sexta-feira, 27/05/2022
Últimas do LeS:
Capa » Lançamentos » Lançamentos Intrínseca – junho/2015

Lançamentos Intrínseca – junho/2015

Livro: Isla e o Final Feliz (#03)
Série: Anna, Lola e Isla
Autora: Stephanie Perkins
Tradução: Amanda Moura
Comprar:
Saraiva Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito.

Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes.

Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.

Livro: Os dois terríveis (#01)
Série: Os dois terríveis
Autores: Jory John e Mac Barnett
Tradução: x
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Travessa Folha Amazon

Miles morava perto do mar. Miles tinha amigos. Miles era o garoto mais terrível de sua escola… Como ele vai conseguir sobreviver numa cidade chamada Vale do Bocejo?
O mundo das travessuras está prestes a ser reinventado. Uma dupla imbatível na pregação de peças surge onde menos se espera: na entediante cidade de Vale do Bocejo, famosa por ter muitas vacas.

Acostumado a ser o mais terrível de onde morava, Miles Murphy está decidido a manter sua fama em sua nova cidade, para a qual se mudou muito a contragosto. Só que Vale do Bocejo já tem seu rei das travessuras, e, para roubar o posto, Miles vai ter que se superar.

Uma guerra épica de trotes e peças toma conta da cidade, até que os dois terríveis finalmente decidem unir forças e pregar a maior peça já vista no mundo: algo tão mirabolante que deixará orgulhosos os membros da Ordem Internacional da Desordem.

A editora ainda conta com lançamentos que não fazem parte de séries, para vê-los, clique no link abaixo.

Livro: Quem é você Alasca? Edição Comemorativa de 10 anos
Autor: John Green
Tradução: Edmundo Barreiros
Comprar: Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Publicado pela primeira vez em 2005, nos Estados Unidos, o romance de estreia de John Green ganha agora uma edição especial comemorativa que inclui:
• Um texto de apresentação pessoal e revelador assinado por John
• Cenas cortadas do manuscrito original
• Detalhes do processo de edição do romance
• Respostas de John às perguntas dos fãs

Miles Halter estava em busca de um Grande Talvez. Alasca Young queria descobrir como sair do labirinto. Suas vidas colidiram na Escola Culver Creek, e nada nunca mais foi o mesmo.
Miles Halter levava uma vidinha sem graça e sem muitas emoções (ou amizades) na Flórida. Ele tinha um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história. Uma dessas personalidades, François Rabelais, um poeta do século XV, disse no leito de morte que ia “em busca de um Grande Talvez”. Para não ter que esperar a morte para encontrar seu Grande Talvez, Miles decide fazer as malas e partir. Ele vai para a Escola Culver Creek, um internato no ensolarado Alabama.
Lá, ele conhece Alasca Young. Ela tem em seu livro preferido, O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez, a pergunta para a qual busca incessantemente uma resposta: “Como vou sair desse labirinto?” Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez. Miles se apaixona por Alasca, mesmo sem entendê-la, mesmo tentando sem sucesso decifrar o enigma de seus olhos verde-esmeralda.

Livro: Nós
Autor: David Nicholls
Tradução: Alexandre Raposo
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Certa noite, Douglas Petersen, um bioquímico de 54 anos apaixonado pela profissão, por organização e limpeza, é acordado por Connie, sua esposa há 25 anos, e ela lhe diz que quer o divórcio.

O momento não poderia ser pior. Com o objetivo de estimular os talentos artísticos do filho, Albie, que acabou de entrar para a faculdade de fotografia, Connie planejou uma viagem de um mês pela Europa, uma chance de conhecerem em família as grandes obras de arte do continente. Ela imagina se não seria o caso de desistirem da viagem. Douglas, porém, está secretamente convencido de que as férias vão reacender o romance no casamento e, quem sabe, também fortalecer os laços entre ele e o filho.

Com uma narrativa que intercala a odisseia da família pela Europa — das ruas de Amsterdã aos famosos museus de Paris, dos cafés de Veneza às praias da Barcelona — com flashbacks que revelam como Douglas e Connie se conheceram, se apaixonaram, superaram as dificuldades e, enfim, iniciaram a queda rumo ao fim do casamento, Nós é, acima de tudo, uma irresistível reflexão sobre a meia-idade, a criação dos filhos e sobre como sanar os danos que o tempo provoca nos relacionamentos. Sensível e divertido, com a sagacidade e a inteligência dos outros livros do autor, o romance analisa a intrincada relação entre razão e emoção.

Livro: Serena
Autor: Ron Rash
Tradução: Claudio Carina
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Travessa Amazon

Pemberton, um rico madeireiro, e sua esposa, Serena, são um casal ambicioso, determinado a derrubar todas as árvores das montanhas da Carolina do Norte para aumentar sua fortuna durante a Grande Depressão. Mas um projeto de parque nacional ameaça esses planos. Pemberton passa a subornar as pessoas mais influentes para manter sua propriedade e seu poder. Já Serena, sem escrúpulos, recorre a outros argumentos: a força, as armas e a crueldade. Para sustentar o grande império e conseguir o que ambicionam, os dois vão passar por cima de tudo. Até deles próprios. Uma narrativa brilhante, que equilibra beleza e violência, paixão e ódio, impiedade e amor.

Livro: Galveston
Autor: Nic Pizzolatto
Tradução: Alexandre Raposo
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

No mesmo dia em que é diagnosticado com uma doença terminal, Roy Cady pressente que o chefe, um agiota e dono de bar que é o mandachuva em Nova Orleans, quer vê-lo morto. Conhecido entre os membros da gangue pelo nada afetuoso apelido de Big Country, por causa do cabelo comprido e das botas de caubói, Roy desconfia de que o serviço de rotina para o qual foi enviado possa ser uma emboscada. E de fato é. Mas consegue inverter os papéis e, após um banho de sangue, escapa ileso. Além de Roy, só há mais uma pessoa viva no local, uma mulher, e num ato impensado ele aponta uma arma para a cabeça dela e a leva consigo na fuga em direção à cidade de Galveston – uma decisão imprudente e sem volta. A mulher, uma prostituta de 18 anos chamada Rocky, é jovem demais, durona demais, sexy demais – e certamente trará para Roy problemas demais. Alternando passado e presente com fluidez e inteligência, Galveston é um romance brutal e envolvente. Uma narrativa ágil, permeada de diálogos marcantes e construída com o máximo de tensão, prova do inegável talento literário de Nic Pizzolatto.

Livro: Estação Onze
Autora: Emily St. John Mandel
Tradução: Rubens Figueiredo
Comprar: Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Certa noite, o famoso ator Arthur Leander tem um ataque cardíaco no palco, durante a apresentação de Rei Lear. Jeevan Chaudhary, um paparazzo com treinamento em primeiros socorros, está na plateia e vai em seu auxílio. A atriz mirim Kirsten Raymonde observa horrorizada a tentativa de ressuscitação cardiopulmonar enquanto as cortinas se fecham, mas o ator já está morto. Nessa mesma noite, enquanto Jeevan volta para casa, uma terrível gripe começa a se espalhar. Os hospitais estão lotados, e pela janela do apartamento em que se refugiou com o irmão, Jeevan vê os carros bloquearem a estrada, tiros serem disparados e a vida se desintegrar.

Quase vinte anos depois, Kirsten é uma atriz na Sinfonia Itinerante. Com a pequena trupe de artistas, ela viaja pelos assentamentos do mundo pós-calamidade, apresentando peças de Shakespeare e números musicais para as comunidades de sobreviventes.
Abarcando décadas, a narrativa vai e volta no tempo para descrever a vida antes e depois da pandemia. Enquanto Arthur se apaixona e desapaixona, enquanto Jeevan ouve os locutores dizerem boa-noite pela última vez e enquanto Kirsten é enredada por um suposto profeta, as reviravoltas do destino conectarão todos eles. Impressionante, único e comovente, Estação Onze reflete sobre arte, fama e efemeridade, e sobre como os relacionamentos nos ajudam a superar tudo, até mesmo o fim do mundo.

Livro: Moneyball
Autor: Michael Lewis
Tradução: Denise Bottmann
Comprar: Saraiva Cultura Americanas Travessa Amazon

O mundo dos esportes leva à loucura milhares de fãs que acompanham de perto cada partida, aflitos com as possibilidades criadas pelo acaso. Mas um homem se recusou a aceitar a suposta aleatoriedade de uma das maiores paixões dos americanos: o beisebol. Como gerente geral de um dos times de menor orçamento da grande liga, Billy Beane impôs uma gestão mais racional, uma nova perspectiva sobre o beisebol, e usou um alto conhecimento em matemática para determinar o modo de jogar e selecionar os atletas contratados pela equipe. Moneyball é a saga em busca do segredo do sucesso do Oakland Athletics sob seu comando.

Numa narrativa repleta de personagens fascinantes e questionamentos inteligentes, Michael Lewis mostra a luta de um administrador para levar seu empreendimento à máxima performance pelo menor custo, e impor racionalidade num universo dominado por favorecimentos, desperdício e vícios. É a história de superação de um time medíocre e a biografia de um homem que se destacou num dos negócios mais ferozes e competitivos dos Estados Unidos.

Livro: Os Guinle
Autor: Clóvis Bulcão
Tradução:
Comprar: Saraiva Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

O sobrenome Guinle parece estar eternamente associado ao hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, e permanece no imaginário popular como uma espécie de sinônimo para luxo, glamour e opulência. As lendas em torno do comportamento extravagante de alguns de seus integrantes, porém, obscureceram a atuação da família como empreendedores pioneiros no século XX, no momento em que o Brasil dava seus primeiros passos rumo à industrialização.
Filho de imigrantes franceses, nos estertores do Segundo Reinado, Eduardo Palassim Guinle, sua esposa Guilhermina e o sócio Cândido Gaffrée começaram a vida com um modesto armarinho na rua do Ouvidor e iniciaram um processo de ascensão socioeconômica que culminou com o monopólio sobre a modernização e a operação do porto de Santos por incríveis 92 anos. Deram início a uma dinastia que deixaria sua assinatura no mundo empresarial, nas artes, na exploração de petróleo e até mesmo na popularização do futebol como preferência nacional.
O historiador Clóvis Bulcão resgata as realizações dos sete filhos de Eduardo e Guilhermina, a geração que conheceu tanto a glória quanto o início de um inexorável processo de decadência. São personagens que apostam em inovações, como a eletrificação urbana e a construção de rodovias, que se movimentam com desenvoltura na cena política, no jet set internacional e até mesmo nos palcos. Sob o lema “Se você deseja, não lhe fará mal”, construíram castelos que não resistiram à passagem do tempo.

Livro: O clique de 1 bilhão de dólares
Autor: Filipe Vilicic
Tradução:
Comprar: Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

O Instagram, aplicativo de compartilhamento de fotos, é uma febre mundial desde seu lançamento em 2010, ainda em versão exclusivamente para iPhone. Comprado pelo Facebook em 2012 pela estonteante quantia de 1 bilhão de dólares, hoje em dia mobiliza mais de 300 milhões de usuários. O que poucos sabem é que Mike Krieger, um de seus idealizadores, é brasileiro, nascido em São Paulo. Ele se tornou milionário aos 26 anos, depois de oito nos Estados Unidos.
Em O clique de 1 bilhão de dólares, o jornalista Filipe Vilicic conta como Michel virou Mike, e traz à luz os detalhes da surpreendente negociação de Kevin Systrom (principal acionista do Instagram) com Mark Zuckerberg, durante a Semana Santa de 2012. Como pano de fundo, ele descreve com precisão o ambiente competitivo, frenético e machista do Vale do Silício, região nas imediações de São Francisco que concentra as mais conhecidas empresas de tecnologia como o Google, o Facebook e o Twitter, e é habitada por personagens excêntricos.
Mike Krieger, o jovem de hábitos simples, eternamente vestido com camisas xadrez, viveu uma nova versão do sonho americano: uma meteórica história de sucesso depois de criar um produto apaixonante. Foi chamado repetidas vezes de “gênio”, teve sua foto em dezenas de capas de revista e começou a aparecer em festas badaladas ao lado de celebridades e multimilionários. Em cinco anos, consolidou-se como uma figura poderosa da indústria da tecnologia mundial.

Livro: Como não ser um babaca
Autora: Meghan Doherty
Tradução: Edmundo Barreiros
Comprar: Saraiva Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Todos os dias, encontramos pessoas que nos fazem pensar: “caramba, que babaca!” Pode ser o sujeito que furou a fila na nossa frente no banco, ou a dondoca no avião que faz o favor de abaixar o encosto do banco em cima da nossa perna. Na escola, pode ser aquela garota que não para de fofocar durante a aula enquanto você tenta prestar atenção à matéria. E no trabalho, sempre tem um colega que deixa o micro-ondas sujo na cozinha ou afana sanduíches alheios da geladeira. E, às vezes, até mesmo a gente pode cometer gafes e causar uma impressão babaca, seja por desatenção (“Opa, não vi você aí na fila!”) ou por inocência (“Essas músicas são horríveis, né? Ah, desculpa, não sabia que era sua banda favorita!”).
Todo mundo está sujeito a escorregar, e para uma boa convivência em sociedade é essencial que saibamos identificar nossos gestos pouco simpáticos e agir com educação e respeito. E Como não ser um babaca traz inúmeros conselhos e dicas para nos ajudar a fazer isso.
Com exemplos bem-humorados e ilustrações divertidíssimas, Meghan Doherty apresenta diversos cenários em que há potencial para “comportamento babaca”, como no trânsito, em relacionamentos e até na internet, e nos convida a refletir como nossas ações podem afetar os outros.

Livro: Bebês submarinos
Autor: Meghan Doherty
Tradução: Flora Pinheiro
Comprar: Saraiva Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Seth Casteel provocou alvoroço na internet e nas livrarias do mundo inteiro ao apresentar suas fotos divertidas e inusitadas de cães adultos e filhotes mergulhando na água para abocanhar bolinhas e outros brinquedos. Agora, ele se supera novamente: desta vez, quem toma conta das piscinas são os bebês mais fofos de todos os tempos.
O fotógrafo que arrebatou o Instagram clica mais de sessenta crianças em seus primeiros meses de vida, o período mágico em que tudo é uma grande novidade. E, para realizar esse projeto, conta com a participação de escolinhas de natação infantil dedicadas a ajudar os pequenos a se tornar mais confiantes ao descobrir o mundo. Bochechas rechonchudas, dobrinhas apaixonantes e expressões da mais pura e inocente alegria — é irresistível.

Sobre Kinina

Formada em Hotelaria e Análise de sistema, mas trabalha com Atendimento em uma agência publicitária. Passo o tempo lendo, assistindo seriados, ouvindo música e tendo ideias malucas. Vai que um dia alguma dá certo e ela fica rica e famosa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Livros em Série