quinta-feira, 16/11/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas Fora de Série » Resenha: “A casa da mãe Joana 1 e 2”, de Reinaldo Pimenta

Resenha: “A casa da mãe Joana 1 e 2”, de Reinaldo Pimenta

A casa da mãe Joana 1 e 2Livro: A casa da mãe Joana 1 e 2
Autor: Reinaldo Pimenta
Editora: Grupo Editorial Nacional | LTC
Páginas: 268
Tradução:
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Etimologia é o estudo da história ou a origem das palavras. Conhecer a raiz de um vocábulo tende a facilitar sua compreensão e esse é o objetivo aplicado em ”A Casa da Mãe Joana”, que foi produzido com pesquisas sobre as expressões mais conhecidas. Estudar a origem e evolução da linguagem leva ao conhecimento do progresso vivenciado pelo homem de diferentes povos. Com abordagem leve e descontraída, Reinaldo Pimenta desvenda palavras utilizadas em todo o mundo por várias gerações. Trata-se, portanto, de uma verdadeira coleção de origens curiosas de palavras, frases e marcas. Por exemplo, quem nunca teve a curiosidade de saber qual a cor do burro quando foge? Ou onde Judas perdeu as botas? Expressões como essas fizeram ou fazem parte da vida das pessoas. O leitor, provavelmente, vai se deparar com explicações sobre alguma expressão que passou de pai para filho em sua família. É importante ressaltar as histórias contadas através desses esclarecimentos. Assim, por mais que o grande mote do livro seja o de entreter, não se deve imaginar que esse é o único objetivo a ser alcançado. Nenhuma das etimologias apresentadas foi inventada com o intuito exclusivo e simplório de fazer graça. Todas, sem exceção, resultaram de estudos com base em artigos e obras de autores especializados no assunto. A bibliografia destacada ao final do livro é a fonte desse trabalho e uma espécie de satisfação ao leitor.

Você sabia que Alcorão vem do árabe al-kuran e significa “a leitura por excelência”? E que vodka, em russo, é diminutivo para voda, que é água. Isso mesmo, vodca em russo significa literalmente “aguinha”. Essas foram algumas das curiosidades que eu aprendi ao ler A casa da mãe Joana!

A estudante de Letras dentro de mim e a eterna paixão por idiomas gritaram alto quanto o Grupo Editorial Nacional nos ofereceu a oportunidade de resenhar a nova publicação da série A casa da mãe Joana, que mistura os volumes 1 e 2 anteriormente publicados. Essa nova edição cortou alguns termos antigos que caíram em desuso, dando espaço para curiosidades, explanações sobre nomes de marcas e muito mais.

Primeiramente, esse não é um livro de ficção. A casa da mãe Joana é um livro de curiosidades que nos apresenta a etmologia (estudo da origem das palavras) de palavras e expressões que usamos no nosso dia a dia. Então prepare-se para mergulhar no mundo do latim, do grego, do árabe, do francês e muitas outras línguas! Tenha em mente também que não existe forma certa de ler esse livro, você pode lê-lo linearmente, a esmo ou simplesmente usar o índice para consultas. Eu mesma fui lendo os termos e frases que mais me chamavam atenção, mas pretendo ler o livro todo com calma novamente.

O autor Reinaldo Pimenta fez uma extensa pesquisa para compilar esse livro e todas as referências aparecem no final do livro, um bônus para os mais curiosos. O que eu mais gostei é que o livro é leve e divertido, o autor faz uso de muito humor em suas explicações, sem deixar a leitura enfadonha. Algumas expressões antigas também ganham uma explanação mais longa com todo um embasamento histórico como por exemplo as expressões Agora Inês é morta, Outros 500, Tirar o cavalo da chuva e Onde Judas perdeu as botas – essa última é uma das minhas expressões favoritas!

É interessante também descobrir de onde surgiram o nome de várias marcas conhecidas mundialmente como Adidas, IBM, Wella, Avis (que curiosamente é um acrônimo para all vehicles instantly supplied, todos veículos fornecidos imediatamente, em tradução literal e livre), Yakult, Michelin e até mesmo de onde veio o conhecidíssimo cavalo da Ferrari. Você acaba se divertindo e aprendendo mais sobre a língua portuguesa e também sobre vários outros idiomas,

Definitivamente é um livro que vale a pena ter na estante, seja para pesquisas, para consultas ou apenas por curiosidade. Fiquem de olho em nosso Instagram que em breve sortearemos um exemplar em parceria com a editora por lá! ;)


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Já leu "A casa da mãe Joana"? Quantas estrelas você dá para o livro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*