domingo, 19/11/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “O nome da estrela”, de Maureen Johnson

Resenha: “O nome da estrela”, de Maureen Johnson

Livro: O nome da estrela (#01)
Série: Sombras de Londres
Autor: Maureen Johnson (@maureenjohnson)
Editora: Fantástica/Rocco
Páginas: 390
Tradução: Larissa Helena
Resenha por: Karol
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Americanas Amazon

Uma série de crimes inspirados nos terríveis assassinatos de Jack, o Estripador, está aterrorizando Londres, e, após um estranho encontro com o principal suspeito, Rory Deveaux corre um sério risco de se tornar a próxima vítima. Recém-chegada à Inglaterra, ela logo vai descobrir que as sombras da cidade escondem muito mais ameaças do que as pessoas imaginam, E, ao que tudo indica, ela é a única que consegue vê-las..

O nome da estrela conta a história de Aurora, ou melhor, Rory, como ela gosta de ser chamada. Ela é uma típica garota americana que resolve cursar um semestre do colégio em Londres enquanto seus pais, professores universitários, dão aula em uma faculdade numa cidadezinha perto da capital. Rory está empolgada para essa nova etapa da vida dela, afinal, quem não estaria? Chegando na escola onde ela irá estudar, ela se depara com um mundo totalmente diferente do seu. Aulas que não estava acostumada a ter, esportes que nunca havia nem imaginado praticar e pessoas muito diferente das que ela conhecia. Ela tenta ao máximo se enturmar, mas às vezes, parece difícil e quando ela menos espera, fica cara a cara com o perigo.

Tá, agora você deve estar se perguntando, mas e o Jack, o Estripador? Pois bem, o que me chamou a atenção nesse livro era exatamente isso, o fato de que, talvez, Jack pudesse estar de volta. Esperava que o livro fosse mais um tipo de suspense do que realmente ele é. No primeiro capítulo temos um gostinho pela coisa, mas depois, tudo o que lemos é Rory e sua nova vida. Muitos detalhes são contatos sobre ela e sobre o mundo adolescente, assim como detalhes sobre o colégio, uniforme, roupas, cabelo, comida… mas na hora que alguém morre, cadê os detalhes macabros do Jack? Não tem! Pelo menos não muito.

O livro não é chato, é muito bacana se você começa a ler de mente aberta. Agora, se você vai que nem eu, esperando algo mais sanguinário e mais a cara do Jack, o estripador, esquece, vai se decepcionar que nem eu.

A narrativa é boa, realmente um pouco enrolada no início, muito teen pro meu gosto, mas interessante. Se você curte livros desse tipo, O nome da estrela é um bom entretenimento pois, além de ter tudo que você gosta, ainda temos um gostinho do clima londrino e um pouco de sangue e suspense.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Karol

Atriz ruiva tão viciada em Shakespeare que foi até parar lá no palco do Globe Theatre de Londres de tanto que encheu o saco! Sem papas na língua,que sempre dá preferência a livros históricos e com culturas diferentes. Não leu Harry Potter ou Senhor dos Anéis, jogou Crepúsculo longe no meio do segundo livro mas é capaz de devorar qualquer livro que contenha um rei, um indiano ou um espírito no meio. Estranha, usa personagens românticos como referencia quando briga com o namorado, transforma tudo em um drama histórico e deseja silenciosamente transformar todos os livros que lê em filme.

3 comentários

  1. Será que se eu pegar o segundo livro da série para ler, sem ter lido o primeiro volume da série, irei entender o que está acontecendo na história do segundo livro?

  2. Oi Carol!

    Essa série nós não recomendamos que seja lida fora de ordem, principalmente por se tratar de uma série de suspense. Pode acabar estragando a leitura e te deixando confusa. O melhor aqui é seguir a ordem cronológica ;)

  3. Isabela Rondora

    eu ganhei esse livro recentemente de um amigo e estou na metade, até agora eu estou adorando, apesar de toda a longa historia sobre a vida dela na escola (eu geralmente enjoaria fácil e largaria) mas eu gostei da personagem (difícil de acontecer comigo quando é narrado na primeira pessoa) mal posso esperar para ler logo os outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*