sexta-feira, 20/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha e promoção: “Dixie Tepper e o Pêndulo do terror”, de Roger Pencew

Resenha e promoção: “Dixie Tepper e o Pêndulo do terror”, de Roger Pencew

Livro: Dixie Tepper e o Pêndulo do Terror
Série: Dixie Tepper
Autor: Roger Pencew
Páginas: 304
Editora: Novo Século
Resenha por: Nanda
Comprar: Saraiva Cultura Submarino

Em uma noite de tempestade, Tomas e Anna Tepper batem à porta de Sherman Falkmer e entregam em seus braços uma garotinha de pouco mais de um ano. Foi a última vez que o experiente detetive Falkmer viu o casal Tepper. Doze anos depois, Dixie Tepper ainda ignora os motivos que a levaram a ser deixada aos cuidados de seu tio Sherman de maneira tão repentina e truculenta, bem como a verdade sobre seu passado. Quando fatos estranhos começam a ocorrer em sua vida, Dixie descobre quem verdadeiramente foram seus pais, além das reais circunstâncias que culminaram no desaparecimento do casal. Murtus Vilegan fora o grande responsável pelos maiores tormentos sofridos por Tomas e Anna Tepper. E ele agora está de volta, disposto a tudo para alcançar seus objetivos. Mais obcecado e perigoso do que nunca, Vilegan passa a agir, e nem mesmo a proteção de Sherman Falkmer será capaz de livrar Dixie de todos os perigos que passam a rondá-la. Dixie sabe que sua vida nunca mais será a mesma, e que é chegado o momento de verdadeiramente utilizar todas as lições que aprendeu com tio Sherman enquanto crescia em meio a rotina da agência de detetives Archer.

Dixie Tepper, uma garota esperta, cheia de curiosidade e que sonha em ser uma grande detetive, vive com o tio Sherman, a tia Anatólia (irmã de seu tio) e a prima Patil. Ahn, e ela tem um cachorro – Farolargo – que é um fiel companheiro, principalmente quando Tia Anatólia e Patil decidem implicar com ela enquanto o tio Sherman está trabalhando na agência de detetive Archer. Vale ressaltar que a detetive-prodígio Dixie Tepper possui muita vontade de aprender e descobrir e é bastante carismática. O que ela ainda não sabe é que seus pais protegiam um grande segredo – morrendo por isso – e que o destino da garota é também proteger esse segredo de pessoas que o cobiçam.

Com a ajuda de dois amigos, Rony – uma nova vizinha com a qual ela se identificou imediatamente – e Pippe – um grande amigo que vive de dieta -, ela tenta desvendar não só os mistérios do bairro dela, como também outros mistérios que intrigariam muitos detetives da Archer. Isso ocorre principalmente quando Dixie acha que aulas de detetive irão salvar o edifício da Archer de ser vendido para uma construtora. A aparição de uma figura totalmente esquisita, seqüestros, furtos em museus e outros crimes muito maiores mudam essa impressão da garota e são fatos que se tornam bem comuns na vida de Dixie – e ela os acha até divertidos.

Eu acredito que a escrita simples têm como objetivo atrair os mais jovens para os temas de mistério abordado no livro, sem complicar demais com termos científicos ou raciocínios longos – ou seja, a leitura é bem fácil e nada desgastante. Mesmo sendo um livro de um autor que eu desconhecia, afirmo que a trama é interessante, personagens que nos prendem, mas claramente é bem mais voltada para o público infantil – o que pode fazer com que leitores adolescentes se desinteressem pelo livro ou o achem mais sem-graça. Recomendo para aqueles que adoram histórias de detetives, como os contos Sherlock Holmes ou Nancy Drew – os mistérios de Dixie Tepper são bem simples e, na minha opinião, não devem atrair aqueles aficionados por histórias elaboradas de mistério/suspense.

É importante ressaltar que o livro de Roger Pencew não chega perto de ser um Sherlock Holmes, mas percebe-se muita influência das histórias do detetive londrino ao longo do livro: muito uso de dedução, raciocínio lógico, vilões misteriosos, necessidade de proteger tesouros da humanidade… a própria personagem é muito parecida com o Sherlock no que diz respeito a curiosidade, necessidade de se envolver nos mistérios e por ela buscar incessantemente por respostas.

Dixie Tepper é uma história bem promissora – pode crescer bastante caso o autor se arrisque mais nos mistérios. Os personagens são bem marcantes, cheios de características ressaltadas pela própria Dixie na narrativa e o livro tem um início de trama bem movimentado… resta saber quais surpresas o autor irá revelar nos próximos livros.

—————-

Quer ganhar um exemplar do livro Dixie Tepper e o pêndulo do terror + marcador? Basta ser seguidor do Livros em Série e da Novo Século no twitter e dar RT na mensagem abaixo até às 23h59min do dia 1/12. O sorteio será feito no dia seguinte.

Eu quero o livro Dixie Tepper que o @Livrosemserie e a @NovoSeculo estão sorteando http://kingo.to/mQJ

Boa sorte!

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

6 comentários

  1. Eba, estou louca por esse livro *-*

  2. Ah, mas quems abe dessa vez vc não ganha? Já recebemos tantos tuites de pessoas gritando “Ah, primeira vez que ganho uma promoção!!” =)

  3. claro que vou participar, né?

  4. Parece ser muito bom :DD

  5. Sanélia do Nascimento Gonçalves

    Participando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*