, o livro leva o nome de Na Sua Pele e a editora já liberou a capa nacional do volume, que vocês conferem abaixo:

Opostos de todas as formas… exceto da única que importa.

Shaw Landon se apaixou por Rule Archer desde o momento em que ela o olhou. Rule é tudo que uma estudante de medicina como Shaw não deve querer — e é a única pessoa que nunca tentou agradar. Ela não tem medo de seus piercings assustadores e suas tatuagens ou de sua atitude ousada. Mesmo sabendo que Rule não é o certo para ela, seu coração não a ouve.

Para um rebelde como Rule Archer, Shaw Landon é uma perfeita princesa. Ela vive pelas regras de outras pessoas, ele faz as suas. Ele não tem tempo para uma boa garota como Shaw, mesmo que ela seja a única que possa ver a pessoa que ele realmente é.

Mas uma saia pequena, muitos coquetéis de aniversário e segredos contados levam a uma noite que não poderá ser esquecida. Agora, Shaw e Rule precisam descobrir como uma garota como ela e um cara como ele podem ficar juntos sem destruir o amor… ou um ao outro.



30 de March de 2015
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Notícias

Para todos os fãs da série Maze Runner tem novidade vindo por aí: Maze Runner: The Scorch Trials Official Graphic Novel Prelude, que nada mais é que um HQ que terá os personagens e acontecimentos mais importantes do segundo filme.

O lançamento está previsto para junho fora do Brasil e ainda não tem uma data para chegar aqui. Lembramos que o segundo filme, Prova de Fogo, chega aos cinemas em setembro deste ano.



30 de March de 2015
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Notícias

A série Forever de J. M. Darhower já conta com dois livros lançados e ela chega ao Brasil com o primeiro volume, Sempre, e tem previsão de lançamento para a primeira quinzena de maio deste ano.

A série é baseada em uma fan fiction de Crepúsculo e faz sucesso no exterior. Para quem se interessar, a Livraria da Folha já está com a pré-venda.

Confira abaixo a capa nacional e a sinopse do livro:

 

Haven Antonelli e Carmine DeMarco cresceram em mundos completamente diferentes. Haven é uma adolescente de 17 anos que nunca conheceu a liberdade. Desde a infância, ela e sua mãe são escravas, vítimas de uma rede de tráfico humano. Carmine, nascido em uma família rica da máfia, viveu uma vida de privilégios e excessos. Agora, uma reviravolta do destino faz com que seus caminhos se cruzem. Apesar das diferenças aparentes, algo mais sutil os une. E da tênue amizade entre os dois floresce uma paixão inesperada e arrebatadora.

Enredados numa teia de segredos e mentiras, em que o poder e o dinheiro ditam o jogo, o jovem casal logo percebe que é preciso se sacrificar para conquistar a liberdade e o direito ao amor…



30 de March de 2015
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Lançamentos

Caindo na Estrada é o nono livro da série Diário de um Banana e tem seu lançamento previsto para o dia primeiro de abril deste ano.

Veja abaixo a capa e sinopse do livro:

 

As férias do Greg tinham tudo para serem perfeitas, até que sua mãe vem com a bomba – eles farão uma viagem de carro em família. Bem, uma viagem desse tipo tem tudo para ser algo muito divertido… ou não, ainda mais se for a família do Greg. A jornada começa cheia de promessas, mas logo sofre reviravoltas dramáticas. Banheiros de posto de gasolina, gaivotas ensandecidas, malas perdidas, um porco faminto… Mas até a viagem mais desastrosa pode virar uma grande aventura – e desta os Heffley não vão se esquecer tão cedo.

O livro já está em pré-venda nas seguintes lojas online: Saraiva e Cultura.



29 de March de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Primeiras Impressões

Livro: A playlist de Hayden
Autora: Michelle Falkoff
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito
Tradução:
Pré-venda: Saraiva Cultura Folha Travessa Amazon

Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente

Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.

A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

Uma amostra com os primeiros oito capítulo de A playlist de Hayden chegou para nós pelo #CorreioDoLeS (obrigada, Novo Conceito!) e eu achei a forma como ele foi apresentado muito intrigante – tem fotos abaixo – e certamente isso ajudou a despertar a minha curiosidade.

O livro aborda temas sérios como suícidio e bullying, mas não pense que a leitura é chata e pesada. Longe disso. A autora demonstrou, até agora, uma certa leveza e naturalidade ao abordar esses temas. Fora que o livro todo gira em torno de músicas, cada capítulo tem uma música como título, todas parte da playlist que Hayden deixou para seu amigo Sam antes de morrer e tem bandas para todos os gostos.

A cereja do bolo pra mim foi constatar que parte da renda deste livro será doada pra Fundação Abrinq – Save The Children, que promove a defesa dos direitos e exercício da cidadania de crianças e adolescentes. Um gesto muito nobre. Além de você poder descobrir uma história que tem tudo pra ser no mínimo interessante, você ainda está ajudando alguém que precisa.

Confiram abaixo algumas fotos da amostra. O lançamento oficial é no dia 06 de abril.


Antes de ir deixo aqui o link para a “playLeSt” que contém as músicas que são os títulos dos capítulos. Ela ainda não está completa, pois só li uma amostra do livro, mas vou adicionar as outras músicas depois do lançamento então sigam a playlist (e adicionem o usuário do LeS no Spotify!) pra saber das novidades!


A playlist de Hayden



27 de March de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Resenhas

Livro: After
Série: After
Autor: Anna Todd (@imaginator1dx)
Páginas: 524
Editora: Paralela
Tradução: Alexandre Boide
Resenha por: Bruna Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Folha Travessa Amazon

Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar.
Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

“Bonzinho? Essa é a primeira coisa que vem à sua cabeça quando fala do seu namorado? É só uma forma educada de dizer que ele é chato.” – p. 60

Fan fictions adaptadas para livros são uma das últimas febres do mundo literário. Quando eu era mais nova adorava escrever fics, tenho inúmeras delas perdidas em algum CD no meu armário ou nos cantos obscuros do meu Gmail e era uma leitora assídua. Pra mim uma fan fict nada mais é que uma história despretenciosa, um romance gostoso de ler e era exatamente isso que eu estava procurando quando peguei After pra ler. Um livro pra fazer uma detox literária. E já aviso: funcionou melhor do que eu imaginava!

Não sou fã de One Direction, até poucos dias atrás mal sabia o nome dos integrantes (confesso, ainda os confundo um pouco) e não achei que isso influenciou na minha leitura, mas acredito que tenha deixado de perceber alguns detalhes e algum delineamento do perfil das personagens. Uma das coisas que eu mais gostei na história – pelo menos por enquanto – é que os meninos da banda (agora com nomes adaptados, Harry virou Hardin e por aí vai) não fazem parte de uma banda, são todos apenas garotos “normais” na faculdade.

Os personagens centrais são Hardin e Tessa/Theresa que podem ser descritos resumidamente como o bad boy mulherengo de sotaque carregado e a menina mais certinha e esforçada da faculdade. Obviamente os dois se odeiam e vivem discutindo e claro que isso acaba se tornando em algo mais. Os personagens não são nem um pouco rasos e isso foi uma agradável surpresa, ao longo da leitura percebemos que ambos são como são por conta do passado difícil que tiveram com suas respectivas famílias. Há muita bagagem em cada um deles, sem contar as constantes brigas e problemas que eles têm um com o outro.

Os capítulos são bem curtos e geralmente deixam um gancho pra atiçar a curiosidade do leitor. Perdia totalmente a noção do tempo lendo a história, sempre ansiosa por saber mais e o que aconteceria a seguir. Também, com um personagem com a personalidade explosiva de Hardin, é sempre difícil prever o que vai acontecer na próxima página, apesar da narrativa conter praticamente todos os clichês possíveis de um romance.

Outro ponto legal é que a autora é uma leitora ávida e seu casal principal também, então há várias menções de clássicos da literatura no livro, coisa que sempre agrada os leitores.

Apesar de seus clichês e do final meio óbvio eu simplesmente adorei os dias que passei com Hardin e Tessa. Há muito tempo não me envolvia tanto assim com uma história e seus personagens. Estou muito curiosa pra saber o que vem por aí no segundo volume da série, a ex-trilogia que vai ganhar mais três livros, conforme anunciamos aqui no LeS! Pra quem já leu muita fan fiction nessa vida, recomendo fortemente a leitura de After.

Antes de ir deixo aqui o link para uma “playLeSt” que eu montei com as músicas que me vinham à cabeça enquanto eu lia After. Ela ainda não está completa e vou adicionar algumas músicas então sigam a playlist (e adicionem o usuário do LeS no Spotify!) pra saber das novidades!


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.