segunda-feira, 23/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O tesouro da encantadora”, de Caroline Carlson

Resenha: “O tesouro da encantadora”, de Caroline Carlson

Livro: O tesouro da encantadora
Série: A Quase Honrosa Liga de Piratas
Autora: Caroline Carlson
Páginas: 400
Editora: Seguinte
Resenha por: Guilherme
Comprar: Saraiva Cultura Fnac Americanas Travessa

Há muitos anos, quando objetos mágicos eram tão comuns quanto panelas nos lares de Augusta, a magia era controlada por uma feiticeira muito poderosa: a Encantadora das Terras do Norte. Certo dia, cansada de sofrer ataques de cidadãos que queriam usar os poderes de maneira ilícita, ela resolveu se vingar: recolheu a maioria dos itens mágicos do reino e desapareceu, deixando os cidadãos sem notícias de seu paradeiro nem desse magnífico tesouro. Anos depois, quando Hilary Westfield decidiu que queria ser pirata, nem imaginava que estava prestes a participar da caça ao maior tesouro de todos os tempos. Afinal, tudo o que a preocupava era fugir da Escola da Senhorita Pimm para Damas Delicadas, onde as jovens da alta sociedade aprendiam a valsar, desmaiar e se comportar à mesa. Hilary não via utilidade nenhuma naquelas lições e queria se juntar à Quase Honrosa Liga de Piratas. Qualificações não lhe faltavam, mas a Liga não admitia garotas em sua equipe de algozes e pilantras. Decidida a partir para alto-mar a qualquer custo, Hilary responde ao anúncio de um pirata autônomo em busca e membros para sua tripulação. De repente, ela se vê no meio de uma aventura marítima em busca do tesouro mais valioso do reino: o tesouro da Encantadora. Para encontrá-lo, ela contará com um mapa sem X e precisará enfrentar o vilão mais traiçoeiro — e surpreendente — de todos os mares.

Não sei se acabei de ler um livro, ou se terminei de assistir a um desenho no melhor estilo “A Hora da Aventura.”

Já fazia um tempo que eu não lia um livro infanto-­juvenil. E “A Quase Honrosa Liga de Piratas” foi a escolha perfeita para retomar o hábito. Confesso que fiquei meio hesitante no começo, achando que teria em mãos uma história previsível, voltada só para o público mais jovem. Erro meu. E uma grande surpresa positiva, também.

O primeiro livro da série criada por Caroline Carlson é, sim, voltado para um público jovem. Mas de banal e previsível, ele não tem nada. A história é deliciosa. Como eu disse no primeiro parágrafo, é como assistir a um ótimo desenho animado, daqueles que encantam você com personagens carismáticos. O que já é uma experiência diferente ­ acho que foi a primeira vez que imaginei as pessoas de um livro caricaturadas.

Os diálogos, o jeito dos personagens, as descrições, tudo contribui para essa impressão. Na história, somos apresentados a Hilary, uma menina que tem como sonho ser uma pirata. As dificuldades começam quando a Quase Honrosa Liga dos Piratas, ou QHLP, não aceita garotas em seus navios. Para conseguir o direito de navegar pelos mares debaixo da bandeira da QHLP, Hilary precisa provar­-se digna.

A premissa simples, a narrativa cativante e os deliciosos personagens (você vai amar a Gárgula) resultam em um livro descontraído e bem escrito, que leva você página após páginas em um ritmo relaxante. Prepare­-se para rir bastante e se divertir mais ainda.

“A Quase Honrosa Liga dos Piratas ­ o Tesouro da Encantadora” vale cada uma de suas 400 páginas. E a diversão não termina depois do último ponto final: eu, por exemplo, ainda não cansei de imaginar Hilary sendo levada às telonas e navegando pelos mares em uma bela animação 3D.

Ou em um desenho do Cartoon Network. Eu acompanharia cada episódio.

Sobre Guilherme

Nasceu no Condado de Roseira e foi se perder na cidade grande de São Paulo, onde cursa o terceiro ano de Publicidade e Propaganda na Faculdade de Comunicação Cásper Líbero. Viciado em séries, música e livros, prefere passar uma noite de sábado lendo "Sob a Redoma" do que sair para balada. Escreveu um livro que - se tudo sair como deve - será publicado ainda esse ano, talvez em agosto. Vai que dá certo e ele vira um escritor famoso, né.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*