quarta-feira, 18/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Escola de espiãs”, de Ally Carter

Resenha: “Escola de espiãs”, de Ally Carter

Livro: Escola de espiãs (#01)
Série: Garotas Gallagher
Autora: Ally Carter
Páginas: 320
Editora: Galera Record
Tradução: Ana Luiza Borges
Resenha por: Lais
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Amazon

Na Academia Gallagher, as meninas mais espertas do mundo aprendem técnicas secretas de espionagem com professores altamente treinados. Elas sabem se disfarçar, são fluentes em mais de 10 línguas e conseguem quebrar os códigos mais complexos. Cammie é filha da diretora e uma das alunas mais brilhantes do colégio. Mas, apesar de todos os seus conhecimentos e habilidades, ela logo vai aprender que existe algo mais perigoso do que ser uma espiã: se apaixonar.

Fazia tempo que eu não lia um livro leve e despretensioso como Escola de Espiãs. Acho que desde que comecei a série de Academia de Vampiros. E acho que as séries tem bastante coisa em comum. Ambas giram em torno de uma adolescente sendo treinada para proteger pessoas. No caso de Cammie, ela vai ser uma espiã, como seus pais.

Cammie é uma ótima protagonista. O livro se passa sob a forma de um relato de campo sobre o semestre dela. Mas é um relato bem detalhado, nem um pouco profissional, diga-se de passagem. Então podemos conhecer bem Cammie e suas amigas. Elas tem personalidades bem definidas desde o início e um passado e são bastante realistas. Aliás, acho que a construção das personagens é um dos pontos fortes de Escola de espiãs.

Sobre a história, bom… é divertido imaginar uma escola secreta no meio dos EUA para espiãs. E mais divertido ainda acompanhar as escapadelas de uma aluna para conquistar seu primeiro namorado. Mesmo sem ter a mínima ideia do que está fazendo (isso foi uma coisa que achei estranho, se EU fosse montar um currículo para espiãs, eu colocaria a arte da sedução nele). É um livro para nos apresentar o mundo e nos fazer entender os limites e possibilidades e ainda assim tem uma história divertida que me fez comprar o livro seguinte assim que terminei esse.

Os mistérios deixados no livro (qual é a do Sr. Solomon? O que aconteceu com o pai da Cammie? A Macey é uma patricinha metida incurável? Cammie e Josh vão se ver de novo? Ele vai lembrar dela?) são interessantes. Pelo menos o suficiente para ver se algum deles é respondido no segundo livro.

Para mim os únicos pontos negativos do livro foram essa falha no currículo da escola; a forçada de barra que é acreditar que garotas Gallagher que inventaram basicamente tudo que é legal no mundo (velcro, inclusive) (mas isso dá um ar de comédia que quase compensa) e o Josh. Acho que por eu não ser mais adolescente não consegui achar um cara que tem raiva de todas as estudantes de uma escola que ele nunca conheceu uma boa pessoa. Mas tudo bem.

Vejamos o que Cammie a camaleã e sua turma vão aprontar no próximo semestre.


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Sobre Lais

Uma biomédica que ama livros, cupcakes e gatinhos. Pottermaníaca confessa, divide seu tempo entre internet, séries, cozinhar doces, eventuais atividades de geneticista e ficar espiando pelo canto do olho se sua carta de Hogwarts finalmente chegou.

Um comentário

  1. Continue lendo os livros…é uma das melhores series que eu li deste tipo…é leve e gostoso e mais pra frente tudo se explica e outras tramas surgem….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*