sábado, 14/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “@mor”, de Daniel Glattauer

Resenha: “@mor”, de Daniel Glattauer

Livro: @mor
Série: @mor
Autor (a): Daniel Glattauer
Páginas: 184
Editora: Suma de Letras
Resenha por: Cine
Comprar: Saraiva E-book Cultura Submarino

Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura.

Imagine a seguinte situação: você é fanático por futebol, do tipo que não perde um único jogo e vibra como se não houvesse amanhã com cada momento do jogo. Aliás, o jogo que dura 90 minutos passam para você como se fossem apenas 20 minutos. Agora seu time está na final de um campeonato muito importante e perdendo o jogo, mas aos 45 minutos do segundo tempo o juiz marca um pênalti e você vê fica com o coração na mão esperando pelos próximos segundos e quando ele apita para o jogador chutar a bola, a energia na sua casa simplesmente acaba e você fica com aquela cara meio surpresa, meio com raiva, meio sem saber o que fazer.

Bom, depois de imaginar essa situação você pode voltar para a “realidade” da leitura dos livros e saber que foi exatamente assim que me senti lendo “@mor“. Se só esse resumo não foi o suficiente para lhe convencer que esse livro foi uma surpresa total, então eu conto um pouco mais sobre a história e os personagens.

Emma é uma mulher determinada, feliz consigo mesma e com sua vida, tem tudo o que aparentemente toda mulher gostaria de ter e ao enviar um e-mail tentando cancelar a assinatura de uma revista, acaba o enviando para o destinatário errado, um homem misterioso e com um senso de humor e educação que logo chamam a atenção dela. Esse homem, Leo, é um daqueles personagens que qualquer pessoa que adora chick lits iria se derreter, a diferença é você não consegue o imaginar, assim como é difícil imaginar Emma, porque absolutamente todo o livro é escrito através de e-mails que são basicamente um jogo de sentimentos, amor, amizade e mistério, e mesmo que você tente imaginar um rosto para aqueles personagens, eles acabam saindo meio nebulosos.

@mor” é um livro muito bem escrito em sua maneira única, com e-mails inteligentíssimos e que constantemente me fizeram pensar que aquela história ali poderia acontecer comigo, poderia acontecer com meu vizinho, poderia acontecer com qualquer pessoa “na vida real”. Para fãs de romances leves e inteligentes, “@mor” é sem dúvida um prato cheio. Cada linha das correspondências dos personagens é escrita de uma forma para prender o leitor até a última página, e no final ficar surtando pela continuação daquilo.

Aliás, muita ousadia Daniel Glattauer ter terminado o livro da forma que terminou. Eu necessito ler a continuação de “@mor”, nem que sejam as primeiras 10 páginas, mas eu PRECISO de uma resposta para aquele final.

Sobre Cine

Jornalista e professora de inglês, vivendo o sonho de morar em Nova York e ainda tentando descobrir se seria possivel viver dentro de uma da Barnes and Nobles. Viciada em cultura, passa os dias tentando decidir que livros ler enquanto tenta se encontrar na vida.

12 comentários

  1. Precisamos saber do final… hehe

    Adorei a forma que essa estória foi passada. Assim como você, tive a mesma sensação que o que se passou entre os personagens poderia acontecer com qualquer um.

    Muito ansioso para ler a continuação do livro “@mor”.

  2. Um dos melhores livros que li em 2012! Tão atual, tão possível e com um final de tirar o folêgo´! O Léo é ótimo, esses emails são perfeito! Me apaixonei …rsss Quero continuação já!

  3. Oi? É uma série?
    Levei até um susto quando vi este livro resenhado aqui. Juro procês que não sabia!!!
    Rsrsrsrsr
    Acchei muito legal a comparaç ão com a futebol, ficou fácil entender.!!!

    Bjoks!!

  4. Fernanda Bianchi

    Eu me apaixonei por esse livro, li em um dia…e quando chegou no final cai na risada, ñ sabia que tinha continuação rsrs. Ñ vejo a hora de sair o próximo.
    Bjus

  5. Nossa eu adorei o livro, comecei a ler hoje umas 21h e terminei agora, não consegui parar de ler ahsaushuas, super ansiosa pela continuação, sabem dizer se tem previsão e qual o nome do próximo livro?

  6. já saiu a continuação ? tenho colicas de expectativa para ler a continuação.ansiedade não é um estilo de vida, por favor me respoda! att. Vanessa

  7. Ainda não saiu a continuação não Vanessa.

  8. O nome do próximo livro é “Emmi e Leo – A sétima onda”.
    http://www.portoeditora.pt/produtos/ficha?id=8984042

  9. Acabei agora… quase enlouqueci!
    Ai, não podia acabar assim, não vou conseguir esperar! :(
    Eu quis matar a Emmi… não acreditei! :@

  10. Comecei a ler hoje de tarde e acabei agora pouco, já estou louca procurando a continuação KKk

  11. Acabei de ler @mor! To em cólicas de curiosidades aqui.. claro que tb revoltada, chocara, perplexa.. gente preciso ler a continuação desse livro se não acho que nem durmo hj rsrs

  12. Amei o livro!!!!! Comprei há 6 meses e devido às leituras obrigatórias da faculdade, não tinha tido tempo de ler, ontem, em uma breve pausa entre as provas e a leituras dos livros pra monografia que começo em julho, resolvi pegar amor pra relaxar, e não é que devorei em 24 horas????????

    Fiquei abismada do tanto que a história de Emmi e Léo me prenderam, talvez por ser tão atual, e o pior, fiquei louca quando terminou, inacabado, sem o encontro deles, e vim correndo na net procurar a continuação. Qual não foi minha alegria ao saber que o segundo livro já será lançado, to lokaaaa pra comprar e ler o desfecho.

    Beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*