sexta-feira, 20/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “Fazendo meu filme – A estreia de Fani”, de Paula Pimenta

Resenha: “Fazendo meu filme – A estreia de Fani”, de Paula Pimenta

Livro: Fazendo meu filme – A estreia de Fani
Série: Fazendo meu filme
Autora: Paula Pimenta
Editora: Guttenberg
Páginas: 327
Resenha por: Cine
Comprar: Saraiva Cultura

Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.

“Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.

Fazendo meu filme me fez ficar com vontade de devorá-lo só pela capa. Não sendo muito fã de chick-lits nacionais, eu tinha um pé atrás com essa história, mas quando eu vi a capa e li a sinopse e só via pessoas elogiando a série, não me aguentei e tive que dar uma chance e, eu preciso dizer, todas as críticas que eu li não me decepcionaram. Fazendo meu filme é uma história de amor fofíssima que eu não consegui largar até ler a última página.

No primeiro livro da série nós conhecemos Fani, uma menina de 16 anos que é impossível a leitora não se identificar. Fani é apaixonada por cinema, prefere passar seus finais de semana vendo seus filmes favoritos no DVD ou indo ao cinema com suas melhores amigas. Nutre aquela paixão platônica que todo mundo um dia teve por aquele professor lindo e fofo da escola, e todos os conflitos e descobertas de uma adolescente.

Logo nas primeiras páginas eu me senti dentro da história, de tão bem que Paula Pimenta conseguiu contar o dia a dia de Fani em 1º pessoa. Todos os sentimentos que Fani passava ao longo da história me fizeram rir, ficar nervosa, ansiosa e às vezes até mesmo triste, porque eu só pensava que eu já tinha passado por aquilo tudo.

Por ser narrado todo em primeira pessoa, o livro tem uma linguagem muito fácil, mas um dos pontos negativos que eu encontrei foi o fato de a Fani enrolar demais contando as histórias. Claro que você acaba ficando mais e mais ansiosa para descobrir o que aconteceu, e acho que esse é o propósito da coisa toda, mas às vezes irrita ter que passar algumas páginas lendo alguma acontecimento bobo ou algum draminha que poderia ser facilmente resolvido.

Na verdade, esse é o problema da personagem, Fani é extremamente chorona e dramática. Tudo, absolutamente tu-do, é motivo para chorar, para achar que o mundo vai acabar. Alguns dramas que Fani passa são bem infantis para uma menina de 16 anos e às vezes acaba dando a impressão que não só ela é uma garota insegura, mas também mimada, porque não consegue pensar por si só na solução de seus problemas, ela sempre precisa da ajuda de suas amigas.

Falando em amigas, os outros personagens da história são adoráveis demais e com certeza vão lembrar qualquer menina que ler, de suas melhores amigas. Natália, por exemplo, é aquela amiga que é arroz de festa. Não perde uma badalação e fica emburrada quando você prefere ficar em casa em um sábado à noite a ir aquele clube super badalado. Depois temos a fofíssima Gabi, ela é aquela amiga que você jura ser sua alma gêmea, de tão bem que se dão. A Gabi é aquela sua amiga que apesar de querer estar sempre se rebelando, vestindo roupas “estranhas”, cortando o cabelo de um jeito bizarro, continua sendo um doce de pessoa por dentro.

Depois temos o Leo. Melhor amigo de Fani que eu não posso falar muito, mas que após terminar de ler o livro, tudo o que eu pude fazer foi suspirar por ele e desejar que no passado eu tivesse um melhor amigo como ele.

Fazendo meu filme é muito bem escrito, é uma leitura prazerosa e tem sua diagramação e edição impecáveis – os trechos de falas de filmes e músicas são o ponto alto- e ao chegar ao final dele só fiquei mais ansiosa para saber tudo sobre o próxima capítulo da vida de Fani.

Um livro recomendado para todos que amam chick-lits e querem viver uma aventura de muito amor de descobertas ao lado de uma personagem tão fofa.

Sobre Cine

Jornalista e professora de inglês, vivendo o sonho de morar em Nova York e ainda tentando descobrir se seria possivel viver dentro de uma da Barnes and Nobles. Viciada em cultura, passa os dias tentando decidir que livros ler enquanto tenta se encontrar na vida.

9 comentários

  1. Brian Vinicius

    Não faz muito meu estilo de literatura, mas você sabe que acabei ficando bem curioso?!
    Obrigado meninas por mais uma resenha…
    Beijo à todas!

  2. Cinthya Allvez

    Não gosto muito desses livros que são dramaticos demais, entretanto amei a capa e vou comprar sim,rs. Obrigada girls. Beijos (:

  3. Logo quando vi o livro não me interessei muito. Não faz muito meu tipo essa coisas chick-lits. Mas depois que li a resenha adorei e acho que eu uma boa. Principalmente agora que quero fugir um pouco dessas leituras ficsiosas. Eu quero*-*

  4. Fazendo meu filme da autora Paula Pimenta é um livro para pessoas que gostam muito de um lindo romance é no fim desse livro o ultimo da coleção a autora teve muita criatividade para não fazer um final igual a que normamlmente fazendo “Ficaram felizes para sempre” ela mudo isso.
    Agora eu só uma fã de uma grade escritora

  5. Amei esse livro, quando comecei a ler não largei mais.É um romance bem escrito que prende você do início ao fim e que quando acaba você corre para ler a continuação.

  6. O estilo dela de -enrolar e repetir- escrever,me lembra a Meg Cabot.E a resenha dos outros livros?

  7. é uma trilogia ou virá mais livros? Não gosto de esperar pela continuação dos livros, compro todos de uma vez e fiquei super curiosa por esse *—*

  8. O livro é muito bom ! Amei mesmo !

  9. Oi! Terminei de ler hoje e achei muito legal e romântico. No começo fiquei meu assim por pensar que o livro era como todos que são escritos por escritores brasileiros. Chatos e sem aquela pitadinha para que nos encante. Então eu vi que várias amigas minha ficavam falando desse livro. Então por curiosidade li a resenha de vocês e amei. Fiquei com muita curiosidade mesmo e então decidi arriscar. E valeu a pena. Amei o livo e continue com as suas incríveis resenhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*