sexta-feira, 13/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » “A escolha”, de Kiera Cass

“A escolha”, de Kiera Cass

Livro: A Escolha
Série: A Seleção
Autor (a): Kiera Cass
Páginas: 352
Editora: Seguinte
Resenha por: Lais
Compre: Saraiva Submarino Cultura Fnac Folha Travessa

A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante … Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois da última página é virada.

ATENÇÃO! Esses livro não são os primeiros da série e podem conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

Não é segredo que eu sou fã de A Seleção. Se você tem alguma dúvida, minhas resenhas dos livros anteriores da série deveriam provar meu caso. Então eu estava aguardando ansiosamente o capítulo final da história da América.

A Escolha é um ótimo final. Mas infelizmente deixa a desejar em alguns aspectos. Vou falar primeiro dos pontos que achei negativos porque fico livre pra virar fã louca depois. Atenção, spoilers à frente.

Achei o livro todo meio corrido, mas os últimos capítulos foram corridos demais. Quase toda a ação do livro acontece neles e em cerca de 30 páginas a Kiera tenta amarrar todos os pontos que deixou abertos na trilogia. Me pareceu que não era a intenção inicial dela colocar tanta política na trilogia, mas a partir do momento que a editora divulgou como distopia foi criada essa pressão nela. Mas não funcionou tão bem.

O drama romântico ao longo do livro deixou de ser “ah, quem eu amo mais?” pra ser “como eu falo pra ele que não o amo mais?”. E foi cansativo. Não entendo um relacionamento de pessoas que são próximas e não conseguem ser honestas uma com a outra e esse é o maior problema dos dois relacionamentos da America e resume muitas das muitas frustrações ao longo de A Escolha.

Nas minhas notas eu também vi um “América deveria ficar surda” e acho que a nerd em mim ficou meio irritada por ela não ter perdido a audição mesmo que temporariamente no final do livro, mas isso pode ser exagero meu, eu sei.

Uma coisa que gostei muito em A Escolha foi uma humanização maior das meninas restantes na seleção. Teve um momento de amizade entre todas elas que foi muito legal e bem escrito.

Maaaaaaaaaaaaaaaaaas Maxon é o melhor do livro.

Maxon melhor pessoa e mesmo quando ele erra, ele erra com boas intenções e ele é um amorzinho e eu amei ele se tornando mais rei nesse livro (embora tenha sido estranho não ver ele de luto pelos pais) e se abrindo mais pra América também. Por isso que achei o final de conto de fadas deles muito legal. Ao longo da série ambos aprenderam a criar espaço um pro outro em suas vidas e melhoraram e cresceram juntos.

E pra não ficarmos muito tristes que a série acabou, vamos ter mais um conto! Sobre a seleção que a Rainha Amberly fez parte. Eu pessoalmente estou bem curiosa pra descobrir um lado mais humano do Rei Clarkson.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Lais

Uma biomédica que ama livros, cupcakes e gatinhos. Pottermaníaca confessa, divide seu tempo entre internet, séries, cozinhar doces, eventuais atividades de geneticista e ficar espiando pelo canto do olho se sua carta de Hogwarts finalmente chegou.

2 comentários

  1. Amei a triologia,e simplismente estousem palavras paRA DIZER algo a respeito, chorei bastante porem precisava demais……

  2. Gente vou confessar que fiquei meio com medo do livro ser mais um “romance chato” porém fui surpreendida. Amei a historia lir a trilogia em 2 dias( haja impaciência
    Huaaaaaa) A escolha é o ultimo da trilogia vou confessar que fiz algo que nunca fiz antes lit o final antes.. Huaaaaa. Decepcionante porem depois do segundo livro estava tão anciosa com medo de me decepcionar que fiz, não me arrependo afinale deu mais vontade de ler p último…. AFF sofrir pela escolha de America e fiquei super feliz com p final. Porem Turo p que foi dito nessa resenha do livro a cima é verdade ( deixou a desejar) porém aconselho a ler mesmo. Apesar de ser uma história irreal ela consegue se encaixar na nossa vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*