sexta-feira, 12/08/2022
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Venda de e-books de Harry Potter superam expectativas

Venda de e-books de Harry Potter superam expectativas

O site da The Bookseller traz uma informação surpreendente: os e-books da série Harry Potter, que começaram a ser vendidos pelo site Pottermore em 27 de março, faturaram mais de um milhão de libras esterlinas apenas nos primeiros três dias de lançamento. O número foi divulgado por Charlie Redmayne, principal executivo do portal Pottermore, durante uma entrevista para um programa de rádio, ontem. Os resultados, segundo ele, “ultrapassaram tudo o que havíamos previsto” e, embora as vendas tenham diminuído após a euforia dos primeiros dias, seguem surpreendendo. Nas palavras de Redmayne, as vendas são maiores “do que tudo que eu já vi em relação a e-books”.

Uma nota do Publishers Lunch de hoje relativiza um pouco essa declaração, lembrando que, em unidades, a cifra corresponde a cerca de 175 mil cópias, ou 25 mil exemplares para cada título da série, e que muitas editoras estão acostumadas com a venda de 25 mil cópias de um e-book em um único dia. A nota também ressalta que os e-books de Jogos vorazes têm tido desempenho excepcional.

Houve um pequeno aumento na pirataria dos livros de Harry Potter no primeiro dia de venda dos e-books, segundo o executivo, mas ele afirmou que espera ver a prática diminuir. “Reagimos muito rápido”, disse. “Esperamos que ao torná-los disponíveis a pirataria caia.” Os livros digitais da série escrita por J.K. Rowling estão sendo lançados com marcas d’água.

Ainda não há previsão para a venda dos e-books da série no Brasil. Segundo a Rocco, editora que publica Harry Potter por aqui, todas as decisões e os negócios relativos ao formato digital da saga ficam a cargo do Pottermore. A empresa fechou um acordo para utilizar, nos e-books, as traduções da série para o português feitas pela Rocco. Segundo a editora brasileira, é um modelo de contrato que “foge do padrão” e cujos detalhes não podem ser divulgados.

Vocês pretendem comprar os e-books do bruxinho se eles forem lançados aqui no Brasil, ou até mesmo a versão em inglês?

Fonte.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como revisora e tradutora e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Um comentário

  1. Acho legal os e-books, mas ainda prefiro a versão impressa de livros….

    De qualquer forma estou é ansioso para abrirem o pottermore, espero que criem uma versão em português se não vou ter que me virar com a versão inglês ou espanhol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Livros em Série