sexta-feira, 13/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “A caverna de cristal”, de Mary Stewart

Resenha: “A caverna de cristal”, de Mary Stewart

Livro: A caverna de cristal (#01)
Série: Trilogia de Merlin
Autor: Mary Stewart
Páginas: 464
Editora: Hunter Books
Tradução: Vera Maria Marques Martins
Resenha por: Bruna Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Amazon

Quem foi Merlin? O feiticeiro de contos de fadas, o mago de túnica preta, chapéu pontudo e cara de condão? Ou um rei e profeta das velhas lendas da Bretanha e de Gales?

Perfeito para os amantes da literatura fantástica, este livro traz a saga do lendário Merlin – o maior mago de todos os tempos – em uma narrativa autobiográfica envolvente e muito emocionante.

Mary Stewart, de forma brilhante, dá voz ao mito e, através das palavras do próprio mago, podemos entrar em contato direto com esse personagem e reviver a célebre história em uma verdadeira viagem no tempo.

“Quando um homem é sábio, gentil e bondoso, parece que todos os outros erguem a mão contra ele.” – p. 232

Sou o tipo de pessoa que sempre se empolga demais com um livro sobre um assunto que eu gosto muito e depois, quando estou prestes a iniciar a minha leitura fico super apreensiva quanto ao seu conteúdo e várias dúvidas começam a pipocar na minha cabeça: “Será que a história é boa?”, “Fizeram jus aos personagens?”, etc. Mas não tive essa apreensão com A caverna de cristal baseada pura e simplesmente no seu belíssimo trabalho editorial. Ainda me lembro da primeira vez que me deparei com o livro em uma loja da Cultura: fiquei uns bons minutos analisando o livro, sua capa, as divisões de capítulos… foi amor à primeira vista. Então aproveitei de primeira a chance que a Hunter Books nos deu de poder resenhar esse primeiro livro da trilogia de Merlin.

A história em si é bem antiga: Mary Stewart lançou os três livros na década de 70; a trilogia depois virou uma série com a adição de mais dois romances. Os três primeiros livros já haviam sido publicados previamente no Brasil pela Best-Seller e agora ganham uma nova roupagem com a Hunter Books sobre a lenda Arturiana, que é uma das minhas favoritas da literatura.

Em A caverna de cristal o protagonista é um jovem garoto de seus anos, Myrddin Emrys, e a narrativa é feita em forma de autobiografia, do ponto de vista dele. Acompanhamos a vida de Myrddin, ou se você preferir, Merlin, através dos anos, até que ele se torne um jovem homem. Na história Merlin é o filho bastardo de uma princesa de Gales, que se recusa a revelar quem é seu pai e rumores que de ele seja filho do demônio surgem, ainda mais depois que ele passa a ter visões. É interessante a forma como a autora lida com os poderes de Merlin: ele tem suas visões e é diferente do resto dos homens, mas muito da sua inteligência e conhecimento não passam de pura perspicácia e da educação que ele teve com Galapas, um ermitão que morava em uma caverna próxima à cidade em que Merlin nasceu.

Esse primeiro livro da trilogia mostra como a autora brinca com as informações e deixa a faixa divisória entre história e fantástico tão próximas, que fica difícil distinguí-las. É muito curioso como ela incorpora elementos na sua narrativa, tornando a lenda ainda mais real, como o Stonehenge. Essa com certeza é uma leitura perfeita para os amantes da literatura fantástica, com cenas de batalhas, muito sangue, magia, traição, romance e manipulação pra agradar a todos. Fora que sempre vemos Merlin como um coadjuvante da história de Arthur, então é interessante ver os primeiros anos da vida do mago e como começou a sua relação com Uther Pendragon.

Nunca vou cansar de elogiar o trabalho editorial desse livro, ele ficou maravilhoso. Uma pena a editora não ter investido o mesmo empenho na hora da revisão. O texto está repleto de erros, algo fora do comum e que eu nunca tinha visto. Um erro ou outro pode sempre acabar escapando, mas não da forma como essa edição se encontra. Espero que isso possa ser retificado na próxima edição desse volume e que não aconteça o mesmo com os próximos volumes da série, pois estou muito animada para continuar lendo a saga de um dos mago mais poderosos da literatura.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*