sexta-feira, 20/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Feios”, de Scott Westerfeld

Resenha: “Feios”, de Scott Westerfeld

Feios Livro: Feios (#01)
Série Feios
Autor: Scott Westerfeld (@ScottWesterfeld)
Editora: Galera Record
Páginas: 415
Tradução: Rodrigo Chia
Resenha por: Patoka
Comprar: Saraiva Cultura Submarino

Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá.

Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Quantas vezes você leu um livro em que o lugar ou sociedade da história foi totalmente inventada? O senhor dos anéis, As crônicas de Nárnia, Eragon. Quase todos os livros de fantasia se passam em um universo novo onde tudo é possível, já que em um ambiente imaginário, não existe limites.

Aí citamos também os romances históricos, os quais as histórias são ambientadas em nosso mundo, em um passado distante, mas conseguimos nos familiarizar com tudo, já que os valores são diferentes, mas o mundo é o mesmo!

Então entramos no mundo criado por Scott Westerfeld. O mundo que vivemos, mas ao mesmo tempo, diferente! Uma sociedade futurística, onde as pessoas andam em carros voadores, pranchas magnéticas são como skates, casas feitas à base de fibra. A comida é desidratada, as roupas são sintéticas e todos os humanos são… perfeitos.

Tally Youngblood, é uma adolescente que espera ansiosamente a chegada dos seus 16 anos. Nessa data, ela irá passar por uma cirurgia que esticará seus ossos, remodelará seu corpo e trocar a sua pele por uma de bebê. Tally se tornará perfeita! Com a desculpa de que as pessoas iguais não sofrerão preconceito, Tally cresce nesse mundo de perfeição e sua única preocupação são as festas inimagináveis que terá que frequentar quando se tornar uma perfeita.

Só que Tally conhece Shay, uma garota que não está nem um pouco a fim de ser operada e prefere permanecer feia. Shay então foge para viver com outros feios na “fumaça” (que são os novos hippies) e Tally acaba se juntando a ela em uma aventura onde segredos sobre essa sociedade perfeita serão desvendados.

Bom, Scott Westerfeld, como todos sabem, escreve extremamente bem e a descrição das cenas de ação são bem ritmadas. Porém, em muitas partes do livro você não entende muito bem os muitos mecanismos usados e a nova tecnologia, e o autor simplesmente não se preocupa em explicar. Tally, a personagem principal, vive com dilemas internos e não existe uma situação em que ela não analise todas as possibilidades possíveis. Análises que às vezes duram uma página inteira. Não se sinta culpado se você acabar torcendo contra a protagonista, pois ela consegue ser nada carismática. No fim das contas, o livro vale pela sociedade criada por Scott. É bacana imaginar um mundo meio Os Jetsons (desculpa, é da minha época!).


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

9 comentários

  1. La la la eu já tenho o meu e é o próximo da minha lista de leituras!!! Tô muiiiito ansiosa pra ler *__*

  2. Me interessei muuuuuuito por este livro e por esta série.
    Espero que o livro venda bem e que a editora publique o restante da série.
    Achei muito criativa essa história de um mundo perfeito nem tão perfeito assim.
    Meio ficção-científica.

  3. Ítalo Corrêa

    Ual,gostei muito da sua resenha,fiquei muito interessado no livro,espero ter a oportunidade de comprá-lo
    E fiqui feliz de ver aqui nos comentários que é uma série.Ótimo.Pelo menos vai ter continuação,quando o livro é bom a gente quer mais!!!

  4. ja li feios e me encantei com tally, como foi escrito acima tinha trechos do livro que eu nao entendia perfeitamente o desenrolar da cena, mas isso nao me fez deixar de esperar ansiosamente pela continuação…por favor me escrevam se souber de qualquer coisa sobre a continuação. muito obrigada! > meu email(mmrc_15@hotmail.com)

  5. Finalmente alguém que não curtiu tanto Feios!! rsrsr Já estava me sentindo culpada por não ter achado o livro tudo aquilo que estavam falando…
    E, adoreio a referência aos Jetsons… é da minha época tb… abafa o caso!!! rsrs
    Bjs,
    D.

    ps: qdo tiver um tempo, confira a crítica que fiz para esse livro no meu blog!

  6. “Feio” parece um livro muito bom, e o autor promete bastante na serie, conhecendo o trabalho dele tenho certeza que o livro e’ tao bom como os outros.
    Ja comprei o meu e estou ansiosa para comecar a ler…
    Meu emal: bellah.mafra@hotmail.com
    Meu blog (onde gasto um pouquinho do meu tempo as vezes): http://ondeaimaginacaovoa.blogspot.com

  7. Terminei de ler “Feios” hoje, gostei bastante. Já estou começando a ler Perfeitos!!! :)

  8. Eu li este “livrinho” porque a escola mandou, mas eu e minha amiga nos apaixonamos, já lemos até Especiais (Feios, Perfeitos, Especiais e Extras) , só não lemos o seguinte porque ainda não lançou. Sua resenha ficou MASSA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*