quinta-feira, 12/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O despertar da princesa de fogo”, de Josy L. Dias

Resenha: “O despertar da princesa de fogo”, de Josy L. Dias

Livro: O Despertar da Princesa de Fogo (#01)
Série: A Ordem dos Dragões
Autor: Josy Lira Dias
Páginas: 368
Editora: Baraúna
Resenha por: Monique Marie
Comprar: Saraiva Travessa

Como você age depois de escutar coisas bizarras e de saber que pode simplesmenteter uma morte premeditada em poucos dias? O único modo que eu posso imaginar é lutando para viver.” Foi desta maneira que vida dela começou realmente, ao entrar em mundo sobrenatural, onde exitem criaturas que ela nunca considerou reais. É nesse momento que a amizade entre Aislin, Beta e Grady passa a ser constantemente testada devido aos inúmeros perigos que os cercam, será que a amizade pode ser mantida frente a tantos problemas e desafios mortais? Ela tinha achava que estava apaixonada pelo inimigo, mesmo sem vê-lo, porém um guerreiro aparece neste momento e a deixa confusa com o turbilhão de sensações que ele causa nela, só por olha-la. “Como eu faria isso dar certo? Ele passaria o dia e a noite comigo, seria um tormento constante, pois por mais que eu não quisesse admitir ele me atraía. Com o Alex era diferente, o Taurus me deixava inquieta de uma forma bruta, nem conseguia colocar em palavras.” O Livro escolhe os sobrenaturais para uma jornada onde só a resposta ao que houve com a princesa Aislin pode parar a Guerra. Nessa escolha há amigos e inimigos juntos, porém será que eles tem os mesmos propósitos? Assim começa uma jornada que não ninguém sabe para onde vai, eles só sabem que tem que fazer e encontrar respostas sobre os dons, mais a que preço… “Pensar no que estava por vir não adiantaria. Tentar prever tudo o que poderia ou não acontecer com os meus amigos, família, e principalmente com os meus sentimentos não me levariam a lugar nenhum, era como estar no meio do deserto e não saber para onde ir.

A autora de O Despertar da Princesa de Fogo gentilmente nos enviou seu livro para que pudéssemos conhecer mais sobre este universo que ela criou. O livro é cheio de personagens mas apenas um chega a ser aprofundado: Aislin. Seus amigos Beta e Grady são presenças constantes na narrativa. Sua família, Alex e Taurus desempenham papéis importantes para o desenvolver da história mas em momentos distintos.

Logo no começo da narrativa a autora nos coloca uma junção pouco provável de dois universos: vampiros e dragões. Após a breve introdução, a história de começa de fato com o dia do décimo oitavo aniversário de Aislin, uma data que promete mudar sua vida para sempre. Com mil planos na cabeça, a adolescente se sente mal e é levada da escola para sua casa onde seus pais e seus melhores amigos a aguardam. Em vez de uma festinha simples Aislin descobre uma enorme tatuagem de um dragão em suas costas e desesperada pede para que expliquem como isso aconteceu. É neste momento que seus pais contam que ela é filha de um casal de Rei e Rainha e que na verdade são vampiros. Seus pais são na verdade seus tios e a esconderam deste mundo paralelo para que ela ficasse a salvo de outras criaturas.

Com seu décimo oitavo aniversário vem a responsabilidade de voltar para seu Reino na Rússia, conhecer seus pais verdadeiros, fazer sua cerimônia para descobrir seus dons e de quebra conhecer seu futuro marido. Tudo em tempo recorde de poucos dias para que não acabe morrendo. Totalmente desnorteada e ainda sem entender quase nada, Aislin parte para uma viagem que decidirá não apenas seu futuro mas o de todo um Reino. Para sua sorte ela conta com seus fiéis escudeiros. Beta, que descobriu ser na verdade uma fada e Grady que é um bruxo.

Contar que ela chega até seus pais não se torna um spoiler pois é meio óbvio que isso aconteceria para o andamento do livro. Saímos do cenário dos Estados Unidos e caímos na Rússia, em grandes castelos. A partir daqui esqueça histórias normais e personagens simples. Temos um mundo com vampiros que podem se teletransportar e caminhar pelas sombras, famílias que são protegidas por dragões com poderes específicos, fadas que não gostam de misturar os universos e claro os magos.

Aislin tem horas para descobrir quais são seus dons, os quais causam espanto e chama a atenção dos seus rivais, principalmente Alex, seu inimigo em potencial. Será? O que segue são inúmeros problemas após a cerimônia e a iminência de uma guerra com proporções épicas causadas pelos poderes demonstrados por Aislin e quem foi escolhido como seu futuro marido. Se não bastassem tantos problemas ela ainda terá que lidar com um coração dividido entre seu noivo que misteriosamente desaparece e o guardião Taurus que é escolhido para acompanha-la nessa louca jornada.

Achei que o final deste primeiro livro deixou um pouco a desejar em relação a história e me senti um pouco perdida com a guerra que poderá ser iniciada. Confesso que morri de medo dessa junção “vampiros + dragões” já que sou daquelas que curtem vampiros mais clássicos e odeia esse efeito Stephanie Meyer, mas do jeito que a autora colocou os dragões como sendo seus guardiões eu achei que foi uma boa sacada. Só o fato de vampiros andarem normalmente a luz do dia continua me incomodando muito.

Fico na espera do segundo volume com uma grande expectativa sobre o que de fato aconteceu com Alex e o que será dessa jornada comandada pela “vampiranha”. Para quem gosta do sobrenatural e está aberto a uma experiência diferente, fica a dica do livro.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela autora como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

5 comentários

  1. Monique, adorei a sua resenha, quanto ao sol, não se preocupe, no próximo livro você vai entender melhor…kkkk bjs Jô

  2. Monique Marie

    Fico feliz que tenha gostado!
    Já estou no aguardo do segundo livro e essa coisa de vampiros a luz do dia não é algo com o seu livro mas é desde que Edward resolveu brilhar ao sol hahaha sabe como é né, sou chata com isso =P
    Quero muito saber sobre Alex, você me deixou curiosa ;D
    Beijão e sucesso com o livro

  3. Olá,
    Gostei bastante da sua resenha, parabéns, recebi este livro da autora também e quero muito ler…

  4. Monique Marie

    Oi Jorge tudo bem?
    Ela é muito querida né?
    Leia sim, se você gosta desse mundo fantástico eu acredito que você vá gostar do livro e obrigada pelo elogio.

    Beijos

  5. Rias Gremmory

    cara…….eu vou comprar esse livro ta R$ 50,0 aqui em Manaus….hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*