quinta-feira, 23/03/2017
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » “Estrela da Manhã” fecha a trilogia Red Rising

“Estrela da Manhã” fecha a trilogia Red Rising

O aguardado último volume da trilogia Red Rising, que alcançou o topo da lista de best-sellers do New York Times, traz o desfecho da luta de Darrow pela própria sobrevivência e para derrotar os mais poderosos guerreiros da Sociedade. A série, que mistura mitologia grega, viagens espaciais e alta tecnologia, foi premiada nas categorias de melhor livro de estreia em 2014 e melhor ficção científica em 2015 pelo Goodreads, colocando Pierce Brown entre os jovens autores promissores do gênero da atualidade.

Fúria Vermelha
Filho Dourado
Estrela da manhã

O autor americano criou um universo ousado e fascinante, com personagens complexos, enredo repleto de ação e crítica social e muitas passagens de tirar o fôlego. O primeiro título da trilogia, Fúria Vermelha, será adaptado para o cinema por Marc Forster, diretor de Guerra mundial Z. No livro, Darrow, personagem central da história, pertencente à casta dos Vermelhos, se transforma em um Dourado e se junta aos Filhos de Ares, um grupo revolucionário, para destruir a sociedade de castas que colonizou Marte e escravizou seu povo. Como um membro infiltrado no mundo da elite, o protagonista enfrenta batalhas sangrentas e precisa superar as amizades traiçoeiras e o complexo clima político da classe dominante. Em Filho Dourado, sequência da série, novos personagens entram em cena e as disputas acontecem não só em um planeta, mas se ampliam em diversos pontos do sistema solar. Aqui o jovem descobre que para viver entre os Ouros, a casta mais alta da sociedade, não basta ser um grande guerreiro ou estrategista, é essencial sobreviver ao jogo de interesse dos governantes.

“Red Rising” HQ: série ganha prequel

Lançado no início do ano nos EUA, Estrela da Manhã apresenta aos leitores a conclusão da surpreendente jornada de Darrow contra a hierarquia de poder. Traído, capturado e com sua verdadeira identidade revelada, o Ceifeiro vai enfrentar uma guerra ainda mais intensa contra as forças corruptas e de dominação. Devastador e inspirador, o último volume da trilogia Red Rising é “uma conclusão ambiciosa e gratificante para uma saga monumental”, de acordo com a Kirkus Reviews, revista americana especializa em críticas literárias.

Garanta já o seu exemplar: Saraiva Cultura Amazon.

Para os fãs da série e do autor, não fiquem tristes: Estrela da manhã não é o fim da saga. O autor já afirmou que vai escrever uma nova trilogia que se passa 10 anos depois do final de Estrela da manhã, com antigas e novas personagens, além da prequel em HQ que será publicada ano que vem.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

2 comentários

  1. Olá Bru!
    Não conhecia essa série e nem sabia que iria virar filme :O
    Como tenho muitos livros na fila, vou esperar sair o filme para depois ler os livros.
    Bjos

  2. Oi Kelen, não faça isso!!! Os livros são incríveis, mesmo com uma fila enorme, vale colocar eles na espera ;)

    bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*