quinta-feira, 15/11/2018
Últimas do LeS:
Capa » Lançamentos » Cia das Letrinhas – junho/2016

Cia das Letrinhas – junho/2016

A visitaLivro: A visita
Autor: Antje Damm
Tradução: Sofia Mariutti
Comprar: Amazon

Elise é uma mulher muito medrosa. Tem medo de aranha, medo de gente e até medo de árvore. Por isso vive sozinha e sozinha pretende ficar.
Mas, quando menos espera, um aviãozinho de papel entra por uma janela, atrapalhando sua paz diária. No dia seguinte, certa visita bate em sua porta. E Elise não sabe o que fazer! Será que ela deve receber um estranho – e abrir um espaço como esse em sua vida? Ou deve ignorar e manter tudo da mesma forma?
Nesta narrativa, fica claro como, às vezes, basta abrir uma porta para que grandes transformações aconteçam em nossas vidas.

Bem lá no altoLivro: Bem lá no alto
Autor: Susanne Straßer
Tradução: Julia Bussius
Comprar: Amazon

Neste livro, um urso avista um bolo. Ele parece muito apetitoso. Mas, puxa, está bem lá no alto… Como o urso vai conseguir pegá-lo?

Um livro para crianças bem pequenas em que se mostra o quanto é bom poder contar com a ajuda dos amigos e de acontecimentos inesperados.

O livro que não queria saber de rimasLivro: O livro que não queria saber de rimas
Autor: Fernando Nuno
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Este livro não quer saber de rimas. E nem de poesia! Ele deseja a liberdade – e, ao longo das suas páginas, conta sua história sem se preocupar com regras ou estilos. É assim que o leitor conhece este personagem pra lá de singular e todas as aventuras que ele vive ao lado das rimas, que insistem em aparecer. Ao final do livro, alguns elementos de poética são apresentados aos pequenos, como o verso livre, o ritmo, a métrica e a divisão em estrofes, entre outros.

O conto do carpinteiroLivro: O conto do carpinteiro
Autor: Iban Barrenetxea
Tradução: Eduardo Brandão
Comprar: Saraiva Cultura Amazon + ofertas

O carpinteiro Firmín era famoso no mundo inteiro. Ele fabricava rodas perfeitas; assentos que faziam as pessoas não quererem mais sentar em nenhum outro lugar; brinquedos capazes de cantar e dançar; cofrinhos que guardavam tão bem os segredos que você os acabava esquecendo para sempre; e muitos outros tesouros.

A fama era tanta que até o Barão von Bombus resolveu, certo dia, usufruir dos dotes do carpinteiro. E foi aí que, com tantos pedidos extravagantes – como braços e pernas de madeira para serem encaixados no corpo do próprio nobre, veja que absurdo! -, o talento do grande mestre foi realmente colocado à prova.

Sobre Kinina

Formada em Hotelaria e Análise de sistema, mas trabalha com Atendimento em uma agência publicitária. Passo o tempo lendo, assistindo seriados, ouvindo música e tendo ideias malucas. Vai que um dia alguma dá certo e ela fica rica e famosa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.