quinta-feira, 25/05/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Amnésia”, de Jennifer Rush

Resenha: “Amnésia”, de Jennifer Rush

Livro: Amnésia
Série: Alterados
Autor (a): Jennifer Rush
Páginas: 240
Editora: Gutenberg
Tradução: Eric Novello
Resenha por: Bruna
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Quando você não pode confiar em suas lembranças, em quem acreditar? A vida de Anna está cercada de segredos. Seu pai trabalha para a Agência e lidera um projeto confidencial: monitorar e coordenar o tratamento de quatro rapazes alterados geneticamente, que vivem no laboratório localizado no porão de sua casa. Nick é formal e taciturno, Cas é alegre e brincalhão, Trev é inteligente e carinhoso, e Sam é o dono do coração de Anna. Por algum motivo, eles perderam a memória e não se lembram de fatos fundamentais que viveram.
Quando a Agência decide que é hora de levá-los, Sam organiza uma fuga, e o pai de Anna a instiga ir com eles. Diante desse estranho acontecimento, e do pedido dele ao jovem para que mantenha a filha longe da organização a qualquer custo, ela começa a questionar tudo o que achava saber sobre si e logo descobre que ela e Sam estão conectados de uma maneira que jamais poderiam imaginar. E, se ambos quiserem sobreviver, deverão juntar as peças que reconstituem seu passado antes que a Agência roube deles o que ainda resta de sua vida.

Esse foi um daqueles livros em que a capa me chamou a atenção imediatamente quando eu o vi entre os lançamentos da Editora Gutenberg. Depois de ler a sinopse rapidamente não me restaram dúvidas: eu já estava com o livro na minha lista de desejados no Skoob. Quando surgiu a oportunidade de resenhar o livro, aceitei na hora e devorei as páginas em poucos dias.

A protagonista que nos conta a história é Anna, uma jovem garota que tem uma rotina muito peculiar: acorda, toma limonada com o pai às quartas-feiras, fala sobre o jornal e então desce para trabalhar no laboratório debaixo da casa. Nesse laboratório “moram” quatro rapazes um pouco mais velhos que Anna: Sam, o líder bonitão; Trev, o moreno que se torna melhor amigo de Anna; Cas, o engraçadinho da turma; e Nick, o desconfiado. Todos foram alterados geneticamente e são diariamente testados por Anna e seu pai, em nome da Agência. Ninguém sabe porque eles foram alterados e qual será a função deles no futuro, tudo o que eles sabem que é suas memórias foram apagadas.

De cara o personagem que eu mais gostei foi o Nick. Desconfiado de tudo e todos, ele é o único que não tenta fingir ser algo que não é para agradar ninguém e chega a ser chato e arrogante. Normalmente são esses os personagens que acabam salvando a pátria no final da série então acho que é o personagem que mais tem potencial na história. Ele é completamente contra a ideia de levar Anna com eles na fuga e tem lá os seus motivos. Os outros personagens foram muito bem construídos também e as diferentes características formam um grupo bem diferente e que tem uma dinâmica incrível entre eles. Sem famílias, e sem memórias, tudo que eles têm é a si mesmos, é praticamente impossível não se apegar aos quatro garotos.

Eis que a primeira das muitas reviravoltas acontece e Anna acaba “caindo na estrada” com os quatro, também como fugitiva, a pedido de seu pai e é então que começam a surgir mistérios, um atrás do outro. E com os mistérios algumas explicações e verdades vêm à tona, deixando a mocinha desnorteada em vários momentos. Apesar de ter um ritmo super acelerado e quase não deixar o ritmo de leitura cair, houveram vários momentos em que eu queria entrar no livro e dar um tapa na cara de Anna. Achei a personagem muito mais preocupada com sua paixonite por Sam do que com o fato de que eles estavam fugindo de uma Agência poderosa e várias peças da história não se encaixavam de forma alguma. São tantas coisas acontecendo e verdades sendo reveladas que me pareceu simplesmente um absurdo ela sempre se questionar sobre a paixão que tem por ele e não pelas coisas que acontecem na sua vida. Achei legal o lance do romance entre eles – que faz ainda mais sentido quando chegamos ao final do livro – mas achei que a autora poderia ter abordado de uma forma diferente. Mas as cenas entre Anna e Sam não são de todo ruins… a minha favorita é a forma como ele, por estar enclausurado por tanto tempo, pergunta a ela qual cor ela usaria para pintar o céu naquele dia, para ajudá-lo a imaginar. Simples, porém poético.

“- Que cor você usaria para desenhá-lo?” – pág 12

O que mais me impressionou no livro foi que, apesar de curtinho, a história tem várias reviravoltas que são inesperadas e super interessantes. Alguns rumos que a autora toma são imprevisíveis e eu me peguei várias vezes pensando: “meu deus, ela (a autora) não fez isso!”, mas sim, ela fez! Hahaha O livro superou as minhas expectativas. Por ser o primero livro da autora, achei ele super bem escrito e com um enredo original – tanto quanto algo pode ser considerado original nos dias de hoje. Foi renovador ler um infantojuvenil que não é exatamente uma distopia, mas que envolve mistério, manipulação genética e muita ação.

Já estou na espera do lançamento de Erased, o segundo livro da série, aqui no Brasil para ver se a autora desvenda alguns dos mistérios que ficaram no ar nesse primeiro volume.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

3 comentários

  1. ana maria vitoria

    sei que esse foi o primeiro livro, quando vai ser lançado o segundo?
    e só são 3?

  2. Em inglês, já foram lançados 6 livros, 3 da história mesmo e mais 3 paralelos.
    Aqui, por enquanto, só saiu o primeiro. Assim que soubermos notícias da continuação avisaremos ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*