segunda-feira, 23/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Lançamentos » Zahar – agosto/2015

Zahar – agosto/2015

Livro: Diário de Pilar na África
Série: Coleção Diário de Pilar
Autor: Flávia Lins e Silva
Tradução: x
Comprar: Saraiva Cultura Amazon

Na luta pela liberdade e contra a injustiça, Pilar e seus amigos vão parar do outro lado do Atlântico e aprendem muito sobre a cultura africana.

Pilar, Breno e o gato Samba embarcam na rede mágica e vão parar na África, onde conhecem Fummi, uma princesa iorubá. Juntos, eles tentarão salvar sua família e seu povo, capturados por comerciantes de escravos.

Viajando da Nigéria a Angola, Pilar e seus amigos aprendem várias coisas sobre a história da África, seus animais, e sua cultura. Os quatro aventureiros contam com a ajuda de um elefante para atravessar florestas, enfrentam o mar bravio num pequeno veleiro, galopam na perigosa savana montados em uma zebra, descem o rio Congo ao lado da poderosa rainha Jinga e enfrentam os donos dos navios negreiros.

Livro: O Pequeno Príncipe
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Tradução: André Telles e Rodrigo Lacerda
Comprar: Saraiva Amazon

Uma nova tradução para o clássico que aborda com delicadeza os dilemas cruciais da humanidade em mais uma bela edição dos Clássicos Zahar

Com seu olhar sempre curioso, o Pequeno Príncipe de cachecol dourado leva o leitor a repensar as ligações entre sua infância e a vida adulta, entre o sentimento e a consciência, entre a razão e a realidade. A raposa, a rosa, os baobás, os planetas, entre outros elementos do livro, são símbolos nunca inteiramente explicados – e por isso mesmo muito fortes.

Essa bela edição de luxo homenageia o aniversário de setenta anos da morte de Saint-Exupéry. Seguindo o padrão de qualidade da coleção Clássicos Zahar, traz o texto integral vertido para o português por tradutores premiados e todas as ilustrações clássicas do autor, em cores, além de cronologia de vida e obra de Saint-Exupéry e um posfácio do escritor Rodrigo Lacerda, resgatando as circunstâncias da produção do livro e analisando alguns de seus temas principais.

A versão impressa apresenta capa dura e acabamento de luxo.

Livro: De Primatas a Astronautas
Autor: Leonard Mlodinow
Tradução: Claudio Carina
Comprar: Saraiva Cultura Amazon

Uma odisseia repleta de descobertas e povoada por personagens fascinantes, cuja curiosidade insaciável conduziu nossa espécie, desde suas origens na savana africana até os dias de hoje. Mas como eles fizeram isso? Como saímos das cavernas para os automóveis, das árvores para os arranha-céus, de caminhar sobre dois pés para a exploração da Lua? Essa é a maravilhosa história contada em De primatas a astronautas. Guiados por Mlodinow, descobriremos como o incessante progresso é motivado por algo muito especial: nossa inesgotável sede de conhecimento.

Livro: O Yark
Autor: Laurent Gapaillard e Bertrand Santini
Tradução: Joana Angélica d’Avila Melo
Comprar: em breve

Entre todos os tipos de monstros que pululam sobre a Terra, o homem é a espécie mais disseminada. Existe outra, porém, mais rara e menos conhecida. É o Yark. Ogro de seis metros, com dentes enormes e muito fortes, o Yark adora crianças: gosta de sentir os ossinhos delas estalando sob sua mordida e de sugar aqueles olhos tenros que se desmancham na boca como bombons.

No entanto, por trás de sua aparência feroz os monstros sempre escondem algumas fraquezas que podem derrota-los. King Kong tinha o coração mole, Drácula temia o sol… e o Yark tem o estômago sensível. Só tolera carne de meninos e meninas ajuizados mas esse é um artigo raro nos dias de hoje, e ele tem que se virar para matar a fome. Até que um dia ele conhece Madeleine.

Livro: Le Freak
Autor: Nile Rodgers
Tradução: Cristiano Aloe Botafogo
Comprar: Saraiva Cultura Amazon

Uma das maiores viagens musicais de nosso tempo.

Nile Rodgers compôs e produziu canções e discos que transformaram a música pop e estão entre os maiores sucessos de todos os tempos. Le Freak narra a incrível história de como um dos grandes gênios do pop transformou sua vida dramática – de garoto negro, magricelo e asmático nascido no gueto – na brilhante e alegre playlist de várias gerações.

Meio hippie, meio Pantera Negra, Nile improvisou com Jimi Hendrix, tomou ácido com Timothy Leary, dividiu a emergência do hospital com Andy Warhol e tocou na lendária banda do Apollo Theater. Uma noite, descobriu a disco music. Formou o Chic, estourou nas paradas de sucesso e se tornou um dos grandes nomes por trás de megahits e superastros como Diana Ross, David Bowie e Madonna. E, enquanto criava a trilha sonora da época mais glamourosa e cheia de excessos do pop, mergulhava fundo em seu estilo de vida.

Nile Rodgers é um contador de histórias brilhante e revela os fascinantes bastidores do universo que ajudou a criar.

Livro: A riqueza de poucos beneficia todos nós?
Autor: Zygmunt Bauman
Tradução: Renato Aguiar
Comprar: Saraiva Cultura Amazon

Depois de décadas afirmando-se que o mercado seria responsável por corrigir as disparidades de renda entre pobres e ricos, pesquisas e estatísticas oficiais atestam justamente o contrário: os ricos estão cada vez mais ricos enquanto os pobres cada vez mais pobres.

Nesse livro conciso e indispensável, Zygmunt Bauman analisa, uma a uma, as premissas que sustentam a convicção de que a riqueza de poucos beneficia todos nós, desvendando as falácias que se ocultam por trás dela. Ao mesmo tempo, de forma inesperada e sutil, ele mostra como o individualismo do mundo de consumo é a ideologia que justifica o enriquecimento sem freios dos já muito ricos, apresentando como estratégia de vida o modelo das celebridades.

Indispensável para todos os que querem compreender não só como operam e se disseminam as noções orientadoras de nosso comportamento social e econômico, mas também as políticas atualmente dominantes, que atribuem ao mercado a tarefa de tudo corrigir.

Livro: Problema no paraíso
Autor: Slavoj Zizek
Tradução: Carlos Alberto Medeiros
Comprar: Cultura Amazon

As coisas não vão bem no paraíso capitalista global. Mas, apesar de vivermos em crise permanente, parece que ainda aceitamos a ideia de que o capitalismo representa o melhor de todos os mundos possíveis. Essa é a premissa inicial de Slavoj Žižek em Problema no paraíso.

Žižek argumenta que, alternativas como maior igualdade, democracia e solidariedade são consideradas ultrapassadas e fantasiosas – ou, pior, nos levariam a uma sociedade cinzenta e supercontrolada. E diz que se queremos realmente imaginar um caminho melhor, precisamos entender que é exatamente o capitalismo que nos oferece o mais sombrio dos futuros – servindo sempre mais do mesmo sob o disfarce de mudança constante.

Mergulhando em fenômenos tão diversos quanto o Gangnam Style, Marx, O Cavaleiro das Trevas, Lacan, Ernst Lubitsch e Margaret Thatcher, Žižek adverte que é preciso exigir mudanças radicais e explorar as possibilidades de novas batalhas emancipatórias. Nossos heróis de agora, explica ele, devem ser Julian Assange, Chelsea Manning e Edward Snowden – a menos que desejemos viver num mundo cheio de zumbis e vampiros.

Sobre Kinina

Formada em Hotelaria e Análise de sistema, mas trabalha com Atendimento em uma agência publicitária. Passo o tempo lendo, assistindo seriados, ouvindo música e tendo ideias malucas. Vai que um dia alguma dá certo e ela fica rica e famosa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*