segunda-feira, 23/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Promoção » Resenha e promoção: “O jovem Sherlock Holmes: Nuvem da morte”, de Andrew Lane

Resenha e promoção: “O jovem Sherlock Holmes: Nuvem da morte”, de Andrew Lane

Livro: Nuvem da morte
Série: Jovem Sherlock Holmes, O
Autor: Andrew Lane
Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Resenha por: Bruna
Comprar: Saraiva Fnac Cultura Cultura eBook Travessa

Dois cadáveres. Um herói extraordinário. A origem de uma lenda.

Sherlock Holmes tem apenas catorze anos quando, ao caminhar por um bosque, descobre um cadáver. Trata-se de um homem. Está coberto de pústulas. É então que Holmes começa uma nova vida. Sua mente destemida e a sede de aventuras conduzem-no por uma jornada capaz de deixar qualquer um sem fôlego: da tranquilidade da vida no campo ao submundo das docas londrinas, enfrentando fogo, espionagem e sequestros até o cerne de uma aterrorizante trama que poderá mudar o futuro da Grã-Bretanha.

Quando fiquei sabendo do lançamento dessa série do Andrew Lane aqui no Brasil senti um misto de empolgação e decepção. Empolgação porque eu sou vidrada nas histórias do Conan Doyle – criador do Sherlock – e adoro o personagem e uma certa decepção prévia, por simples medo de estragarem a infância de um personagem tão amado pelos leitores de romances policiais. Mas acho injusto julgar uma obra sem ao menos ter lido – ou tentado ler – então resolvi encarar a leitura e, pra variar, não me arrependi.

Como o próprio autor destaca em uma nota ao final do livro, Conan Doyle nunca falou muito da infância de Holmes. Tudo o que nós sabemos, através de seus quatro romances e inúmeros contos, é que Holmes tem um irmão mais velho, Mycroft, e possue toda uma forma peculiar de organizar seus pensamentos e deduções. Mas nunca soubemos como ele se transformou nesse exímio detetive. É exatamente isso que Andrew Lane tenta destacar na primeira aventura dessa série.

Nos deparamos com um Sherlock adolescente, apenas 14 anos, e que ainda não possue o cérebro afiado que conhecemos. Ele chega a ser um garoto quase comum, o que dá uma sensação estranha para quem já leu alguma obra de Conan Doyle. Ele estuda em um colégio para meninos e tem que passar as duas férias na casa dos tios, dos quais nunca conheceu pessoalmente, pois seu pai foi viajar, sua mãe está muito doente e seu irmão mais velho, Mycroft, trabalha em Londres e não pode ficar com ele. Como qualquer adolescente quando é forçado a fazer algo que não deseja, Sherlock se mostra contrariado. Porém, não de forma revoltada e insolente como muitos adolescentes do século XXI fariam, afinal, a história se passa por volta de 1860 e o autor torna o ambiente muito verossímil à época.

As férias de Sherlock prometem serem as piores de sua vida: os tios são esquisitos e a empregada da família, Sra. Eglantine, parece estar pronta a fazer o dia a dia do jovem o mais completo inferno. Mas logo Sherlock faz uma amizade com um garoto de sua idade chamado Matty Arnatt, que presenciou uma morte muito estranha e misteriosa, afirmando ter visto uma “nuvem negra”. Depois de formar essa amizade, o jovem Holmes descobre que seu irmão contratou um tutor para suas férias, um americano chamado Amyus Crowe. Durante a sua primeira lição com o professor, Sherlock encontra um corpo e presencia a mesma “nuvem de morte” que Matt descrevera a ele. A partir daí, a aventura se desenrola.

A figura de Amyus Crowe evidentemente funciona como um mentor para Sherlock, pois é ele quem ensina o garoto a pensar, a usar a lógica e o raciocínio – marca registrada do detetive quando adulto. Espero que o tutor apareça nos futuros livros e continue a moldar a mente do jovem detetive, que já no final do primeiro livro está bem diferente de como começou. Outra personagem que entra nessa aventura ao lado de Sherlock, Amyus e Matty é a garota Virginia. Filha de Amyus, ela é diferente te todas as garotas que nosso jovem protagonista conhece: usa calças, monta em sua égua como se fosse um homem e possue atitude de sobra. Consigo imaginar Sherlock se apaixonando por ela e acabou perdendo-a de alguma maneira, pois se a premissa do autor é mostrar como se formou o caráter de Holmes, é a melhor explicação para a solidão do detetive em sua vida adulta.

Pra quem é fã do detetive, essa série promete e é leitura obrigatória! Quem conhece a obra de Doyle notará pequenos detalhes de Lane que se amarram com os romances mais antigos de Sherlock Holmes, provando que a ideia do autor de nos mostrar um infância mais próxima o possível da “realidade” de Holmes foi muito bem trabalhada. Se você não gosta do detetive ou nunca leu nada a seu respeito dele, essa é uma ótima oportunidade para fazê-lo. Acrescento ainda que é uma ótima escolha pra quem gosta de livros de mistério e muita ação.

—————————-

Quer ganhar um exemplar do livro? Para concorrer é muito fácil: Basta ser seguidor do @LivrosEmSerie no twitter e dar RT na mensagem abaixo até às 23h59min do dia 2 de novembro. O resultado será divulgado na nossa timeline do twitter no dia seguinte. São 3 ganhadores e mais chances de ganhar!

RT Eu quero o livro “O jovem Sherlock Holmes: Nuvem da morte” que o @LivrosEmSerie está sorteando http://kingo.to/RU9

Não esqueça das regras:
– Ser seguidor do site no twitter (se o ganhador não for seguidor faremos um novo sorteio)
– Promoção válida somente para moradores do Brasil
– Perfis fakes ou feitos somente para promoções não serão aceitos.
– São 3 exemplares e cada corteado receberá em casa 1 exemplar do livro “O jovem Sherlock Holmes: Nuvem da morte”!

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

9 comentários

  1. Ai q mass! gosteii..
    participando..

    @Gii_Motta
    :D

  2. Ignorem o outro comentário, apertei tab enter sem querer -.-
    MAS ENFIM.
    Eu já posso apanhar por não ter lido nada de Sherlock Holmes, né? :( ok, já posso PIUFSHIPUFA
    Eu quero MUITO ler algo sobre ele, sério mesmo. Adoro livros desse tipo, e se o filme já me conquistou pra caramba (<3), eu imagino como eu ficaria com o livro…
    Quero ler tanto esses do Andrew, quanto os do Doyle!
    Vou participar da promoção :)

  3. participando, são os três primeiros é?

  4. Pedro Henrique Machado

    Participando,parece ser muito bom!!!!
    Vou ganhar em!!!!

  5. Que legal!
    Meu Deus, a gente fica uns dias sem olhar o site e tem bilhões de coisas novas.
    Atualizando.

  6. Adoro esse cara ja adulto imagina ele jovem!

    participando da promoção mas o preço ta bem acessível
    =3

  7. querooo ganhar o/

  8. Eu quero muito ler esse livro, parece muito bom…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*