terça-feira, 25/04/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O chamado do cuco”, de Robert Galbraith

Resenha: “O chamado do cuco”, de Robert Galbraith

Livro: O chamado do cuco
Série: Cormoran Strike
Autor: Robert Galbraith (J.K. Rowling)
Páginas: 448
Editora: Rocco/Rocco Digital
Resenha por: Lais Baptista
Comprar:
Saraiva Submarino Cultura Folha Americanas Travessa Amazon

Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso. Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega. Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P.D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.

Eu reli O chamado do cuco para fazer essa resenha, então já sabia o final do livro e a resposta do mistério. Mas uma coisa que diz muito sobre a qualidade dele é que mesmo assim a leitura foi muito divertida.

Acho que a essa altura do campeonato todos já conhecem a história por trás de O chamado do cuco; quase que ao mesmo tempo que escrevia Morte súbita, J. K. Rowling escrevia esse livro, que foi lançado sob um pseudônimo e teve boas críticas e vendas (mas vendas modestas) por alguns meses antes da identidade secreta da nossa querida autora ser descoberta.

A primeira coisa que talvez tenha que ser dita é que esse livro não é Harry Potter. O público alvo é diferente, o gênero é diferente e a escrita é diferente. Como fã de policiais e suspenses, isso me deixou muito muito feliz. O ritmo de O chamado do cuco é tão bom. Os fatos e revelações acontecem gradativamente e de forma crível e dá para se ficar curioso enquanto tenta adivinhar a solução do mistério e totalmente envolvido na história.

Uma coisa que não mudou (e ainda bem), foi o bom desenvolvimento das personagens. Eu acho que um dos grandes pontos positivos de HP foram as personagens realistas e identificáveis que a JK criou e ela conseguiu repetir isso aqui. O livro se passa sob os pontos de vista de Strike e Robin (meio que) e nós vamos conhecendo os dois ao longo do livro, mas nessa releitura pude apreciar a sutileza com que a personalidade e a história pessoal de cada um deles é mostrada, que faz parecer que estamos realmente na pele de um deles conhecendo o outro.

O mistério do livro é ótimo. Bem amarrado, com o suficiente de detalhes para ser adivinhados e pistas resolvidas “na nossa cara” pra tentarmos adivinhar o final e, no meu caso, não conseguir (haha, não lembro se consegui adivinhar o final na primeira vez que li pra ser sincera). Achei muito interessante como o livro lida também de forma discreta com algumas coisas como racismo, preconceito com doenças mentais, problemas familiares e a vida de celebridades (como quase nunca são como a gente imagina que sejam). Não tem nenhum cartaz “racismo é errado”, mas, por exemplo, manifestações de racismo que vemos as pessoas falarem e muitos menosprezam como não sendo nada de mais. Adoro essas ideias “educadoras” que a Rowling coloca nos seus livros quase que escondidas.

Recomendo O chamado do cuco para qualquer um que goste de mistérios e histórias policiais. Também recomendo para os fãs de Harry Potter, porque mesmo sendo um estilo diferente, é divertido o suficiente para valer a pena a leitura.


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Sobre Lais

Uma biomédica que ama livros, cupcakes e gatinhos. Pottermaníaca confessa, divide seu tempo entre internet, séries, cozinhar doces, eventuais atividades de geneticista e ficar espiando pelo canto do olho se sua carta de Hogwarts finalmente chegou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*