domingo, 21/04/2019
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » “Gossip Girl” entre os livros “banidos” nos USA

“Gossip Girl” entre os livros “banidos” nos USA

Sexo explícito, linguagem ofensiva e inapropriada para a faixa etária. Por esses motivos, os livros da série “Gossip Girl”, de Cecily von Ziegesar, e o volume “O Caçador de Pipas”, de Khaled Hosseini, entraram para a lista de banidos das escolas dos Estados Unidos em 2008, segundo a Associação da Biblioteca Americana (ALA). Os exemplares ocupam a sétima e nona posições, respectivamente.

A ALA promove a liberdade para expressar opiniões mesmo que essas sejam consideradas antiortodoxas e impopulares. A entidade realça a importância de assegurar a disponibilidade desses pontos de vista a todos que desejam lê-los.

Os livros de Cecily von Ziegesar inspiraram a série homônima de TV, que já está na terceira temporada. “Gossip Girl” retrata o universo quase secreto de jovens milionários e de famílias tradicionais do Upper East Side, em Nova York. Serena, Blair e Nate são amigos de infância. Compartilham passeios e frequentam festas da elite norte-americana, não se desgrudam. O clímax da história toma corpo quando as duas amigas se veem apaixonadas, ao mesmo tempo, por Nate. A dupla sente-se confusa e também incitada à provocações em um jogo de sedução sem limites morais.

Considerada uma espécie de “Sex and the City” para adolescentes, “Gossip Girl” é uma das séries mais lidas pelos jovens, tanto que já figurou na lista dos mais vendidos pelo “The New York Times”. A coleção vendeu mais de 4 milhões de exemplares só nos Estados Unidos. Na tela, Serena, Blair e Nate ganharam uma alta carga de drama, intriga e fofoca, esta divulgada em um site por alguém da própria turma que revela tudo aquilo que todos tentam esconder, como quem dorme com quem, quem traiu quem, quem são os alcoólatras, os bulímicos, os drogados, os anoréxicos e os mentirosos da turma.

Veja abaixo o Top 10 dos livros “banidos” das escolas norte-americanas no ano de 2008:

1. “And Tango Makes Three”, de Justin Richardson e Peter Parnell
– razões: inapropriado para a faixa etária, antiétnico, antifamiliar, homossexualidade e ponto de vista religioso.

2. Trilogia “His Dark Materials”, de Philip Pullman
– razões: pontos de vista político e religioso, e violência.

3. Série “ttyl”, “ttfn”, “L8r, G8r”, de Lauren Myracle
– razões: inapropriado para a faixa etária, sexo explícito e linguagem ofensiva.

4. Série “Scary Stories”, de Alvin Schwartz e Stephen Gammell
– razões: oculto/satanismo, ponto de vista religioso e violência.

5. “Bless Me, Ultima”, de Rudolfo Anaya
– razões: oculto/satanismo, linguagem ofensiva, ponto de vista religioso, sexo explícito e violência.

6. “The Perks of Being a Wallflower”, de Stephen Chbosky
– razões: inapropriado para a faixa etária, drogas, homossexualidade, nudismo, linguagem ofensiva, sexo explícito e suicídio.

7. Série “Gossip Girl”, de Cecily von Ziegesar
– razões: inapropriado para a faixa etária, linguagem ofensiva e sexo explícito.

8. “Uncle Bobby’s Wedding”, de Sarah S. Brannen
– razões: homossexualidade e inapropriado para a faixa etária.

9. “The Kite Runner” (“O Caçador de Pipas”), de Khaled Hosseini
– razões: inapropriado para a faixa etária, linguagem ofensiva e sexo explícito.

10. “Flashcards of My Life”, de Charise Mericle Harper
– razões: inapropriado para a faixa etária e sexo explícito.

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

Um comentário

  1. Concordo de de O caçador de pipas não ser indicado nas escolas. Não que a linguagem seja ofensiva, mas alguns fatos narrados são muito fortes. Como estupro e pedofilia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.