quinta-feira, 14/12/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas Fora de Série » Resenha: “Sobre a escrita”, de Stephen King

Resenha: “Sobre a escrita”, de Stephen King

Livro: Sobre a Escrita
Autor: Stephen King
Páginas: 256
Editora: Suma de Letras
Tradução: Michel Teixeira
Resenha por: Gui Ferreira
Comprar:
Saraiva Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Sobre a escrita é uma verdadeira aula sobre a arte das letras, sem deixar de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação.

Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King.

E, junto a tudo isso, o autor oferece uma aula incrível sobre o ato de escrever, citando exemplos de suas próprias obras e de best-sellers da literatura para guiar seus aprendizes. Usando exemplos que vão de H. P. Lovecraft a Ernest Hemingway, de John Grisham a J. R. R. Tolkien, um dos maiores autores de todos os tempos ensina como aplicar suas ferramentas criativas para construir personagens e desenvolver tramas, bem como as melhores maneiras de entrar em contato com profissionais do mercado editorial.

Se todos os livros que encontramos por aí e que dizem “ensinar os alunos a escrever” seguissem a receita que Stephen King aplica em “Sobre A Escrita”, o aprendizado seria muito mais eficiente – e divertido. Como fã declarado do autor – e como aspirante a escritor – eu estava tão empolgado para ler essa obra que a devorei em 2 dias. Tinha um marca-texto do meu lado para marcar as “dicas” que eu achava mais importantes, mas logo larguei mão da ideia. Porque tudo o que King coloca nas páginas é importante.

Enfim: em “Sobre A Escrita”, Stephen King se propõe a falar sobre a arte de escrever, como ela influenciou a sua vida e de que maneira alguém que planeja se tornar um escritor pode aprimorar suas habilidades. E a “aula” funciona esplendidamente bem por dois motivos. Primeiro: Stephen King é um grande escritor e sabe contar uma história como ninguém. Quando um cara que é considerado o autor de maior sucesso da atualidade e que lança de dois a três livros por ano se propõe a compartilhar suas habilidades e experiências, você para e escuta. Simples assim.

Segundo: King conversa com o leitor o tempo todo. E por “conversar” eu quero dizer que, ao ler “Sobre A Escrita”, você realmente se sente íntimo do tio Steve, como se estivesse tomando um café com o autor enquanto ele conta histórias para você. Criar intimidade com o leitor é algo que King sempre faz em seus livros, mas, talvez por narrar suas próprias experiências neste livro, a conexão dessa vez é ainda mais forte.

Enquanto cumpre aquilo que promete, enchendo o leitor de toques e dicas sobre como escrever e conquistar o público (não há nenhuma “regra” para isso, como King deixa claro, apenas maneiras diferentes de aperfeiçoar a técnica), “Sobre A Escrita” também consegue ser um livro engraçadíssimo. King desfila pelas páginas seu humor ácido e certeiro, cheio de tiradas impagáveis e inteligentes que faz o leitor – no meu caso, o “aluno” – gargalhar. Perdi a conta de quantas vezes precisei parar de ler para rir de alguma passagem da obra, o que tornou a experiência ainda mais satisfatória. Prender a atenção de alguém por horas é uma tarefa difícil: prender a atenção e fazer a pessoa gargalhar no processo, é uma tarefa para poucos. Mas King, como sempre, está à altura.

Outra coisa interessante é que Stephen King não se limita a apenas falar sobre a arte de escrever. Ele também conta ao leitor seu “Currículo”, ou seja: você é levado a conhecer a infância, adolescência e maturidade do autor, assim como todas as experiências que o levaram a se tornar o escritor que é hoje. Como ele deixa claro ao longo de “Sobre A Escrita”, para escrever bem você precisa viver. Saber olhar ao redor. Entender o mundo que te cerca e as pessoas que nele habitam. Ao contar sua vida, King faz com que o leitor não apenas aprenda com ele, mas também entenda aquilo que realmente forma um escritor: as memórias e as lembranças, dores e alegrias, que carregamos conosco.

Eu podia ficar o dia inteiro escrevendo sobre como foi satisfatório ler “Sobre A Escrita”, mas prefiro que você viva essa experiência por si próprio. O livro é curto, com menos de 300 páginas, e vale cada segundo que você passa com ele. Por fim, quero deixar uma passagem do livro que, para mim, resume o que realmente é escrever e diz algo que todo escritor precisa, mais do que ouvir, entender:

“A escrita” não é para fazer dinheiro, ficar famoso, transar ou fazer amigos. No fim das contas, a escrita é para enriquecer a vida daqueles que leem seu trabalho, e também para enriquecer sua vida. A escrita serve para despertar, melhorar e superar. Para ficar feliz, ok? Ficar feliz. Escrever é mágico, é a água da vida, como qualquer outra arte criativa. A água é de graça. Então beba. Beba até ficar saciado.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Guilherme

Nasceu no Condado de Roseira e foi se perder na cidade grande de São Paulo, onde cursa o terceiro ano de Publicidade e Propaganda na Faculdade de Comunicação Cásper Líbero. Viciado em séries, música e livros, prefere passar uma noite de sábado lendo “Sob a Redoma” do que sair para balada. Escreveu um livro que – se tudo sair como deve – será publicado ainda esse ano, talvez em agosto. Vai que dá certo e ele vira um escritor famoso, né.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*