domingo, 15/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: O Símbolo Perdido

Resenha: O Símbolo Perdido

O Símbolo Perdido (2009)

Livro: O Símbolo Perdido
Saga: Robert Langdon
Autor(a): Dan Brown
Número de páginas: 489
Editora: Sextante
Comprar: Saraiva Submarino Fnac Cultura Folha Travessa

O Símbolo Perdido é a terceira aventura do professor Robert Langdon, um personagem díficil de se imaginar sem pensar em Tom Hanks – que interpretou o personagem das adaptações de O Código DaVinci e Anjos e Demônios para o cinema. Dessa vez, Langdon é chamado de última hora por seu amigo e mentor Peter Solomon para dar uma palestra em Washington, mas, ao chegar no local da palestra descobre que tudo não passou de uma armação para atraí-lo para o local e dar início a uma busca por um antigo portal místico que torna possível a transformação do homem em ser divino, dando-o poderes sobre-humanos. Robert não vê outra saída a não ser colaborar com Mal’akh, o homem que armou tudo, e decifrar o segredo da Pirâmide Maçônica em troca da vida de Peter. Ao decorrer da história surge também a irmã de Peter, Katherine Solomon, uma pesquisadora de um novo ramo da ciência, a Noética que se une a Langdon na corrida frenética para solucionar a pirâmide e salvar a vida de seu irmão.

A fórmula do livro é a mesma usada em seus outros best-sellers: um tema polêmico central a ser abordado, um segredo muito importante que corre o risco de ser perdido para sempre mas também é pertigoso se cair em mãos erradas e/ou revelados para toda humanidade, enigmas e códigos queprecisam ser decifrados contra o tempo, etc. Mas a fórmula funciona: uma vez iniciada a leitura, se prepare para – literalmente – correr junto com Robert e Katherine pelas ruas e pontos turísticos de Washington, sem saber em quem pode-se realmente confiar. Um ponto positivo do livro é que ele é cheio de reviravoltas que deixam o leitor de queixo caído – elas aparecem quando menos se espera até as últimas páginas.

Se você não está procurando por um livro com enredo e personagens originais e diferentes de tudo que já leu, não recomendo a leitura de O Símbolo Perdido. Porém, se você gosta de bons livros para lhe entreter nas horas de leitura, ou ainda gostaria saber mais sobre a Maçonaria e a Noética, esse hit de Dan Brown é mais do que recomendável. Você vai devorar as quase 500 páginas em poucos dias.

O livro vai virar filme: a adaptação já está em processo e a versão cinematográfica de O Símbolo Perdido e deve chegar aos cinemas em 2012.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*