quinta-feira, 25/05/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » “Os 13 tesouros”, de Michelle Harrison

“Os 13 tesouros”, de Michelle Harrison

Livro: Os 13 tesouros (#01)
Série: Os 13 tesouros
Autora: Michelle Harrison
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 336
Tradução: Carolina Selvatici
Resenha por: Kinina
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Um segredo de família, uma herança maldita. Tanya sempre foi uma garota diferente. Desde pequena ela consegue enxergar fadas. Não as que o leitor poderia imaginar, mas seres maus que tentam lançar feitiços nela. Quando, para protegê-la, sua mãe a envia para morar com a avó, Tanya descobre uma floresta onde 50 anos atrás uma menina desapareceu.

Em Os 13 Tesouros, seu livro de estreia e primeiro título da Trilogia 13 Tesouros, Michelle entrelaça suspense e um conto de fadas belo e assustador, com um final surpreendente que fará o leitor querer descobrir cada peça do destino de Tanya.

Tanya tem um dom, ela consegue ver fadas. Entretanto, não pode contar a ninguém que vê fadas e por esse motivo as fadas se aproveitam para aprontar com ela. Sua mãe achando que ela está perturbada demais, leva Tanya para a casa da avó, para ver se ela se acalma. Mas na casa da avó só tem mais fadas para lhe atormentar.

Junto com Fabian, filho do caseiro Warwick, Tanya se aventura pela casa que é cheia de entradas secretas e também pelo Bosque do Carrasco. Em uma passagem da casa Tanya encontra Red, uma menina que está foragida e teve o irmão levado para o mundo das fadas e está tentando recuperá-lo. Red também tem o dom da visão e ajuda Tanya a lidar com as fadas. No Bosque do Carrasco, uma floresta infestada de criaturas mágicas, lugar onde Tanya e Fabian estão proibidos de entrar, encontram uma menina que há muito tempo está desaparecida.

Todos os personagens têm histórias bem estruturas e bem conectadas.

Tanya e Fabian têm uma amizade um pouco conturbada, estão sempre aprontando juntos e ao mesmo tempo implicando um com o outro. Acho que em algum momento da história pode rolar um romancezinho juvenil. A relação de Tanya com a avó parece fria, a menina implica que a avó não gosta dela, mas na verdade Florence só está tentando protegê-la à sua maneira. Warwick é um personagem extremamente mal-humorado, mas no fundo é uma pessoa de bom coração que está apenas tentando proteger todos junto com Florence.

Gostei muito da forma que as fadas são descritas. Em desenhos e histórias infantis estamos acostumados a ver criaturas mágicas, boas e bonitas. Neste livro você verá fadas como criaturas mágicas sem beleza e quase que com o instinto humano de proteção e vingança.

No início achei a história bem infantil, mas os mistérios e saber qual é a dessas fadas me fez ir até o fim. O desfecho da Red neste livro me fez começar a leitura de sua continuação, As 13 maldições, que já publicado no Brasil, na mesma hora.


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Sobre Kinina

Formada em Hotelaria e Análise de sistema, mas trabalha com Atendimento em uma agência publicitária. Passo o tempo lendo, assistindo seriados, ouvindo música e tendo ideias malucas. Vai que um dia alguma dá certo e ela fica rica e famosa...

Um comentário

  1. Comprei esse livro em uma feira da minha cidade e estou doida para ler. \o

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*