segunda-feira, 18/12/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O morro das meias fulminantes”, de Louise Rennison

Resenha: “O morro das meias fulminantes”, de Louise Rennison

Livro: O morro das meias fulminantes
Série: As desventuras de Tallulah Casey
Autor: Louise Rennison
Editora: iD Editora
Páginas: 277
Resenhado por: Karol
Comprar: Fnac Submarino E-Book

“Eu estava no celeiro mostrando minha versão cômica da dança irlandesa para Ruby. De repente, do nada, entra o garoto mais lindo que já vi na vida. Ele sorriu para mim e disse: -Ãã…oi. Eu sou Alex, irmão da Ruby. Ruby fez ts ts com a língua e disse: -Ela se chama Tallulah e estuda naquele tal de Dother Hall. Cê sabe, a escola de malucos. Eu disse: -Hahaha. Hiddly diddly diddly diddle… e saí dançando. Alex tinha tudo que um garoto dos sonhos deve ter. Frente, costas, lateral. Uma cabeça.”.

Quando o livro foi lançado, a algum tempinho atrás, fiquei curiosa para ler por causa do nome. Achei interessante o trocadilho com o livro ‘O morro dos ventos uivantes’ porém, o tempo foi passando e eu nunca cheguei a ir atrás do livro.

Um tempo depois, quando surgiu a oportunidade, consegui o livro e comecei a ler mas, logo nas primeiras páginas comecei a achar que tinha cometido um grande erro ao escolher resenhar essa série. A personagem principal é Tallulah Casey e ela tem 14 anos, nunca foi beijada e sofre com isso, além da falta de seios. Parei, respirei e pensei: ‘Meus 14 anos já passaram a quase 14 anos… como eu vou conseguir curtir esse personagem se essa ânsia pelo primeiro beijo e pelo primeiro sutiã já não existe em mim a muito tempo?’. Não era chatisse minha, era só falta de identificação com o personagem.

Continuei lendo assim mesmo e poucas páginas depois me peguei completamente envolvida por Tallulah! O sonho dela é ser atriz e, pela primeira vez, ela sai de casa e vai estudar Artes Cênicas em uma cidadizinha do interior da Inglaterra. Pronto, já me identifiquei. Se tem duas coisas que eu fiz foi estudar Artes Cênicas e me mandar para Inglaterra.

Ok, não foram só essas coisinhas em comum que me fizeram gostar do livro, então se você não passou por nenhuma das duas e também já teve seu primeiro beijo, e sutiã, a muito tempo não se desespere! Você vai amar a Tallulah e suas amigas do mesmo jeito. A personagem é realmente cativante. Ela é tão maluquinha e tão engraçada que você ri toda hora com as coisas que ela faz. Eu me peguei muitas vezes relembrando meus dias de garota não beijada com falta de sutiã e reconhecendo que se eu tivesse o carisma de Lullah minha vida teria sido mais fácil nessa época. Isso pode ter acontecido a muito tempo, mas Louise Rennison conseguiu trazer isso tudo de volta. Agora se você está na mesma fase que Tallulah, ansiosa, imagina o que esse livro não vai fazer por você?! Não é a toa que Louise seja considerada uma das melhores escritoras desse genero e para meninas com essa faixa etária, ela realmente entende disso e sabe passar o sentimento pré adolescente aos leitores.

Os outros personagens do livro são igualmente envolventes e você adora cada um deles! É um livro super fácil de ler, divertido e que você devora em poucos dias. Ri horrores com todos os alunos e professores da Dother Hall, e muitas vezes me lembrei da minha faculdade. Como tinha maluco naquele lugar! haha

Sobre Karol

Atriz ruiva tão viciada em Shakespeare que foi até parar lá no palco do Globe Theatre de Londres de tanto que encheu o saco! Sem papas na língua,que sempre dá preferência a livros históricos e com culturas diferentes. Não leu Harry Potter ou Senhor dos Anéis, jogou Crepúsculo longe no meio do segundo livro mas é capaz de devorar qualquer livro que contenha um rei, um indiano ou um espírito no meio. Estranha, usa personagens românticos como referencia quando briga com o namorado, transforma tudo em um drama histórico e deseja silenciosamente transformar todos os livros que lê em filme.

Um comentário

  1. Minha filha está querendo um livro e acho que encontrei um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*