terça-feira, 19/11/2019
Últimas do LeS:
Capa » Lançamentos » Blood Promise é lançado.

Blood Promise é lançado.

Para todos os loucos e fanáticos pela série Vampire Academy, que aqui no Brasil estreiou como o Beijo das Sombras, a espera acabou. O 4º livro da série, Blood Promise foi lançado ontem nos USA.

blood-promise

O e-book completo já pode ser baixado em varios sites e comunidades sobre a série.

Segue abaixo, o Prólogo de Blood Promise:

“Uma vez, quando eu estava na nona série, eu tive que escrever um poema para um trabalho. Uma das linhas era, “Se seus olhos não estão abertos, você não saberia a diferença entre estar sonhando e estar acordada.” Não tinha significado muito para mim na época. Afinal de contas, tinha um cara na aula que eu gostava, então como podiam esperar que eu prestasse atenção a uma analise literária? Agora, três anos depois, eu entendo o poema perfeitamente.

Porque ultimamente, minha vida parece estar no precipício do sonho. E meu príncipe? Bem, essa era uma longa história. Meu príncipe foi transformado em um vampiro – um Strigoi, para ser especifica. No meu mundo, existem dois tipos de vampiros que existem em segredo, dos humanos. Os Moroi são vampiros vivos, vampiros bons que possuem mágica elementar e não matam quando estão procurando o sangue que eles precisam para sobreviver. Strigoi são vampiros morto-vivo, imortais e distorcidos, que matam quando se alimentam. Moroi nascem. Strigoi são feitos – a força ou por escolha – através de ações maldosas.”

Clique em leia mais para ler todo o prólogo! (Mas cuidado, o prólogo possui spoilers).

E Dimitri, o cara que eu amo, foi transformado em Strigoi contra vontade. Ele foi transformado durante a batalha, um resgate épico que eu participei também. Strigoi tinham seqüestrado Moroi e dhampirs da escolha em que eu freqüentava, e nós fomos salva-los. Dhampirs são meio vampiros e meio humanos com o dom da força humana e a dureza, e os sentidos e reflexos dos Moroi. Dhampirs treinam para se tornar guardiões, os guarda costas de elite que protegem os Moroi. Isso é o que eu sou. Isso é o que Dimitri era.

Depois da conversão dele, o resto do mundo Moroi o considerou morto. E a uma certa extensão, ele estava. Aqueles que são transformados em Strigoi perdem todo sentido do que é bom e da vida que eles tinham antes. Mesmo que não tivessem sido transformados por escolha, não importa. Eles ainda se transformam em maus e cruéis, como todos os Strigoi. A pessoa que eles tinham sido desaparece, e honestamente, era mais fácil imaginar eles seguindo em frente para o céu ou para a próxima vida do que imaginar eles andando pela noite e tomando vítimas. Mas eu não fui capaz de esquecer Dimitri, ou aceitar que ele estava essencialmente morto. Meu coração se recusa a deixar ele ir – mesmo que ele tecnicamente fosse um monstro, ele ainda está lá fora em algum lugar. Eu também não tinha esquecido que uma vez eu e ele tínhamos tido. Nós dois concordamos que preferíamos estar mortos – mortos de verdade – do que andar no mundo como Strigoi.

E depois que tive meu tempo de luto pela bondade que ele perdeu, eu decidi honrar os desejos dele. Mesmo que ele não acreditasse mais neles. Eu tinha que encontrar ele. Eu tinha que matar ele e libertar sua alma daquele escuro e não natural estudado. Eu sabia que era o que o Dimitri que eu havia amado iria querer. Mas matar Strigoi não é fácil. Eles são insanamente rápidos e fortes. Eles não tem misericórdia. Eu já matei vários deles – o que é bem louco para alguém com recém 18 anos. E eu sabia que derrubar Dimitri seria meu maior desafio, tanto físico quanto emocional.

Na verdade, as conseqüências emocionais tinham aparecido assim que fiz minha decisão. Ir atrás de Dimitri significava agüentar algumas coisas da vida (e isso sem nem contar que lutar com ele poderia muito provavelmente resultar na perda da minha vida). Eu ainda estava na escola, só a alguns meses da formatura para me tornar um guardião formado. Todo dia eu agüentava a St. Vladirmir Academy – uma remota e protegida escola para Moroi e dhampirs – significava mais um dia passando no qual Dimitri ainda estava lá fora, vivendo num estado que ele nunca quis. Eu amava ele demais para permitir isso. Então tive que sair da escola mais cedo e sair entre os humanos, abandonando o mundo que eu vivi quase minha vida toda. Partir também significava abandonar outras coisas – ou melhor, uma pessoa: minha melhor amiga, Lissa, também conhecida como Vasilisa Dragomir. Lissa é uma Moroi, a ultima numa linhagem real. Eu fui designada para ser a guardiã dela quando nos formássemos, e minha decisão de caçar Dimitri tinha basicamente destruído esse futuro com ela. Eu não tive escolha se não abandonar ela.

Fora nossa amizade, Lissa e eu temos uma ligação única. Cada Moroi se especializa num tipo de magia elementar – terra, ar, água, ou fogo. Até recentemente, acreditávamos que só havia quatro elementos. Então descobrimos um quinto: espírito.

Esse era o elemento de Lissa, e com tão poucos usuários de espírito no mundo, não sabemos quase nada sobre isso. Na maioria, parecia estar ligado com poderes psíquicos. Lissa possuía uma incrível compulsão – a habilidade de exercer sua vontade em quase todo mundo. Ela também podia curar, e é aí que as coisas ficavam um pouco estranhas entre nós. Você vê, eu tecnicamente morri em um acidente de carro que matou a família dela. Lissa tinha me trazido de volta do mundo dos mortos sem perceber, criando uma ligação psíquica entre nós. Desde então, eu sempre estive ciente da presença e pensamentos dela. Eu sabia dizer o que ela estava pensando e sentir quando ela estava com problemas. Também tínhamos recentemente descoberto que eu podia ver fantasmas e espíritos que ainda não tinham deixado esse mundo, algo que eu acho desconcertante e luto para bloquear. Todo o fenômeno se chama ser shadow-kissed.

Nosso laço shadow-kissed me fazia a escolha ideal para proteger Lissa, já que eu saberia instantaneamente se ela está com problemas. Eu prometi proteger ela toda minha vida, mas então Dimitri – alto, lindo, e poderoso Dimitri – tinha mudado tudo. Eu tive que encarar essa horrível decisão: continuar a proteger Lissa ou libertar a alma de Dimitri. Somos melhores amigas desde o jardim de infância, e minha partida foi um choque para nós duas. Para ser justa, ela nunca nem viu chegar. Eu mantive meu romance com Dimitri em segredo. Ele era meu instrutor, sete anos mais velho que eu, e tinha sido designado para ser o guardião dela também. Portanto, ele e eu tentamos lutar contra nossa atração, sabendo que tínhamos que nos focar em Lissa mais do que em qualquer outra coisa e que também nos meteriamos em uma bela confusão com nosso relacionamento estudante-aluno.

Mas ficar longe de Dimitri – mesmo que eu tenha concordado – me fez ter muito ressentimento não falado contra Lissa. Eu provavelmente deveria ter falado com ela e explicado minha frustração sobre ter minha vida toda planejada. Não parecia justo, de alguma forma, que enquanto Lissa estava livre para amar e viver do jeito que quisesse, eu sempre teria que sacrificar minha própria felicidade para assegurar que ela estivesse protegida. Mas ela era minha melhor amiga, e eu não podia agüentar a ideia de deixar ela chateada. Lissa era particularmente vulnerável porque usar espírito tinha o horrível efeito colateral de deixar as pessoas insanas. Então eu guardei meus sentimentos até que eles finalmente explodiram, e eu abandonei a Academia – e ela – para sempre.

Um dos fantasmas que eu vi – Mason, um amigo que foi morto por Strigoi – tinha me dito que Dimitri havia voltado para sua terra natal: Sibéria. A alma de Mason tinha encontrado paz e partido desse mundo desde então, sem me dar nenhuma outra pista sobre onde na Siberia Dimitri poderia estar. Então eu tive que ir lá cega, enfrentando um mundo de humanos e língua que eu não conhecia, para poder cumprir a promessa que eu fiz para mim mesma.

Depois de algumas semanas por conta própria, eu finalmente consegui chegar em São Petesburgo. Eu ainda estava procurando, ainda me debatendo – mas determinada a encontrar ele, embora ao mesmo tempo eu temesse. Porque se eu realmente completasse esse plano maluco, se eu conseguisse matar o homem que eu amava, significaria que Dimitri realmente partiu desse mundo. E eu honestamente não sabia se eu podia continuar num mundo assim.

Nada parecia real. Quem sabe? Talvez não seja. Talvez esteja acontecendo com outra pessoa. Talvez seja algo que eu imaginei. Talvez logo eu acorde e encontre tudo resolvido com Lissa e Dimitri. Todos estamos juntos, e ele vai estar lá com um sorriso para me segurar e me dizer que tudo vai ficar bem. Talvez tudo isso realmente seja um sonho.

Mas eu acho que não.

Creditos: Vampire Academy.

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

2 comentários

  1. OMG, enfiim…aaah!
    sabe quando vai chegar aqui no Brasil? amo essa série

  2. Não faço a minima ideia Denise. É tanto lançamnento de tanto livro q eu ja to ficando confusa. Vou procurar saber e aviso. O segundo livro da serie sai este ano ainda no brasil. o 4º deve demorar um cadinho, provavelmente no segundo semestre do ano q vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.