quinta-feira, 16/11/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Escola Noturna”, de C. J. Daugherty

Resenha: “Escola Noturna”, de C. J. Daugherty

Livro: Escola Noturna #01
Série: Escola Noturna
Autor(a): C. J. Daugherty
Páginas: 336
Editora: Suma de Letras
Tradução: Rita Sussekind
Resenha por: Monique Marie
Comprar:
Saraiva Submarino Cultura Folha Travessa Americanas Amazon

Escola Noturna – Quando todos estão mentindo, em quem você confia? Quando a adolescente problemática Allie Sheridan vai presa de novo, seus pais decidem que já estão fartos. Assim, ela é despachada para a Academia Cimmeria, um colégio interno bem distante dos seus amigos londrinos. A academia é uma bela construção, cheia de adolescentes lindos e milionários do tipo que viaja de jatinho, foi criado pela babá e só faz compras nos endereços mais exclusivos.

Em Escola Noturna, primeiro volume de uma trilogia, Allie faz novas amizades e conhece Carter, um rapaz solitário com quem ela sente uma conexão imediata.

Só que seus colegas, e talvez até alguns dos professores, estão protegendo um segredo sombrio. Quando o perigo começa a rondar os muros da escola e a violência se torna realidade, Allie terá que decidir em quem confiar, se quiser descobrir o que está acontecendo.

“Mas o que poderia ter acontecido a todos eles lá na mata? E porque ninguém me conta?” pág. 94

Me interessei pela sinopse e me surpreendi ao ler, é melhor do que esperava. A autora não se aprofunda em nenhum dos fatos demonstrados, o que acho que colocaria como a única “falha” do livro. É um livro que flui muito bem e você sente vontade de continuar lendo, o que faz com que você acabe razoavelmente rápido.

A descrição do cenário é ótima, super bem detalhada o que deixa sua imaginação criar uma escola muito antiga com mil acessos de guerra e um bosque muito sombrio em seu entorno. Pontos mais que positivos para essa descrição.

A história gira em torno de Allie, que é a única personagem que você consegue conhecer profundamente. Allie é uma adolescente que mora com seus pais em Londres e desde o desaparecimento de seu irmão Christopher ela colecionou expulsões de escolas, inúmeros problemas, bebida, amigos problemas e claro algumas idas de seus pais até a delegacia. Pensando em ajudar a filha, os pais vêem como única solução a ida da garota para o colégio interno de Cimmeria, em uma cidade afastada do interior.

Como é de se esperar, Allie odeia a ideia e não é bem aceita logo de começo em sua nova escola. Logo de cara fez amizade com uma garota tão problemática quanto ela, Jo, que já estava na escola há um tempo. Mesmo querendo ser invisível Allie tem um imã especial para os problemas e consegue não se dar bem com a monitora da turma, chegar atrasada em uma aula e ganhar sua primeira suspensão. Se tudo isso não fosse o bastante, ela ganhou todas as atenções do garoto mais disputado da escola: Sylvain. Sylvain é um personagem que eu não gostei desde o começo mas dei a chance para que ele me surpreendesse ao longo do livro, já Carter foi amor a primeira leitura. Carter West também nutriu um interesse especial por Allie e foi a minha torcida durante o livro inteiro, já que tenho uma queda pelos personagens quietos, sarcásticos e problemáticos.

Durante a estadia de Allie coisas estranhas começam a acontecer em Cimmeria e alguns alunos começam a culpá-la mesmo sem saber porque. Neste momento você entende o que é a Escola Noturna que contam bem no comecinho do livro e até começa a imaginar quais são os alunos que fazem parte deste seleto grupo. Um incêndio acontece para mostrar que a escola não é tão protegida como todos pensavam e também para dar a deixa que Cimmeria tem um grande inimigo.

A partir desse momento o livro começa a ficar mais emocionante e não posso contar os acontecimentos, pois são eles que encaminham o livro para o grande ataque final e uma descoberta inimaginável sobre o irmão de Allie. Será que Christopher está vivo? Quais são os segredos de Cimmeria? Será que Allie escolheu entre Sylvain e Carter? Acho válida a leitura para descobrir as respostas e eu tenho certeza que vocês não ficarão desapontados como eu não fiquei. Feliz que já tenho o segundo livro para saber o que acontece com o retorno das aulas.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

4 comentários

  1. yuri chermont

    Monique Marie…kkkkkkkk me fez rir com sua descrição…. Adorei

  2. Monique Marie

    Poxa, minha descrição é bem estranha né? Haha =*

  3. Bruna Bilecki

    Boa noite!
    Alguma novidade sobre a publicação da continuação da série “Escola Noturna” no Brasil?
    Obrigada =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*