quarta-feira, 18/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » Resenha: “Espera”, de Maggie Stiefvater

Resenha: “Espera”, de Maggie Stiefvater

EsperaLivro: Espera
Série: Os lobos de Mercy Falls
Autor (a): Maggie Stiefvater
Páginas: 360
Editora: Agir
Resenhado por: Patoka
Comprar: Saraiva Cultura Fnac Folha Travessa Amazon

Em Espera, Grace e Sam devem lutar para ficar em juntos. Para ela, isso significa desafiar seus pais e manter um segredo muito perigoso a respeito de seu próprio bem-estar. Para ele, isso significa lutar contra seu passado de lobisomem… e descobrir uma maneira de sobreviver no futuro. Adicione a essa mistura um novo lobo chamado Cole, cujo passado tem o potencial de destruir toda a matilha, e Isabel, que já perdeu seu irmão para os lobos, e, apesar disso, se sente atraída por Cole.

Após fechar as páginas de Calafrio, fiquei enebriada com o amor puro e nem um pouco grudento de Sam e Gracie. Maggie descreveu tão bem o relacionamento dos dois protagonistas e do mundo á sua volta que parecia que éramos velhos amigos. Eu sabia tudo a respeito do casal, da vida que levavam e dos mistérios que cercavam a alcatéia mais fácil de amar da história!

Porém, passado o tempo entre o primeiro e o lançamento do segundo volume, essa paixonite toda foi esfarelando e quando peguei Espera para ler, a última coisa que queria era que Maggie repetisse o amorzinho fofo dos dois por páginas e páginas sem fim. E graças a Deus, parece que a autora me ouviu!

Nesse volume temos ainda Sam e Gracie narrando alguns capítulos. Sam está tranquilo. Depois de ser “curado”, vive cada momento como humano em um inverno que ele a muito tempo não desfrutava, leva sua vida ao lado de Grace sem grandes ambições (o que me incomoda um pouco, mas entendo que no momento o que ele mais quer é aproveitar a namorada e sua pele humana) e seus hobbies ainda são a leitura e tirar alguns acordes do violão. Gracie por outro lado parece estagnada. Mordida por lobos quando criança, nunca se transformou. Mas ela sabe que algo vive dentro dela e luta contra a sua calmaria constante e sua consciência de menina certinha. A negligencia dos pais, que nunca estão presentes, somado com o comodismo da cidade e de seu namorado, fazem com que Gracie se sinta frustrada e isso parece despertar sua transformação. Gracie sente que sua pele lupina está próxima de se mostrar.

Além deles, foi também adicionado mais dois narradores: Cole e Isabel. Cole é um dos novos lobos. No entanto ele está instável, suas transformações de lobo para humano e vice-versa são frequentes, as vezes 4 vezes em um único dia e por isso ele não sabe nada sobre essa nova vida. Ex-astro de rock de uma banda em ascensão, a única coisa que ele queria era sumir e viver no anonimato e vê a alcatéia como a saída para seus problemas. Dá pra perceber que Cole é imaturo, mimado e arrogante, mas muito sedutor. Acostumado a ter fãs aos seus pés o tempo todo, se descobrirem seu paradeiro, o segredo dos lobos de Mercy Falls pode ser ameaçado.

Em contra-ponto temos Isabel, aquele personagem que adoraríamos ter como melhor amiga. Ela é ácida, esperta, com aquelas tiradas maravilhosas e te sacaneia sem você perceber! Seu irmão virou lobo e morreu e seus pais acham que ele desapareceu. Isabel tenta levar com naturalidade tudo isso que aconteceu no último ano em sua vida: os lobos, a morte do irmão, o desinteresse dos pais por sua vida e agora o novo elo inexplicável que a prende a Cole.

O bacana desse volume é ter a vida como seu protagonista principal. Seus desencontros, frutrações, comodismos, morte, fuga, redenção e cura, emolduradas pela escrita sensível e nem um pouco piegas de Maggie.

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

3 comentários

  1. Eu amei ler espera, mas odiei que a editora mudou a capa para igual da versão em ingles e ainda diminuiu o tamanho em relaçao ao primeiro livro pra no terceiro aumentar denovo!!!!

  2. nunca li essa série mais estou muito empolgada pra conhecê-la tenho certeza que vou amar.
    beijos

  3. O livro é realmente muito bom, não gosto de relacionamentos grudentos, por isso a série ganhou pontos comigo e o fato de os personagens principais terem opiniões diferentes e perturbações como todo casal fez a leitura fluir livremente e me manteve presa o tempo todo. É um dos poucos que recomendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*