01 de novembro de 2011
Postado por: Cine @ Arquivado em: Resenhas de Série

Livro: Química Perfeita
Série: Química Perfeita
Autora: Simone Elkeles
Editora: Underworld
Páginas: 307
Resenha por: Cine
Comprar: Saraiva

Os garotos do Instituto Fairfield, do subúrbio de Chicago, sabem que a Zona Sul e a Zona Norte não se misturam.

Assim, quando a líder de torcida Brittany Ellis e o membro da gangue Alex Fuentes são obrigados a trabalhar juntos como parceiros de laboratório na aula de química, os resultados prometem ser explosivos.
Mas nenhum deles estava pronto para a reação química mais surpreendente de todas: o amor.

Serão eles capazes de romper os preconceitos e estereótipos que os separam?

Viaje pelos dois lados de uma apaixonante história de amor que nos ensina a enxergar por trás das aparências.

Química Perfeita é um livro que eu sempre li elogios em blogs internacionais e no goodreads, mas a sinopse nunca me deixou curiosa o suficiente para lê-lo até ele ser lançado recentemente aqui no Brasil pela editora Underworld.

Preciso começar essa resenha dizendo que eu senti certo arrependimento de não ter lido o livro em inglês. Primeiro porque a tradução não é das melhores e há vários erros de pontuação, e segundo porque a capa nacional do livro é extremamente feia e não condiz com as características dos personagens principais, pelo menos não as de Alex. Tudo bem que a capa original não é lá essas coisas, mas certamente é infinitamente melhor que lançada pela Underworld.

Agora sim, vamos à história:
Em Fairfield, subúrbio de Chicago, existem duas zonas: A zona sul, lugar onde os ricos e pessoas de classe média alta moram. Lá a aparência é tudo, pelo menos é isso que Brittany Ellis pensa, pois foi dessa maneira que sua mãe a criou. Por trás de sua necessidade de ser a menina perfeita e invejada por todos, Brittany esconde um segredo de quase todos os seus amigos: Shelley, sua irmã mais velha, é deficiente mental e sua família está longe de ser perfeitinha e feliz por conta disso.

Já a zona norte é habitada por imigrantes e descendentes de mexicanos e, em sua grande maioria, pobres. Lá vive Alex Fuentes, um badboy que faz parte de uma das gangues mais perigosas da cidade: a Sangue Latino. Alex se juntou a gangue não por escolha própria, mas por uma necessidade de proteger sua família e tentar garantir um futuro de verdade para seus irmãos mais novos. Alex também esconde um segredo: por baixo de toda a aparência de cara mau está um garoto machucado que ainda sofre e busca vingança pela morte de seu pai.

Alex e Brittany são o oposto um do outro e se detestam, até serem obrigados a trabalhar juntos em um projeto de química na escola – único lugar onde as duas zonas da cidade são obrigadas a conviver. Com isso o casal descobre que, apesar de terem vidas tão diferentes, ambos escondem segredos e aflições e buscam desesperadamente escapar de suas vidas e é a partir daí que o amor proibido entre eles começa a crescer.

Eu sou completamente viciada em romances good girl/bad boy, e grande parte dessas tramas às vezes nem necessitam de uma grande história e podem estar cobertas de clichês, desde que tenham personagens cativantes e memoráveis, então não preciso nem falar o quanto eu amei Química Perfeita. Os personagens são apaixonantes, inteligentes, sarcásticos e engraçados e é simplesmente impossível você não torcer por um final feliz.

Logo de cara eu consegui ver uma mistura de “Grease” e “Amor, Sublime Amor” com toda aquela história de a boa menina se apaixona pelo garoto mau e o amor deles é um fruto proibido, mas o que deixa a história mais interessante foi a maneira como Simone Elkeles conseguiu narrar os acontecimentos pela perspectiva de ambos os personagens. Por mais previsível que o livro seja, eu não pude deixar de rir, suspirar, ficar agoniada e até chorar em certos momentos da história e ao final ficar com aquele gostinho de quero mais.

Química Perfeita é um must read para todas as meninas que não resistem a um bom romance envolvendo “garotos maus com um bom coração”.

O segundo livro da série, Rules of Attraction, irá contar a história de Carlos, irmão mais novo de Alex, e promete ser tão bom quanto Química Perfeita.




14 comentários



1. Déia
1-11-2011 - 20:10:24

Caracas Cinoca, eu não dava nada por este livro.
Sua resenha me fez ficar com vontade de ir comprá-lo agora, mas sem grana, não rola.
Na verdade, acho que foi justamente a capa que não me agradou. Não gosto quando tem modelos que representam os personagens, pq prefiro sempre imaginá-los.
Mas agora minha lista de compras só ficou maior.
rsrsrsrsrsrs

Bjoks!!!


2. Isabela
1-11-2011 - 21:30:12

Ahhh… eu quero ler! Gostei de todos os relatos sobre o livro =D

OBS: O link pra ver a capa original não “funciona”


3. Thaís
1-11-2011 - 22:37:03

Eu amei, amei, AMEI esse livro! Você não faz ideia do quanto! Aliás, assim que acabei de ler, fui correndo ler as continuações: Rules Of Attraction (o melhor, trust me!) e Chain Reaction.

E minha reação ao ler o final da série foi: “Aaaaaaaaaaaaaawn!”

Se todos lessem Perfect Chemistry, seriam muito mais felizes, rs.

ps: sério que a tradução da Underworld não tá boa? Ainda bem que eu li em inglês, então! Tipo, eu até tava interessada em adquirir o exemplar em português, mas agora…Vou deixar pra outra ocasião!
Aliás, achei esse Alex da capa tão não-latino! Tipo, ele é branco. E tá certo que há pessoas brancas nos países latinos-americanos, mas Alex é morenão, people!
Odiei essa tarja preta no meio da capa, mais parece um marcador!


4. zenilda
2-11-2011 - 07:05:10

ameiiiiiii esse livro, não vejo a hora de ler o segundo livro da série!!!!


2-11-2011 - 09:23:48

Apesar de não fazer muito o meu gênero, gostei da história. Sei lá, o livro parece ser legal. Adorei a resenha. Vou ver se leio o livro.


6. Leticia
2-11-2011 - 20:29:30

Não vejo a hora de ler o segundo livro *-* o primeiro foi perfeito, e a sua resenha descreveu ele maravilhosamente !


7. Luly
2-11-2011 - 21:37:58

Li o livro e adorei … é um tipo delivro que vc pode pegar pra ler de novo e de novo


8. cine
3-11-2011 - 14:41:02

sim sim, super recomendado para todo mundo *_* trust me que eu nao exagerei na resenha hahaha
eu tb ja comprei os outros dois em ingles, ms vai demorar um pouco pra eu ler.

e isabela, o link da capa original está funcionando aqui O.o ele vai pro site do goodreads e la tem a capa na página do livro


9. Dan
8-11-2011 - 17:23:35

Ainda não tinha ouvido falar desse livro,mas pela resenha,que esta ótima,adorei a história.
Concordo com você que a capa americana é melhor.
Nossa fiquei com muita vontade de ler esse livro.Quando comecei a ler a resenha me deu um aperto
no peito e sempre que isso acontece é porque vou gostar de ler o livro.
Também adoro um good girl/bad boy!


10. priscila
10-12-2011 - 18:47:02

eu ja li e ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii e serio e o melhor livro q ja li quem nao leu pode ler sem medo e muito bom


11. Ana
18-12-2011 - 10:15:54

Eu to louca por este livro tem meses, e com a sua resemha piorou a minha vontade de comprar.
Bjs. @-,-{


12. Joyce
23-7-2012 - 19:47:12

Tem muito tempo que eu estou morrendo de vontade de ler Química Perfeita, e agora sua resenha me deu mais vontade de lê-lo,e eu com certeza não resisto a um “bom romance envolvendo “garotos maus com um bom coração”.” Amei sua resenha,gostei muito do blog. Beijoos!!!


13. Isabela H.
5-9-2012 - 10:18:54

Eu mesma não resisto à um “bom romance envolvendo ‘garotos maus com bom coração’.” Hahaha, e tenho uma indicação: Belo Desastre (preferível ler em inglês, a tradução também não é muito boa). Se você tiver mais alguma indicação de livros exatamente assim seria perfeito!!!


4-5-2013 - 23:11:59

Eu vi Livro perfeiito da Disney


Deixe um comentário

Os campos marcados com * são obrigatórios.





Comentário *