sábado, 14/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Calafrio”, de Maggie Stiefvater

Resenha: “Calafrio”, de Maggie Stiefvater

Livro: Calafrio (#01)
Série: Os lobos de Mercy Falls
Autora: Maggie Stiefvater
Páginas: 608
Editora: Agir Now
Tradução: Celina Portocarero
Resenha por: Kinina
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Amazon

O frio.
Grace passou anos a observar os lobos no bosque próximo à sua casa. Um deles, um belo lobo de olhos amarelos, a observa também. Ele parece familiar, mas ela não sabe por quê.

O calor.
Sam vive duas vidas. Como lobo, ele é um companheiro silencioso da garota que ama. E, por um curto período a cada ano, ele é humano, nunca corajoso o bastante para falar com Grace… até agora.

O calafrio.
Para Grace e Sam, o amor sempre foi mantido a distância. Mas uma vez revelado, não pode ser negado. Sam precisa lutar para continuar humano, e Grace precisa lutar para ficar ao seu lado — mesmo que isso signifique enfrentar os traumas do passado, a fragilidade do presente e as impossibilidades do futuro.

“Calafrio” foi lançado no Brasil em 2010 e já tínhamos feito uma resenha quando lançou. Então por que falar dele de novo? A editora Agir Now relançou os três livros já publicados com capas novas. Na verdade, no Brasil, é a terceira versão de capa que temos.

Em um Top 10 até cheguei colocar a segunda versão de capa como uma das minhas favoritas, mas agora gosto mais da última mesmo! Achei alguns erros de digitação e ortografia durante a leitura, erros que para uma terceira edição não deveriam estar mais lá.

O livro conta a história de Grace e Sam. Grace foi raptada por lobos quando era pequena, e um deles, de pele acinzentada e olhos amarelos, salvou-a antes que o bando a comesse. Grace cresceu e não ficou com medo dos animais, mas sim fascinada por eles. E parece que o seu lobo salvador também gostou na menina. Todo inverno ele ficava observando-a da floresta e ela o observava de volta de dentro de casa. Anos depois do ataque de Grace, outra pessoa é atacada e durante uma caçada aos lobos, o lobo de olhos amarelos é atingido e acaba de transformando em humano.

Sam está de novo em sua forma humana, mesmo não sendo não sendo mais época para ele estar dessa maneira; mas é o momento perfeito pois ele e Grace finalmente se encontram.

Mais do que o relacionamento do casal e das histórias secundárias que os envolve, o mais interessante do livro é conhecer o passada de Sam, como o menino se transformou em lobo e descobrir como é a alcateia e como eles são quando estão em suas formas humanas. A explicação da autora para as transformações são fantásticas.

A história é muito rápida de ser lida, os capítulos são curtos e são contados intercalados por Grace e Sam. Nos capítulos da menina, você consegue sentir a agitação, os receios e inquietações dela. Já os capítulos de Sam são mais calmos, eles tem seus medos e problemas, mas o tempo todo se preocupa com Grace e o quanto sua forma pode afetá-la.

Já tinha escutado muito falar dessa série, muitos elogios e estava com a expectativa alta demais quando comecei a ler. Não cheguei a ficar decepcionada, mas esperava uma história um pouco mais aventura em vez de romance. Mas é um romance encantador, com sentimento puro entre duas criaturas tão diferentes mas que querem a mesma coisa, apenas ficar juntos. A história demorou para me prender, mas o final foi muito bom. Essa é uma daquelas história que tem enlouquecem nos últimos parágrafos e você torce para ter a continuação na mão.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Kinina

Formada em Hotelaria e Análise de sistema, mas trabalha com Atendimento em uma agência publicitária. Passo o tempo lendo, assistindo seriados, ouvindo música e tendo ideias malucas. Vai que um dia alguma dá certo e ela fica rica e famosa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*