terça-feira, 24/01/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas Fora de Série » Resenha: “A biblioteca perdida”, de A. M. Dean

Resenha: “A biblioteca perdida”, de A. M. Dean

Livro: A Biblioteca Perdida
Autores: A. M. Dean
Páginas: 320
Editora: Prumo
Resenha por: Monique
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Fnac Extra Travessa

Emily Wess está prestes a ver sua vida mudar drasticamente. Numa hora, ela é uma pacata professora de história, sonhando com grandes descobertas e uma vida de aventuras ao melhor estilo Indiana Jones, seu herói da infância. Na outra, está embarcando em uma viagem ao redor do mundo, atrás de pistas deixadas por seu mentor, Arno Holmstrand. Pistas estas que a levarão a uma descoberta que não se igualava a nenhuma outra que ela pudesse imaginar: a localização da biblioteca perdida de Alexandria. Durante sete séculos, ela abrigou o maior patrimônio cultural e científico de toda a Antiguidade. O mundo julgava esse tesouro perdido, mas as evidências levam Emily a questionar a história. Agora, ela inicia uma corrida contra o tempo para impedir que o paradeiro da Biblioteca caia nas mãos erradas. À primeira vista, o livro pode parecer um thriller de conspiração aos moldes de O código Da Vinci, mas ele é mais do isso. Ele evoca a emoção de ler os clássicos da literatura de aventura como as histórias escritas por Enid Blyton e Robert Louis Stevenson. Conduz o leitor pelo exótico e romântico Oriente dos heróis intrépidos de Agatha Christie. E o autor, A. M. Dean, ele próprio um historiador, inspirado pelo fascínio que as conspirações exercem na humanidade, levanta a possibilidade de que a famosa Biblioteca de Alexandria tenha de fato sobrevivido. As pistas para desvendar esse mistério estão todas neste livro.

Emily Wess é um personagem que todo leitor se identifica. Ela é o lado aventureiro que todos possuem e a estória é a aventura que todos gostariam de passar um dia. Wess tem em suas mãos o poder de descobrir a existência da maior biblioteca da história da humanidade, a Biblioteca de Alexandria.

Apesar de muito detalhista, A Biblioteca Perdida é um livro que prende o leitor. A estória se passa em poucos dias e a quantidade de informações passada é incrível. São muitos personagens para listar, todos com sua devida importância, mas anotem aí: Arno é essencial para o desenrolar da narrativa, como também seus ensinamentos.

Wess busca por algo maior do que imagina, busca por algo que o alto escalão do governo norte-americano tenta conseguir a qualquer preço, mesmo que custe a cabeça do presidente em exercício. Será que Emily encontra como ter acesso a Biblioteca? Até que ponto ela está envolvida na Sociedade? Quem são e o que pretendem?

Todas as respostas estão nas 320 páginas de uma incrível viagem pela Alexandria e com um fim impactante em Oxford. Usem a cabeça, guardem todas as pistas que Arno deixou para Wess e tentem decifrar esse grande mistério.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*