sábado, 14/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “Em chamas”, de Suzanne Collins

Resenha: “Em chamas”, de Suzanne Collins

Livro: Em chamas
Série: Jogos Vorazes
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 416
Resenha por: Cine e Bruna
Comprar: Saraiva Submarino E-book

Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Dessa vez, além de lutar por sua própria vida, terá que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.

Mistura de ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia, Em chamas é o segundo volume da bem-sucedida trilogia iniciada com Jogos vorazes, mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos. Com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos e por 130 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times, a trilogia assinada por Suzanne Collins ganhará adaptação para o cinema, com estreia prevista para março de 2012.

Quando eu terminei de ler Jogos Vorazes não sabia o que esperar do próximo volume da trilogia, Em chamas. O que aconteceria com Katniss e Peeta? Como ia ser a vida deles após os jogos? Eu procurei não ler qualquer tipo spoiler relacionado ao livro, incluindo sua sinopse, porque realmente queria ser tão surpreendida com o livro como fui com Jogos Vorazes. E preciso dizer, Em chamas superou qualquer expectativa que eu tinha, apesar de algumas decepções com os personagens.

Relembrando que a história se passa em um país fictício chamado Panem, liderado pela Capital, com 12 Distritos, sendo que um 13º foi destruído durante uma rebelião. Todos os anos acontecem os Jogos Vorazes, em um local não identificado, em que 24 pessoas (duas de cada distrito) devem duelar até a morte, pois somente um sairá vivo da arena: o vencedor. Contra todas possibilidades o 74º jogo teve dois vencedores: Katniss Everdeen e Peeta Mellark, que retornaram para casa, no Distrito 12. Logo eles devem dar início à “victory tour” pelo país, visitando todos os Distritos, do 11 ao 1. Porém antes disso Katniss recebe uma visita ameaçadora – que não vou revelar para não acabar com a graça – que a deixa preocupada com seus atos futuros, não somente por ela, mas também por seus amigos e por sua família.

Em chamas novamente traz uma narrativa totalmente pelo ponto de vista de Katniss e devo confessar que, ao contrário de Jogos Vorazes, a personagem dessa vez pareceu um pouco imatura em algumas de suas decisões e em muitos momentos ela agiu muito mais com o coração do que com a razão, o que me fez ficar irritada e até achar a personagem, que antes adorava, um pouco chata e dramática. No entanto, mesmo com todo o “drama” de Katniss, ainda sim é muito compreensivo o porquê da personagem ter agido de certas formas.

Ao contrário de Katniss, Peeta foi um personagem que só amadureceu e pareceu lidar bem com todas as coisas que aconteceram ao longo da história, se antes Katniss se mantinha calma e procurava medir bem suas ações, dessa vez pareceu que Peeta estava mais calmo e racional. Também ao contrário do pensamento de muitas pessoas, não achei o melhor amigo de Katniss, Gale, egoísta ou imaturo. Até senti falta da participação dele história, mas com sorte o livro final dessa série deverá trazer muito mais de Gale e sua forte personalidade.

Uma coisa que gostei muito no livro, foi conhecer um pouco mais das ações da Capital e como eles realmente são capaz de tudo para manter os cidadãos dos distritos com medo e sempre de cabeça baixa a tudo o que é decidido. Algumas vezes cheguei até a lembrar da série Feios, de Scott Westerfeld, ao ver como as autoridades são cruéis para tentar manter a ordem. Obviamente os motivos são contrários e na série Jogos Vorazes, muito mais cruéis. Um exemplo da crueldade da Capital é curiosamente visto também com uma das partes mais tocantes da história, que acontece durante a visita de Katniss e Peeta ao Distrito 11, o lar de Rue, a garotinha que se tornou “amiga” de Katniss durante os jogos passados. A passagem foi muito bem escrita e me emocionou bastante.

É difícil dar mais um pouco da opinião sobre o livro sem soltar spoilers extremamente importantes da história, mas saibam que assim como em Jogos Vorazes, Em chamas me surpreendeu diversas vezes com o rumo da trama, enquanto ficava esperando a hora de alguma coisa acontecer, era surpreendida por algo novo, especialmente com o rumo que os personagens que eu tanto peguei simpatia, tiveram. O final do livro deixou um gancho incrível para o último volume da série, A esperança, e apesar de muitos fãs da saga não gostarem muito desse livro, é com certeza o que eu mais estou ansiosa para ler.

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

8 comentários

  1. Se você achou a Katniss dramática nesse livro, você vai odiá-la em A esperança :x
    Realmente o Gale aparece bastante no ultimo livro, mas mesmo assim não gosto dele u.u (ainda to lendo) Talvez por ter começado a ler o livro tendo em mente que o Peeta era o melhor (na minha opinião, claro) eu tenha passado a ter um ódiozinho sem cabimento pelo Gale… Mas eu realmente não consigo ver ele de outra forma… Eu sinto como se ele estivesse coagindo a Katniss… Mas enfim… Vou terminar de ler e esperar pela próxima resenha pra comentar de novo =33 #nhac

  2. Bárbara Messa

    Eu sou suspeita pra opinar aqui porque jogos vorazes, até agora, é minha série favorita…
    Foi engraçado mencionar Feios porque eu amo essa série, acho que esse estilo me conquista completamente.
    Eu adoro o Peeta diferente da minha irmã que adora o Gale hahaha mas é sempre assim em Feios eu adorava o Daniel e ela o Zane!
    Adoro como a Série vai se desenrolando e já comprei esperança só estou esperando chegar pelo correio.
    Vale a pena ler a série porque a cada página novas coisas vão acontecendo e são sempre surpreendentes. Como sitado, EM CHAMAS acaba com um super gancho para ESPERANÇA nao vejo a hora de começar a ler!

  3. Só discordo de uma coisa desta resenha.
    A atitude do Peeta nesse livro não me agradou. Achei ele muito dependente da Katniss. Meloso d+ (se é que, na situação deles, havia tempo pra esse tipo de atitude)
    O Gale, como foi dito, simplesmente não aparece. Acho que desde o começo ele não é um personagem bem explorado. Você só se informa sobre a vida dele e relacionamento com a Katniss, pelos poucos momentos em que ela “comenta” alguma coisa.
    Quanto ao “drama do 11”, mesmo não sendo muito pra alguém que chora assistindo desenho animado, EU CHOREI. Nessa e em outras partes do livro.
    Na minha condição de reles mortal, achei o livro super bem escrito, a história extremamente envolvente e NÃO TEM COMO não desejar MAIS.
    =*

  4. Haaa, amo tanto esta série!!! Estou louka por “Esperança”!

  5. Concordo com Isabela, CHOREI. Durante e depois que terminei.
    Muito envolvente e sem exageiros.

  6. É, pode me chamar de viciada, eu já li a trilogia completa!*——–*
    Um ponto bom a se tomar da sua resenha é a questão do Gale. Eu fiquei o livro todo olhando e pensando: cadê o Gale? Ao contrário do que muita gente diz por aí, eu acho que muitas vezes ele é meu personagem se não for o preferido, mas um dos, porque acho que ele retrata tão bem o quanto as pessoas são afetadas, e é um personagem tão forte que me liguei a ele. Mas então ele me aparece no final e joga aquela fornalha de informações sobre o drama profundo que já é Em Chamas, e eu pirei para ter A Esperança (Mockingjay) em mãos.
    cada morte, cada cena. EMOCIONANTE!
    Enfim, Em Chamas é um livro que ficou maravilhoso para um meio de história, percebi, dou crétidos à Suzanne. Você não pode agradar a todos, mas pode dar curiosidade para querem ler o terceiro JÁ! Recomendo muitíssimo!

    Ahhh, adorei sua resenha! ;D

  7. Recentemente li Jogos Vorazes e acabei me apaixonando completamente!! Apesar de não ler bastante como as minhas amigas fazem, pois prefiro mais os filmes, fiquei encantada com a história de Katniss e Peeta. Estou ansiosa para ler o “Em Chamas”, e pelo que li nos comentários e opiniões de pessoas que já leram aTrilogia completa, este vai ser tão emocionate quanto o primeiro!

    Obs: Gostaria de saber se o Peeta morre no final deste livro, pois uma amiga minha (que já leu os livros) me disse que sim, mas não sei se ela estava brincando, pelo fato de eu estar louca para ler a sequência, ou falando a verdade. Gostaria que me respondessem!!

    Beijoss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*