sábado, 25/03/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O risco”, de Rachel Van Dyken

Resenha: “O risco”, de Rachel Van Dyken

Livro: O risco (#03)
Série: A aposta
Autor: Rachel Van Dyken (@RachVD)
Editora: Suma de Letras
Páginas: 296
Tradução: Flora Pinheiro
Resenha por: Monique Marie
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Amazon

Beth nunca fez nada de arriscado. De inconsequente. De divertido. Isso é, até acordar em um quarto de hotel ao lado de Jace, um senador sexy, que ela reencontrou em uma festa de casamento na noite anterior.
O problema é que sua última lembrança da noite é estar na cama, abraçada a uma caixa de biscoitos, chorando copiosamente. E Jace também não se recorda de muito mais. Outro problema? Eles foram fotografados entrando juntos no hotel, e agora a mídia está em polvorosa, especulando quem é a misteriosa acompanhante do senador. Uma amiga? Uma antiga namorada? Uma… prostituta?
O que deveria ser um encontro casual transforma-se em uma aventura de seis dias: a fim de que escapem do assédio dos repórteres, vovó Nadine os envia para um resort no Havaí. Para Beth, são seis dias de conto de fadas junto ao homem por quem é apaixonada desde a adolescência. Para Jace, são seis dias para esquecer as mágoas do passado e aprender que, às vezes, o amor exige atos de coragem.

ATENÇÃO! Esse livro não é o primeiro da série e a resenha pode conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

“- Não vou atrás de alguém que não me quer. Não vou investir em uma garota que nem sequer percebe que vale a pena o risco.” – p. 245

Humanamente impossível contar algo da história sem lotar de spoilers e ser odiada por todos, incluindo o fato principal que é saber de onde vieram os personagens centrais desse livro (olá fim do segundo livro). O resumo sem quebrar qualquer clima é exatamente o que foi descrito na sinopse, se você curtiu a sinopse assim como eu, pode se jogar no livro!

Este é o fim da trilogia e pude perceber um padrão: em todos os livros a vovó Nadine apronta muito para juntar os casais que ela entende serem os certos (sem se importar muito com as consequências de seus atos), todos os casais trazem histórias mal resolvidas de sua adolescência e geralmente a mancada sempre foi dada pelo homem bonitão perfeito mais querido da escola! Super padrão, super clichê e acontece nos três livros, não tem como fugir.

A história é narrada na perspectiva dos dois principais mas a autora tomou o cuidado de criar uma introdução para que possamos conhecer melhor a história que cerca Beth e Jace. Outro ponto positivo sobre a autora é que achei que ela evoluiu em sua forma de escrever, deixando a leitura menos “bobinha” e os personagens com atitudes e falas mais próximas de suas idades e cargos que ocupam.

Como mencionei vovó Nadine é sempre aquela que apronta de tudo, continuo não achando o seu personagem tudo isso e nem tão engraçado como a maioria acha, mas tenho que concordar que sem ela não existiriam os livros.

Desde a minha primeira resenha venho comentando que comecei a ler a série por conta da sinopse deste volume e para a minha alegria era o que eu pensava! Vale a pena sim. Romance estilo sessão da tarde, com algumas trapalhadas, alguns momentos tensos, algumas conversas sérias e um casal que cai facilmente no gosto.

Leiam O Risco! É realmente legal e vale a leitura, minhas notas só não foram mais altas porque sigo o meu padrão com a série mas percebam que dos três esse é o melhor.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*