sexta-feira, 20/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Promoção » Resenha e Promoção: “Maré Vermelha”, de G. Brasman e G. Norris

Resenha e Promoção: “Maré Vermelha”, de G. Brasman e G. Norris

Livro: Maré Vermelha
Série: Crônicas dos Senhores de Castelo
Autores: G. Brasman e G. Norris
Páginas: 503
Editora: Verus
Resenha por: Monique Marie
Comprar: Saraiva Cultura Travessa Folha Amazon

O planeta Kynis está em crise. Diante da guerra iminente entre as duas nações irmãs, o rei Dragão ora para Seath, o Deus Verdadeiro, enquanto dragões e soldados transformados patrulham com apreensão os limites da ilha-reino. No continente, os treze distritos formam um poderoso conglomerado industrial movido a vapor, cujas máquinas fumegantes de guerra estão prontas para lutar em nome do lucro.
No meio desse embate da força do vapor contra a fúria da natureza, o Bobo e o Ladrão seguem a pista de um objeto valioso e acabam pondo a própria vida em risco. Sem saída, só lhes resta buscar a ajuda de Kullat. Mas um indício do paradeiro de Volgo faz com que Kullat enfrente um dilema: cumprir sua missão de evitar a guerra em Kynis, capturar o mago rubro ou salvar seus amigos?

Em uma corrida contra o tempo, Kullat se unirá a uma exótica Senhora de Castelo, um guerrin com o poder de manipular água e outros companheiros para enfrentar esses imensos desafios — mesmo sem saber que a vida de seus amigos Laryssa, Azio e Thagir está conectada a essa missão de maneiras que ele nunca imaginou.

ATENÇÃO! Esse livro não é o primeiro da série e a resenha pode conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

Mais uma vez vou começar a resenha falando sobre alguns aspectos do livro e não da história em si. Primeiro quero comentar que estou apaixonada pelas ilustrações que aparecem no livro, elas são como desenhos feito a mão e não fotos, são lindas. A capa é muito bem feita e mostra um pouco do que se trata o livro, o marcador combinando é um charme a parte. O fato de ter mais de 500 páginas também me encanta, adoro livros grandes.

A série tem resenha dos primeiro da série aqui no LeS feita pela Kinina e pelo volume de livros no fim de ano fiquei com a incumbência da resenha de Maré Vermelha. Confesso que morri de medo de começar uma série pelo livro número 3 então resolvi fazer a lição de casa lendo as resenhas da Kinina, procurando o site oficial da série e dando um google em maiores informações. No começo me senti meio perdida mas antes mesmo de chegar na página 100 já estava familiarizada com o Multiverso criado pelos autores.

Percebi que algumas histórias relatadas durante o livro são desfechos de algo que começou no segundo, então não contarei aqui para não estragar a surpresa, é simplesmente impossível narrar o que acontece sem colocar um spoiler imenso e assim como a grande maioria eu também odeio isso. Dois assuntos propostos no livro são resolvidos: se a guerra iminente acontecerá e se terá algum derrotado como também se Kullat conseguirá salvar seus amigos (Bobo e o Ladrão) da enrascada em que se meteram.

“Thagir refletia sobre o absurdo daquela situação. Duas nações dispostas a arriscar tudo em uma guerra. O pensamento o transportou para o próprio lar, que, naquele exato momento, passava por situação semelhante. Como as pessoas podem ser tão ignorantes a ponto de se matar para conseguir apenas bens materiais?, questionava-se o pistoleiro, indignado. Será que não percebem que o maior bem que possuem são a vida e a felicidade de vive-la com a família e os amigos?” – p. 232

Os fãs da série já estão acostumados com a quantidade de lugares que a história se passa, a facilidade de transitar entre universos é a mesma que nós temos em chegar a uma cidade próxima devido a tecnologia que os povos possuem, ponto positivo é que os personagens contam um pouco de cada local para que o leitor possa se acostumar e entender porque cada história precisa pertencer a um universo específico. Kullat, Nahra, Thagir, Bobo e o Ladrão são os personagens com as melhores histórias deste livro e na minha opinião os personagens mais legais. Creio que Azio não teve um bom espaço nesse livro e achei a história de suas viagens um pouco solta, além de ser um personagem não muito simpático, o que combina com a princesa Laryssa sua amada. Achei que são dois personagens bem sonsos para falar a verdade. Já Kullat e Nahra ganharam o meu coração, primeiro por serem personagens de personalidades muito fortes e de colocarem amigos e família sempre acima de qualquer outro problema. Kullat ser a ironia em pessoa e Nahra uma mulher de espírito livre são bônus para adorá-los.

Para os que gostam do lado negro da força, Volgo e Willroch travam batalhas entre eles de tirar o folego e mostrar que nem sempre aquele que é franzino tem desvantagem em uma briga.

“(…) mal terminou de falar, disparou outra rajada. O ataque atingiu diretamente o peito do feiticeiro, em uma explosão púrpura que iluminou a praia e o fez girar no ar, até cair novamente na areia (…)” – p. 101

Como mencionei anteriormente, os autores deram fim a algumas histórias mas já deixaram outras com aquele sabor de quero ter logo o próximo livro para saber no que vai dar, principalmente com a dupla imbatível Kullat e Thagir. Maré Vermelha é um livro que conquista os que já eram fãs da série e aqueles que como eu acabaram de conhecê-la.

Deixei para o fim dois comentários: o primeiro é que esta é uma série escrita a duas mãos e os autores conseguiram algo muito difícil que é manter uma escrita única, não dá para perceber qualquer troca, a sintonia dos dois é perfeita e o segundo é um detalhe que não sabia e pulei de felicidade: G. Brasman e G. Norris são brasileiros. Mais uma vez li um livro de autores nacionais que não deixaram uma única vírgula a desejar em comparação aos grandes escritores internacionais. Os leitores deveriam se dar essa chance de gostar dos autores nacionais, temos mentes brilhantes por aqui capazes de entregar livros incríveis como a série dos Senhores de Castelo.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

——

Que tal ganhar um exemplar desse livro? O Livros em Série sorteará, em parceria com a editora Verus um (01) exemplar físico de Maré Vermelha. Para concorrer basta inserir seus dados no Rafflecopter (abaixo) e acumular pontos, até a meia-noite do dia 04 de janeiro de 2015! O sorteio será feito pela ferramenta no dia seguinte (05/01/15) e o vencedor será divulgado aqui nesse post.

Boa sorte!

Como usar o Rafflecopter?

a Rafflecopter giveaway

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

7 comentários

  1. Angelo Montfort

    Monique Marie,

    Boa noite.

    Adorei as suas resenhas, gostei muito mesmo das suas pontuações. Só sentir falta dos livros (A Batalha do Apocalipse, e a trilogia Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida e Anjos da Morte e Paraíso Perdido, esse último será lançado em 2015) do Eduardo Spohr, cara ele é genial, e é uma das coisas mais interessante que se lançou ultimamente no Brasil, não ficando atrás de nenhum desses autores e autoras que você resenha. Seus livros já são Best-seller e vem a cada dia encantado mais e mais leitores e leitoras. Fico no aguardo dessas resenhas :D.

    Abraço fraterno,

    Angel Montfort

  2. Quero ganhar o livro. Vamos ver se dessa vez sai. Acompanho o blog há algum tempo e ainda não ganhei nada dessas promoções.

  3. Bruna Fernández

    Oi Angelo!

    Nós temos resenha sim do Eduardo Spohr, do primeiro volume da série Filhos do Éden: http://livrosemserie.com.br/2011/12/15/resenha-herdeiros-de-atlantida-de-eduardo-spohr/ :)

    As outras estamos realmente devendo! Mas dê uma olhadinha no nosso sumário de resenhas, tem muito autor nacional por lá também! ;)

    Bjs e obrigada pelo comentário!

  4. Ana Caroline

    Gosto muito das resenhas!! Quero muito muito mesmo ganhar esse livro uu..uu ;)

  5. O Brasil está com uma linha editorial de livros fantásticos maravilhosa ultimamente!

  6. Monique Marie

    Ana, obrigada e boa sorte =D

    Kris, concordo com você! Não deixa nada a desejar para os gringos! Orgulho disso <3

  7. Ansiosa!! Adorei esse site <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*