quinta-feira, 19/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Vidas paralelas”, de Patty Freitas

Resenha: “Vidas paralelas”, de Patty Freitas

Livro: Vidas Paralelas (#01)
Série: Vidas
Autor: Patty Freitas
Páginas: 160
Editora: Novo Romance
Resenha por: Monique Marie
Comprar: Cultura

A vida dupla de Sophie a faz correr muitos riscos, mas nada disso importa, se esse é o preço para conseguir atingir seus objetivos. Ela está mais que disposta a pagar. Será? E quando isto implica pôr em risco um grande amor?

Jonathan é o CEO de sua própria empresa. Um bilionário acostumado a ter a mulher que deseja, até que se envolve com Sophie, ela vai desestruturar sua vida, principalmente sua obsessão por controle e segurança. Mas o que é tudo isso diante de uma paixão arrebatadora e de um amor que vale a pena todos os riscos?

Uma história sensual, um suspense que fará você se apaixonar.

Mais um livro gentilmente enviado pela autora que é uma fofa para o site. Vidas Paralelas é mais um livro na pegada new adult e com as cenas de sexo sem detalhes ao extremo.

O livro aborda a história de Sophie que trabalha em um escritório de advocacia em horário comercial e a noite é dançarina de uma boate. Sophie tem dupla jornada de trabalho não por conta do lado financeiro mas por uma história não resolvida em sua vida.

Logo no primeiro dia de emprego no escritório ela esbarra em um belo homem, Jonathan. Ele é um bilionário herdeiro de uma grande empresa que ajudou a reerguer. A atração foi instantânea dos dois lados, de começo apenas físico e então com o passar das páginas você percebe que estão mais ligados do que poderiam imaginar.

Na tentativa de chegar ao seu objetivo, Sophie quase perdeu o homem da sua vida e colocou sua própria vida em um perigo jamais pensado. Por hora o problema inicial tem um desfecho com o fim do livro e deixa a entender que teremos mais notícias sobre esse caso na continuação da série.

Não dou cinco estrelas para o livro, pois achei o personagem de Jonathan muito parecido com o famoso sr. Grey, incluindo o jeito espalhafatoso como o casal se conhece. Gostaria de ver um casal formado onde o homem não fosse um gato bilionário e a mulher aparentemente frágil e submissa. Também acredito que a autora poderia ter trabalhado melhor o problema central proposto por Sophie, em algumas partes me senti um pouco perdida e a solução aconteceu rápido demais. Acredito que seja por conta do tamanho que foi proposto para o livro.

Fica aqui a minha torcida para que a relação do novo casal formado pelo homem de confiança de Jonathan e uma das “meninas” não seja superficial e que tenha uma boa sequência para o grande projeto de Sophie. Fico no aguardo do segundo livro.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela autora como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

Um comentário

  1. Patty Freitas

    Monique, muito feliz com a parceria. Aguarde o próximo. Faço questão da sua opinião.
    Bjsss
    Patty

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*