quinta-feira, 12/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “O atlas esmeralda”, de John Stephens

Resenha: “O atlas esmeralda”, de John Stephens

Livro: O Atlas Esmeralda
Série: Os Livros do Princípio
Autora: John Stephens
Editora: Suma de Letras
Páginas: 295
Resenha por: Lais Baptista
Comprar: Saraiva

O Atlas Esmeralda conta a história de três irmãos. Kate, a mais velha, tenta proteger seus irmãos a todo custo. Michael, o do meio, é nerd e adora histórias sobre magia. E Emma, a mais nova, é uma encrenqueira capaz de bater em garotos maiores do que ela. Dez anos atrás, numa noite de inverno, os três foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais. Nunca mais os viram e passaram todo esse tempo de orfanato em orfanato, sem nenhuma explicação para o que aconteceu.

Um atlas encantado surge agora no caminho deles, prometendo revelar as respostas para todas as suas perguntas. A ornada das crianças passa por uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma ondessa que é a fonte de todo o Mal.

Esta é a história de três crianças que só queriam salvar sua família e acabam tendo que salvar o mundo.

O Atlas Esmeralda me fez voltar à infância. O estilo da escrita, o jeito dos personagens, a levada da história, tudo me lembrou dos livros que eu costumava ler na infância e inicio da adolescência. E pra mim isso foi uma coisa boa. John Stephens criou um trio de protagonistas bem interessante. Crianças, como costumam ser os protagonistas de livros infanto-juvenis, mas bem maduras para suas idades. Na maior parte do tempo, pelo menos. Kate, a mais velha e a única que tem lembranças dos pais, sempre está tendo que protegê-los e livrá-los de encrencas, em todos os orfanatos por quais passaram.

Michael é um menino sensível, mais ligado em livros e que acaba tendo que ser salvo dos bullies pela irmã mais nova, Emma, que é daquelas típicas crianças monstrinhos, imprudente e corajosa. Quando o último orfanato desiste deles e resolve mandá-los embora, eles param numa grande mansão numa cidade bem misteriosa, que parecia não existir. Ao explorarem a casa, uma idéia que me pareceu bem narniana, descobrem um livro estranho num porão que parece mágico.
Eu cresci lendo livros de aventura fantástica, então chega um momento que todas as histórias parecem me lembrar alguma coisa. Embora a trama de voltar ao passado (e a forma com a qual eles conseguem voltar ao passado) seja bem original, ter uma grande feiticeira que parece boazinha como inimiga me soou meio batida.

Não que faça muita diferença, por mais que no fundo a história de John Stephens me lembre pedaços de livros da nfância, a escrita dinâmica e uma história cheia de reviravoltas fazem com que O Atlas Esmeralda seja um livro que dá vontade de ler de uma só vez. Estou curiosa sobre o futuro das crianças e sobre os outros livros mágicos, principalmente devido ao fato que meus irmãos preferidos é que vão estar ligados a eles.

Sobre Lais

Uma biomédica que ama livros, cupcakes e gatinhos. Pottermaníaca confessa, divide seu tempo entre internet, séries, cozinhar doces, eventuais atividades de geneticista e ficar espiando pelo canto do olho se sua carta de Hogwarts finalmente chegou.

10 comentários

  1. tô lendo esse livro e tô mais do que a metade é bem parecido com Percy Jackson e gosto muito das aventuras

  2. Lucas Lima Ferrari

    Acho q parece ser muito legal esse livro, pode até virar filme, com certeza vou ler, mas nada superará Harry Potter! *-*

  3. oIE! Nossa, eu já estava com vontade de ler esse livro, agora mesmo fiquei com mais vontade ainda!!! Bjos

  4. Só de ler as características das crianças me lembrou desventuras em série, e o mundo mágico me lembra Nárnia… espero que seja tão bom quanto!

  5. nunca li este livro antes, mas só pela resenha já percebi que é muito bom, vou vou ver se consigo comprar ele.

  6. Achei o livro excelente! Muito gostoso de ler, com uma história empolgante e um final elegante e belo, contudo ainda dinâmico.

  7. eu tentem comprar o livro mais ñ consegui

  8. Eu estou lendo esse livro e nem precisou chegar na metade pra se tornar um dos meus favoritos. Os personagens são adoráveis e a narrativa é ótima. A história é muito empolgante e prende o leitor do começo ao fim…

  9. O livro é bem legal em si mas acho que falta um pouco mais de batalhas emocionantes, espero que a continuação seja melhor os personagens são bons mais acho que esse livro podia ser melhor

  10. Estou lendo esse livro , peguei emprestado na biblioteca da escola . Estou amando .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*