13 de maio de 2011
Postado por: Cine @ Arquivado em: Notícias

O segundo volume da série Apocalipse Z, do escritor Manel Loureiro, já está à venda em todas as livrarias do Brasil.

SJ-Daguestão, um vírus letal liberado por acidente coloca o mundo sob o controle de uma legião de não-mortos (mortos que voltaram à vida), famintos por devorar humanos. Em Os dias escuros, segundo livro da série Apocalipse Z (editora Planeta, 320 páginas, R$ 39,90) Manel Loureiro dá continuidade à saga dos mortos-vivos que se espalham em ritmo desenfreado pelo planeta.

Em uma atitude desesperada, o governo espanhol criou alguns pontos seguros para a população que ainda não havia sido infectada – “essas áreas eram imensos pedaços de cidade, convenientemente cercados e isolados, onde os cidadãos se manteriam a salvo dos ‘vetores de infecção’”. Mas estes pontos poderiam se tornar vulneráveis em pouco tempo. “As Áreas Seguras se transformaram em armadilha mortal para os refugiados lá dentro. O barulho e a presença de uma multidão humana agiam como ímã para as criaturas não-mortas que perambulavam à solta pelo mundo todo”.

Durante a fuga, ou melhor, o desespero por chegar a algum lugar que não tivesse o caos como cenário, o protagonista da série, advogado que não tem seu nome revelado, conhece o ucaniano Viktor Pritchenko, além de uma adolescente e uma freira com quem consegue chegar até as ilhas Canárias, um dos únicos lugares do mundo livres da pandemia. Mas ali há uma guerra civil, com uma população faminta e quase sem recursos para sobreviver.

Após passarem por uma tediosa quarentena, o protagonista e seu amigo Viktor recebem em Tenerife uma missão quase suicida: devem acompanhar uma equipe de soldados até Madri e saquear o hospital da Paz, onde estão armazenadas toneladas de medicamentos imprescindíveis para os sobreviventes. Para alcançar seu objetivo, terão de abandonar a segurança da ilha e voltar a um verdadeiro inferno: uma cidade pós-apocalíptica, cheia de zumbis agressivos que colocarão à prova seu desejo de lutar pela vida.

Apocalipse Z começou em 2005, em forma de blog, e se tornou fenômeno na Internet, antes de se transformar em livro. Na primeira parte, o advogado da cidade de Pontevedra contava em tempo real a invasão de zumbis na Espanha. Ele relatava que cidades inteiras foram sendo arrasadas por uma horda de não-mortos cuja intenção era devorar qualquer ser humano que encontrassem.




3 comentários



1. Silvania
14-5-2011 - 09:42:39

Eu nunca tinha ouvido falar deste livro, confesso que a sinopse me deixou bem curiosa. Com certeza entrará para minha lista de compráveis.O titulo do primeiro é apocalipse z?


2. Patoka
14-5-2011 - 09:45:39

Olá Silvania,
Sim, o primeiro volume se chama Apocalipse z – o principio do fim. Leia a resenha que fizemos dele: http://livrosemserie.com.br/2011/03/03/resenha-o-principio-do-fim-de-manel-loureiro/

Abs


3. Déia
14-5-2011 - 10:26:33

Poxaaaa que legal, adorei o primeiro livro , mas que capas feias!Li o primeiro livro pq li a resenha e me deixou muito instigada, mas se fosse pela capa eu nem teria me interessado.
Puts meu, que coisa sem graça, ás vezes penso que o autor ta sem grana pra bancar um artista e tals, mas duvido que seja isso.
Mas o que vale mesmo é o conteúdo! (será???)
KKKK


Deixe um comentário

Os campos marcados com * são obrigatórios.





Comentário *