03 de maio de 2013
Postado por: Nanda @ Arquivado em: Resenhas de Série

A queda dos reinosLivro: A queda dos reinos (#01)
Série: Queda dos reinos, A
Autor: Morgan Rhodes (@MorganRhodesYA)
Editora: Seguinte
Páginas: 400
Lançamento: 03/05/2013
Tradução: Flávia Souto Maior
Resenhado por: Nanda
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Travessa Amazon

Numa terra em que a magia havia sido esquecida e a paz reinara durante séculos, uma agitação perigosa ganha forma quando três reinos começam a lutar pelo poder. Entre traições, negociações e batalhas, quatro jovens terão seus destinos entrelaçados para sempre: Cleo, a filha mais nova do rei de Auranos; Magnus, o primogênito do rei de Limeros; Jonas, um camponês rebelde de Paelsia; e Lucia, uma garota adotada pela família real de Limeros que busca a verdade sobre seu passado.

Em A queda dos reinos, Morgan Rhodes constrói uma mitologia complexa e fascinante, que mistura amor proibido, intrigas políticas e profecias milenares. Narrado pelos pontos de vista dos quatro protagonistas, este é o primeiro volume da série.

A queda dos reinos conta a história de Mytica, uma região dividida em três partes (Limeros, Paelsia e Auranos). Auranos é a mais próspera, Paelsia é praticamente miserável (depende muito da produção de vinho) e Limeros é tão fria quando seu rei. Quando um lord Auranos, na presença da princesa Cleo, assassina um Paelsiano, isso dá motivo mais do que o suficiente para Limeros e Paelsia se aliarem em uma guerra contra Auranos.

Mytica também é uma terra que tem uma relação muito forte com a magia, uma vez que é nela que – segundo uma lenda – encontram-se quatro cristais com os poderes dos quatro elementos, capazes de tornar a pessoa que os possui a mais poderosa do mundo. Os cristais foram roubados do Santuário e utilizados por duas bruxas que foram corrompidas pelo poder e se destruíram. Depois disso, eles foram escondidos e nunca mais encontrados. O Santuário os quer de volta, pois o local sagrado está morrendo sem o poder dos cristais… e outras pessoas querem os cristais pelo poder que eles guardam.

O livro é contado a partir do ponto de vista de quatro jovens e uma criatura mágica. Cleo, princesa do reino Auranos; Jonas, filho de um vendedor de vinhos de Paelsia; Magnus, príncipe de Limeros; Lucia, princesa de Limeros (que foi sequestrada quando criança e dada para os reis de Limeros criarem); Ioannes, do Santuário. Os meus favoritos com certeza são Cleo e Magnus, são os mais complexos e interessantes e quando os dois se encontram, nunca sabe-se o que esperar. A narração é em terceira pessoa, mas considera o ponto de vista de cada um dos personagens acima. Achei interessante como a autora dividiu os capítulos pelos lugares em que os acontecimentos estão sendo narrados e conseguiu contar a história do ponto de vista de dois ou mais personagens em um mesmo capítulo sem nos confundir.

Ao longo dos capítulos, temos a busca pelos cristais, a guerra entre os reinos, revelações de segredos, traições, trapaças, muitas mortes – a autora não tem dó de matar personagens importantes não, um dos personagens que eu mais gostava morreu nesse livro – e os quatro jovens descobrindo mais sobre segredos de sua família e uns dos outros. É praticamente um acontecimento novo a cada página e não consegui parar de ler.

O livro me surpreendeu em vários sentidos e simplesmente me encantei com a história. Só consegui largar quando terminei de ler a última linha da última página. Com certeza o segundo livro da série é uma das continuações que esperarei com mais ansiedade!


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.




2 comentários



1. Michele Herrera
2-6-2013 - 16:45:54

Adorei a resenha. Fiquei louca pra ler.


2. Felipe Borges
26-6-2013 - 14:50:54

Nossa.. fiquei com uma vontade boa de le-lo! vai entrar para minha lista de desejados, rs é bom que na espera chega logo a continuação!


Deixe um comentário

Os campos marcados com * são obrigatórios.





Comentário *