sexta-feira, 13/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “A Casa Vermelha”, de Tony Abbott

Resenha: “A Casa Vermelha”, de Tony Abbott

Livro: A Casa Vermelha
Saga: Os fantasmas de Derek Stone
Autor: Tony Abbott
Paginas: 96
Editora: Fundamento
Resenhado por: Nanda
Comprar: Saraiva Cultura

Você não vai acreditar. Vai dizer que é loucura, que é impossível ou qualquer outra coisa… Mas é a mais pura verdade. Os mortos estão voltando.

Seguindo em sua jornada para fechar o portal que permite que os mortos retornem ao nosso mundo, Derek e Ronny (ou o que sobrou dele) partem numa desesperada busca à misteriosa Casa Vermelha. E precisam encontrá-la antes dos emissários da Legião, cada vez mais numerosos.

No caminho, os irmãos – agora acompanhados por Abby Donner, que também sobreviveu ao acidente com o trem – começam a descobrir os terríveis segredos da amaldiçoada mansão. Segredos que envolvem guerras, mortes, fantasmas e o passado de uma certa família…

Depois de encarar um irmão possuído pela alma de um jovem morto há 70 anos, vozes dentro de sua cabeça e uma tropa de mortos pronta para acabar com ele, Derek imagina que nada mais pode surpreendê-lo. Mas ele está enganado. Nada neste mundo conseguiria prepará-lo para o que o espera na Casa Vermelha.

O destino do mundo está nas mãos de Derek Stone. Ele não pediu isso. Mas, agora, vai até o fim.

Depois de sofrer um acidente de trem, de descobrir que escutava as vozes dos mortos e após descobrir uma grande conspiração dos mortos querendo dominar o mundo dos livros, Derek Stone está de volta em A Casa Vermelha.

A vida do garoto virou de pernas pro ar quando ele sofreu um acidente de trem e depois viu os mortos voltarem nos corpos daqueles que morreram no acidente. A partir disso, Derek foi parar em diversos lugares e continua fugindo tanto para sobreviver, quando para descobrir a verdade por trás dessa volta dos mortos. Para tentar juntar mais uma peça do grande quebra-cabeça que surgiu em sua vida, Derek parte em busca da Casa Vermelha junto ao irmão Rommy – que é na verdade um soldado que voltou do mundo dos mortos e que está apodrecendo – e Abby – uma menina que, assim como Derek, foi uma dos poucos sobreviventes do acidente que não teve o corpo ocupado por uma pessoa morta.

Ao partir em busca da Casa Vermelha, o trio descobre que eles irão enfrentar muitos desafios – e a maioria dos obstáculos envolve lutas ou fugas de pessoas mortas-vivas. Ainda assim eles seguem adiante e, com isso, Derek descobre que está mais envolvido nessa batalha entre vivos e mortos do que gostaria.

A Casa Vermelha é um livro de revelações – e gostei que o autor não deixou tudo para o final (quarto livro). Descobrimos mais da batalha entre os vivos e os mortos, mais sobre a família de Derek… E mesmo com várias revelações, ficamos mais curiosos para ler os próximos livros.

Os livros da série Os fantasmas de Derek Stone são curtinhos, mas nos deixam mortos de vontade de ler mais e mais – não no sentido literal, porque de mortos, já bastam os personagens do livro. Acho que isso é um ponto positivo do livro, pois livros assim normalmente incentivam a leitura em crianças e adolescentes. Além disso, mesmo sendo uma história de aventura que beira o terror, a escrita de Tony Abbott é leve, simples e tranqüila. Por mais que a história seja mais séria, o livro possui alguns momentos divertidos (afinal, Derek é bem sarcástico). Os livros podem ser tranquilamente lidos por crianças – excluindo aquelas crianças que se impressionam facilmente – e também devem agradar adolescentes e até adultos.

Acho que já havia mencionado que virei fã da série, né? Podem ter certeza que já vou correr para ler o próximo livro.

Sobre Nanda

Formada em Relações Internacionais e Economia, tem 25 anos, é hiperativa e adora organizar eventos (principalmente de livros). Também adora filmes, livros (principalmente aventuras infanto-juvenis, como Percy Jackson, Harry Potter e The 39 Clues), música, viagens, Disney, desenhos japoneses, maquiagem e coleções.

Um comentário

  1. Parece ser bem legalzinho. Curtinho, mas legal ;) Quando tiver a oportunidade, irei comprar ou achar na biblioteca :D

    http://historiasnaestante.wordpress.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*