domingo, 30/04/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “A guerra dos tronos”, de George R.R. Martin

Resenha: “A guerra dos tronos”, de George R.R. Martin

Livro: A guerra dos tronos (#01)
Série: As crônicas de gelo e fogo
Autor: George R. R. Martin
Editora: Leya
Páginas: 592
Tradução: Jorge Candeiras
Resenha por: Lais Baptista
Comprar:
Saraiva Submarino Cultura Folha Travessa Americanas Amazon

Em A guerra dos tronos, o primeiro livro da aclamada série As crônicas de gelo e fogo, George R. R. Martin – considerado o Tolkien americano – cria uma verdadeira obra de arte, trazendo o melhor que o gênero pode oferecer. Uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. Cada um esforçando-se para ganhar este conflito mortal: a guerra dos tronos. Mistério, intriga, romance e aventura encherão as páginas deste livro, agora também um blockbuster da HBO!

As crônicas de gelo e fogo é a nova série queridinha dos fãs de fantasia. Claro que a série da HBO ajudou muito, mas mesmo sem o hype gerado pela adaptação, ela mereceria atenção. A história se passa em Westeros, um continente/ilha fictício dividido em Sete Reinos. Como todo bom reino, há um rei. E a história começa a pegar fogo de verdade quando esse rei morre.

A divisão de Westeros é muito interessante. Os nomes dos Reinos, dos castelos, das famílias, seus brasões e lemas são muito bem criados e aumentam o interesse do leitor. Além de Westeros existem Terras Livres após o Mar Estreito e, ao Norte, terras selvagens depois da Muralha. Os terrores que existem após a Muralha são lendas contadas para assustar crianças, mas desde o início você fica com aquela pulga atrás da orelha de “será que toda lenda tem um fundo de verdade?”.

Uma das estratégias de Martin para manter a atenção do leitor foi dar um ponto de vista diferente a cada capítulo. Então nós conhecemos mais profundamente os personagens (e são muitos personagens) e, de certa forma, demoramos mais a ver o desfecho dos acontecimentos, já que tem muitas coisas acontecendo simultaneamente por toda Westeros.

Talvez alguém que não esteja muito acostumado com o gênero demore um pouco a se acostumar com tantos nomes e acontecimentos, mas não achei o estilo pesado. Comparado com outros autores do gênero que já li, achei a escrita de Martin a mais dinâmica e ele tem o dom de te deixar sempre curioso. Em alguns finais de capítulo você quer pular os seguintes e ler o próximo do personagem.

Um dos pontos mais legais dos personagens de Guerra dos Tronos é que quase nenhum é totalmente bonzinho ou malvado. Como vemos o ponto de vista de vários deles, é mais fácil empatizar com algumas atitudes que, talvez se só olhássemos de fora desprezaríamos. E o escritor não poupou nada. O livro inclui sangue, incesto, assassinato, tortura, tudo que você pensar. As pessoas são pessoas de verdade que bebem, falam palavrão, transam, amam e tem medo. Nenhum personagem é raso, mesmo os que vemos pouco.

Um ponto negativo que não chega a atrapalhar diz mais respeito à edição do que à história. A tradução é adaptada ao português brasileiro da edição portuguesa e, em alguns momentos essa adaptação talvez pudesse ter sido melhor. Nada que interfira no entendimento ou no andamento do livro, mas algumas expressões e palavras que são mais utilizados do outro lado da poça do que deste pode fazer o leitor torcer o nariz alguma svezes!

Impossível falar desse livro sem mencionar a adaptação feita pela HBO. E, por mais que me doa falar isso, quem quiser pular o primeiro livro e só assistir a série pode fazer sem medo. Uma das melhores adaptações que já vi, se não a melhor. Tudo do primeiro livro está presente na primeira temporada, inclusive detalhes. Os trejeitos e aparências dos personagens estão ótimos, os cenários, tudo… Eu li o livro após ver a série esperando ver várias coisas que me fizessem pensar que a série não tinha sido tão boa assim, mas não tive nada disso. Não vi nada no livro que tenha sido deixado de fora.

O livro termina com muita tensão e cheiro de guerra no ar, entre lobos gigantes, dragões e crianças de 14 anos comandando exércitos, a vontade é de pular direto do primeiro para o segundo (o que, com sorte, eu pude fazer). A Casa Stark pode dizer o livro inteiro que “o inverno está chegando”, mas o gancho que o primeiro livro nos deixa é de que quem está chegando primeiro é a guerra. E como Cersei diz, “Quando se joga o jogo dos tronos, ganha-se ou morre”.


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Sobre Lais

Uma biomédica que ama livros, cupcakes e gatinhos. Pottermaníaca confessa, divide seu tempo entre internet, séries, cozinhar doces, eventuais atividades de geneticista e ficar espiando pelo canto do olho se sua carta de Hogwarts finalmente chegou.

14 comentários

  1. Quero muito ler esse livro!!!
    Acho q deve ser muito bom!!!

  2. Mto boa a resenha, parabéns, comprei os livros há algum tempo, mas não li ainda (acho que por preguiça pelo tamanho deles), mas fiquei intrigado agora, vlw.

  3. Como estou lendo no momento ”O Hobbit” fiquei bem intrigada com a comparação entre Martin e Tolkien, e varias vezes que vou ao Shopping e vejo esse livro, ele me surpreendeu também pelo tamanho e a leveza dele. Está na minha enorme lista com certeza anda mais que conheci mais a historia pela resenha, e posso dizer que é melhor que eu imaginava estou muito curiosa. :}

  4. Fernanda Bianchi

    Nossa to morrendo de vontade de ler esse livro, super grosso né! To esperandp alguma promoção pra comprar dois juntos pelo menos…vamos ver. Bjus

  5. Fernanda, fica de olho mesmo, em setembro eu vi os dois primeiros a 19,90 cada!

  6. Adoro a série e achei a resenha o máximo!
    Tbm concordo quanto a adaptação para a tv, fiquei de boca aberta quando assisti.
    Tinha terminado o primeiro livro e esperando o segundo, mas não imaginei que até mesmo algumas falas fossem ser inseridas nos diálogos. Ás vezes, até me arrepiava com certas cenas.
    Sei que este é o primeiro livro, mas o enredo é muito mais político do que fantástico, estou lendo o segundo e ainda não vi tanta fantasia quanto tem sido dito por aí. Mas quem sabe tudo não mude do próximo capítulo em diante???
    rsrsrsrsrsrsrsrs

    Bjoks

  7. Adorei os dois primeiros livros e ainda estou para ler o terceiro! Concordo plenamente com a maravilhosa adaptação! Fantástica!

  8. Parabéns pela resenha, game of thrones e uma das minhas series preferidas, estou com o terceiro em mãos, espera q seja tão bom quanto os outros.
    Bjs.

  9. Poowwww fazia tempo que tava esperando a resenha daqui sobre a serie, pow o livro assusta, pelo tamanho mais obvio, mas quando terminei o primeiro não era suficiente eu queria MUITO mais, não tive a sorte Lais que vc teve de ler o outro logo em seguida tive que esperar os meses pra começar a serie e mais ainda pro laçamento do segundo. George é conhecido por fazer uma fantasia mais real, se é que isso é possivel, então os fãs de Tolkien que querem migrar e aderir Game of Thrones, talvez se decepcione por faltas de cenas cinematográficas e cheios de magia… a magia em westeros como e m muito é comentado, é algo mais bruto, mais simples, e adormecido, são sussurros das arvores coração.. rsrs

    Lais sobre a edição brasuca tbm torci o nariz, to no terceiro da serie e venho lhe tranquilizar que as proximas edições estão bem melhores… embora a escolha de palavrões ainda me choca quando to passo de um capitulo de Arya ou mesmo Sansa e vai pra Tyron (que são os capítulos com mais palavreado chulo. rsrs)

    Enfim, A SERIE (tanto os livros como a da HBO) É MUITO BOA- LEIAM E DIVULGUEM!

  10. Ótima resenha, ao contrário de algumas que vi, você soube passar bem a atmosfera da trama sem menosprezar nem um pouco a história, recomendo tremendamente os livros, já li até o 3º e posso afirmar que o enredo supreende e melhora a cada capítulo, tanto que ao contrário de te desanimar, o enorme número de páginas só te empolga cada vez mais!

  11. A série é fantástica mesmo. E a adaptação da HBO, como você disse, não deixou nada de fora e ainda incluiu uns diálogos muito bons. A edição melhora muito nos outros dois livros lançados, e a história fica ainda melhor. Pra quem gosta de uma fantasia um pouco mais adulta, com uma trama política bem forte, é uma ótima pedida.

  12. Eu ja li os dois primeiros livros, e vi cenas do segundo na adaptação da HBO, e concordo que a adaptação foi excelente e o livro é melhor ainda. Achei que na série de TV a relação dos irmão Stark foi trabalhada muito rapidamente, e no livro esse é um dos temas mais abordados (adoro o John e a Aria)… mas não tem como não se apaixonar pela série, é como ver os personagens que voce conheceu intimamente na sua frente como se fosse verdade!

  13. Sua resenha foi discaradamente copiada neste blog. Pode excluir este comentário depois se quiser, mas eu detesto plágio e acho que deveria saber.
    http://contosdoces.blogspot.com.br/2012/08/resenha-guerra-dos-tronos.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*