sexta-feira, 15/12/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “Quebra de confiança”, de Harlan Coben

Resenha: “Quebra de confiança”, de Harlan Coben

Livro: Quebra de confiança
Série: Myron Bolitar
Autor (a): Harlan Coben
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Resenha por: Bruna
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Fnac Folha Americanas

No primeiro caso de Myron Bolitar, Harlan Coben nos faz mergulhar na indústria do sexo e nos negócios escusos por trás da contratação de grandes atletas. Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Talentoso, bonito, centrado e carismático, tudo indica que o rapaz também poderá arrematar milhões em contratos de publicidade. Mas, ao mesmo tempo que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston. Prestes a ser contratado em uma negociação que pode ser a maior de todos os tempos em sua categoria, Christian recebe o exemplar de uma revista que traz a foto de Kathy em um anúncio de disque sexo. Além disso, o caso acaba de ganhar mais um ingrediente de terror: três dias atrás, Adam Culver, pai dela, foi morto em um assalto bastante suspeito. Agora, com a ajuda de Win, seu melhor amigo, Myron tentará impedir que as notícias sobre a ex-noiva de Christian atrapalhem a carreira do rapaz e irá em busca da verdade – doa a quem doer.

“Myron Bolitar uniu as pontas dos dedos das suas mãos. Tinha lido em algum lugar que o gesto dava à pessoa um ar de sensatez. Sentiu-se idiota.” – pág. 7

Ao terminar de ler esse livro a primeira coisa que me veio na cabeça foi a célebre frase do insano Dr. House: “Everybody lies” (todos mentem). Todo mundo nessa vida tem um segredo, algo a esconder, certo? Alguns são mais triviais, outros já mais cabeludos e até mesmo perigosos. Esse é o centro do enredo de Quebra de confiança.

Apesar desse ser o terceiro livro da série Myron Bolitar a ser lançado no Brasil, esse é na verdade o primeiro romance da saga que acompanha as investigações de Myron Bolitar e seu fiel companheiro Win. Como já tinha lido os outros dois livros da série já lançados pela Arqueiro – Quando ela se foi e Alta tensão – achei bem legal voltar no tempo e conhecer melhor o passado dos personagens, que para mim, já se tornaram tão queridos. Myron é inteligente, sagaz, exageradamente irônico, de temperamento forte, mas com um enorme coração. Era jogador de basquete famoso mas por uma lesão no joelho teve que se aposentar. Acabou se formando em Direito em Harvard e trabalhou um tempo no FBI, mas agora é um agente esportivo. Com ele trabalham seus melhores amigos: Esperanza e Win.

Quando o passado (sempre ele!) volta para assombrar um de seus clientes, Christian Steele, Myron acaba se envolvendo mais do que gostaria. Há um ano e meio a noiva de Christian, Kathy Culver, desapareceu e a polícia não conseguiu desvendar o caso, que esfria até que Christian recebe uma revista de conteúdo pornográfico com uma foto de Kathy, fazendo propagando para um disk-sexo. Somando esse evento ao fato do pai de Kathy ser morto em um assalto suspeito, Myron decide ir atrás da verdade. Isso acaba sendo doloroso para ele pois a mulher da sua vida, Jessica, é irmã de Kathy.

Harlan Coben é um escritor de mão cheia, não tem como negar. Se você gosta de livros no estilo policial, não pode deixar passar a chance de ler pelo menos uma obra do autor. O que mais me agrada nas histórias de Harlan é a carga de comédia que ela carrega. Apesar de Myron e Win passarem por situações de vida ou morte variadas vezes, a irônia e a brincadeira nesses momentos dá um tom diferente pra narrativa, deixando a leitura muito mais leve.

“Myron parou diante da porta, ajeitou o cabelo, virou à esquerda, sorriu, virou à direita, sorriu, olhou para cima, sorriu.
Win olhou-o interrogativo.
– Os federais tiram foto de todo mundo que entra aqui – disse Myron. – Quero estar com a melhor aparência possível.
– Agora é que você me diz? Estou horroroso.” – pág. 172

Nesse livro também podemos ver que apesar de serem grandes amigos, Win e Myron são bem diferentes. Win – de longe o meu personagem favorito dessa série – é muito mais frio e cauculista na hora de se tomar decisões difíceis. Ninguém quer ser o responsável para puxar o gatilho? Sem problemas, Win resolve isso em questão de segundos. Apesar disso o personagem não perde nem um pouco o carisma, pelo contrário.

Com uma trama tão enrolada que parece ser impossível descobrir o que realmente aconteceu à Kathy, e qual a ligação de todos os (absurdos, porém reais) acontecimentos, é de duvidar a capacidade que o autor tem para desrenrolar esses mistérios em transformá-los em uma história coerente e paupável. Leitura altamente indicada!

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

6 comentários

  1. muita boa sua resenha =D agora quero ler o livro.

  2. Obrigada Bruna, olha eu super recomendo os livros do Harlan! São uma delícia de se ler!

  3. Quebra de Confiança está aqui na minha estante. Louuuco para ler :-)

  4. Eu também gostei do livro.
    Linkei a sua resenha na minha.

    liliescreve.blogspot.com

  5. Harlan é um dos meus atores favoritos, se não o melhor!! Preciso ler esse livro!

  6. autores*

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*