29 de agosto de 2014
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Lançamentos

Enéias Tavares foi o vencedor do concurso Fantasy 2014 realizado pela Editora Fantasy e seu primeiro livro A lição de anatomia do temível Dr. Louison será lançado nesse fim de semana na Bienal de São Paulo.

O livro é o primeiro da série Brasiliana Steampunk. Conheça abaixo a capa e sinopse do livro:

Porto Alegre. Dirigíveis gigantescos dominam o céu. Abaixo, o vapor cinzento dos bondes, das fábricas e dos estaleiros ao redor soma-se à fumaça dos charutos, dos cachimbos e das cigarrilhas. Vozes robóticas, barulho de hélices e maquinários misturam-se ao alarido do povo. De um Zepelin, desembarca Isaías Caminha, um jornalista carioca enviado à cidade para escrever uma matéria sobre o assassino em série Antoine Louison, que há poucos dias assombrava o local com um verdadeiro show de horrores – a exposição dos órgãos de suas vítimas. A aventura começa depois que o Dr. Louison, finalmente capturado e preso no hospício, desaparece misteriosamente de sua cela de segurança máxima sem deixar vestígios. Nesta busca pelo paradeiro do assassino, Isaías e um grupo de investigadores ainda vão topar com conhecidos do Dr. Louison, pertencentes a uma sociedade secreta de intelectuais, chamada Parthenon Místico, que estão dispostos a tudo para defendê-lo e desmascarar os criminosos. Esses amigos de Louison são alguns aclamados personagens da literatura brasileira, em reinvenção – Rita Baiana e Pombinha, de Aluísio Azevedo, Simão Bacamarte, de Machado de Assis, Solfieri, Álvares de Azevedo, entre outros.




3 comentários



1. Enéias Tavares
30-8-2014 - 10:31:00

Querida Monique, muito obrigado pela menção ao romance. Uma honra. Se precisares de qualquer outra informação, estou à sua disposição. Adoraria escrever algo para o site sobre Brasiliana Steampunk. Um grande abraço. E.


2. Tina Medeiros
28-12-2014 - 23:21:20

Que grata surpresa! Envolvente, a trama conquistou meu interesse e atiçou a minha curiosidade: precisava descobrir, senão tanto quem, como e por que os crimes haviam ocorrido. De quebra, a engenhosa inclusão de personagens ilustres da nossa literatura, a narrativa desconstruída e vários trechos de grande sensibilidade (“Medo é aquilo que os homens sentem quando não estão vivendo”, por exemplo) tecem uma narrativa intrigante, rica e prazerosa. Que venham os próximos volumes da coleção Brasiliana Steampunk!


3. Alexandre Esvobda
11-2-2016 - 09:30:58

Já comecei a ler e tô gostando demais. O estilo do Enéias Tavares faz-nos parecer leitores do final do século XIX, saboreando escritores da época. Desejo imenso sucesso a essa série. Esse escritor nos presenteou com essa obra.


Deixe um comentário

Os campos marcados com * são obrigatórios.





Comentário *