sexta-feira, 20/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O reino das vozes que não se calam”, de Carolina Munhoz

Resenha: “O reino das vozes que não se calam”, de Carolina Munhoz

Livro: O reino das vozes que não se calam (#01)
Série: O reino das vozes que não se calam
Autor: Carolina Munhoz (@carolinamunhoz) e Sophie Abrahão (@sophiaabrahao)
Páginas: 285
Editora: Fantástica
Tradução:
Resenha por: Kinina
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Amazon

Carolina Munhóz apresenta O Reino das vozes que não se calam, escrito em parceria com a atriz e cantora Sophia Abrahão.

Espécie de conto de fadas contemporâneo, em que um mundo mágico é palco para uma história de autoconhecimento e o poder dos sonhos, o romance conta a história de Sophie, uma garota cansada de sofrer com a indiferença das pessoas até descobrir um Reino onde seus talentos são reconhecidos. Cedo ou tarde, porém, ela terá que decidir entre a realidade e a fantasia, numa jornada repleta de descobertas e desafios.

“Ela era apenas uma garota como todas as outras. Uma jovem com poucos amigos e uma grande criatividade.”

Sophie é uma colegial com problemas comuns entre adolescentes: se sente incompreendida e sozinha, é bem reservada e sofre bullying por ser diferente – ruiva e magérrima. Em uma festa com a turma do colégio Sophie e Ana, sua melhor (e única) amiga brigam e a ruiva se sente humilhada e magoada. Depois de cair de sono de tanto chorar depois da festa, Sophie acorda num mundo mágico. Neste mundo, ela encontra seres mágicos (bruxas, fadas, fênix, gnomos, plantas que falam…) que estão esperando por ela a muito tempo e que acreditam que ela se tornará a líder deles. Além desses seres, ela encontra com sua avó, que é rainha deste reino. Nessa terra mágica todos paracem muito felizes e tem um carinho muito grande por Sophie. A menina acredita que ali é seu lugar.

“Essa é a diferença desta dimensão, Sophie. Aqui não precisamos fazer sentido. Somos livres para sermos felizes do jeito que quisermos.”

Mas para fazer parte desse mundo mágico onde ela é aceita da maneira que é, Sophie precisa passar por alguns desafios e decidir entre o mundo “real” e seu mundo fantástico.

No começo do livro achei a história infantil, mas a personagem evolui muito rápido. Os desafios que Sophie precisa enfrentar são pesados; através da ruiva, a autora Carolina Munhoz aborda temas sérios como depressão na adolescência, bullying, distúrbios alimentares e suicídio. De maneira nenhuma a história se torna sombria ou pesada, mas não está nem perto de ser meio bobinha como achei no início; é intensa. Carol ainda facilita a leitura e a imaginação por conta de que Sophie é inspirada na atriz, cantora e modelo Sophia Abrahão – ruiva, bonita, magra e talentosa. E se você ainda tiver alguma dificuldade de imaginar, a atriz está na capa do livro.

O reino das vozes que não se calam tem diversas referências musicais, já que Sophie, além de tudo, é uma artista – canta e compõe músicas. Criamos no Spotify a playlist do livro. Para escutar, é só clicar aqui.


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Sobre Kinina

Formada em Hotelaria e Análise de sistema, mas trabalha com Atendimento em uma agência publicitária. Passo o tempo lendo, assistindo seriados, ouvindo música e tendo ideias malucas. Vai que um dia alguma dá certo e ela fica rica e famosa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*