sexta-feira, 15/12/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “A breve segunda vida de bree tanner”, de Stephenie Meyer

Resenha: “A breve segunda vida de bree tanner”, de Stephenie Meyer

Livro: A breve segunda vida de Bree Tanner: Uma história de Eclipse
Saga: Crepúsculo
Autor (a): Stephenie Meyer
Páginas: 192
Editora: Intrínseca
Comprar: Saraiva Cultura Submarino E-book

Sinopse:Bree Tanner mal se recorda da vida que tinha antes de descobrir seus sentidos extremamente aguçados, os reflexos sobre-humanos e a força física sem precedentes. A vida antes da insaciável sede de sangue… Antes de ser uma vampira.

O que ela sabe é que a rotina em um bando de recém-criados é de poucas certezas, e de ainda menos regras: fique alerta, não chame atenção para si mesmo e, acima de tudo, volte para casa antes do nascer do sol, ou será destruído. O que ela não sabe: seu tempo como imortal está se esgotando. Depressa.

Bree encontra em Diego um amigo inesperado, outro jovem vampiro atormentado pelas dúvidas a respeito do monstro que os criou – alguém que conhecem simplesmente por Ela. Quando os dois percebem que são apenas peões em um jogo cujas proporções jamais imaginaram, é preciso descobrir em que acreditar. Mas se tudo o que você sabe sobre sua espécie é uma farsa, onde estará a verdade?

Combinando romance, horror, ação e mistério, a trama de Stephenie Meyer mergulha na trajetória de devastação do bando de recém-criados enquanto eles se preparam para o confronto definitivo.

O livro começa com um recadinho super fofo da Steph: como ela começou a pensar os personagens e como a Bree começou a tomar forma. Ela ressalta que a história é importante para elucidar alguns acontecimentos de Eclipse, pois, como o livro mostra apenas o olhar da Bella, alguns detalhes importantes que acontecem sem que ela saiba acabam ficando completamente obscuros.

Bree Tanner era uma adolescente que vivia nas ruas. Seduzida pela perspectiva de uma refeição decente, ela cede aos encantos do belo Ridley e acaba uma armadilha cujo fim era uma voz suave feminina, uma dor lancinante, que queimava… Depois do incidente, a vida de Bree se torna uma lembrança turva, pois ela despertara para uma nova vida. Era uma recém-nascida.

A história começa numa caçada; Bree saiu para se alimentar em companhia de dois outros recém-nascidos. Ao contrário das ordens de Ridley, os dois não faziam a menor questão de serem discretos. É nessa hora que Bree conhece Diego, o único que seria seu amigo em sua nova vida…

Junto de seu novo amigo, Bree descobre que, diferentemente do que Ridley havia divulgado, os vampiros não entravam em combustão em contato com o sol, e começam a se preocupar em divulgar ou não aquele fato a Ridley e a ela. É a partir daí que as decisões de Diego e Bree definem o curso da história que culminam na batalha da clareira.

Sob o ponto de vista da recém-nascida, a história do livro faz com que você sinta uma enorme simpatia por Bree e Diego, porém, como a própria Stephenie avisa do início do livro, é triste apaixonar-se pelos personagens, pois já sabemos o fim que eles vão ter. A já conhecida escrita da autora dá vida a uma personagem cativante e que nos revela algumas implicações importantes na história de amor de Edward e Bella. Simplesmente, não dá para não ler!

Sobre Nina Lima

Poderia ser qualquer outra coisa, mas resolveu ser turismóloga e apaixonada pela Inglaterra e pelo McFLY. Leu a trilogia Jogos Vorazes em três dias e amou; considera Harry Potter a melhor série do mundo, adora a escrita da Meg Cabot e topa qualquer YA Book.

3 comentários

  1. Ótimo! Perfeito! Vale a pena ler e reler!

  2. maria lucia s.p.ventura

    Adorei a autora escrever um livro paralelo a saga twilight com essa personagem. Ele mostra partes essenciais que não são retratadas na saga juntamente com a historia de Bree. Amei…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*