quarta-feira, 16/10/2019
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Coração perverso”, de Leisa Rayven

Resenha: “Coração perverso”, de Leisa Rayven

Coração perversoLivro: Coração perverso (#03)
Série: Starcrossed
Autor: Leisa Rayven (@LeisaRayven)
Editora: GloboAlt
Páginas: 360
Tradução: Fal Azevedo
Resenha por: Monique Marie
Comprar: Saraiva Cultura Amazon + ofertas

Elissa Holt tem uma regra quando se trata de relacionamentos: ela não namora atores. Sua bem-sucedida carreira de diretora de palco em Nova York a ensinou que eles não são confiáveis, e isso se comprova quando ela conhece Liam Quinn.

Eles tiveram um breve, porém intenso romance há seis anos, pouco tempo antes de Liam se mudar para Hollywood, fazer sucesso em grandes produções de cinema e quebrar o coração de Elissa ao começar a namorar Angel Bell, a atriz queridinha da América.

Agora o casal do momento está em Nova York para estrelar a peça A megera domada, de Shakespeare, da qual Elissa será, coincidentemente, a diretora de palco. Apesar de o cenário ser completamente diferente, tudo o que aconteceu entre eles – e o que poderia ter acontecido – vem à tona.

Mesmo Elissa sabendo que se entregar a Liam de novo poderia gerar uma tragédia, fica claro que o amor e o desejo nem sempre seguem o script…

ATENÇÃO! Esse livro não é o primeiro da série e a resenha pode conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

Meu Romeu Minha Julieta

E lá vamos nós para mais uma saga da família Holt. Antes de começar a resenha queria deixar registrado uma coisa: a fofura que a GloboAlt é em relação aos livros dessa série. Sei lá porque resolvi olhar as capas do livro em inglês e as nossas dão de mil a zero, principalmente a desse livro, vou comentar mais sobre isso durante a resenha. Okay, não devemos julgar um livro pela capa, mas as nossas fazem muito mais sentido que as americanas #nãoépornadanão.

Li em algum lugar um comentário que a escrita de Coração Perverso é um pouco tosca, sou obrigada a concordar. Agora vem a parte interessante, essa “tosquisse” é perfeita para o livro, não teria a menor graça se fosse escrito de outra maneira pois é dessa forma que nós leitores nos sentimos como se Elissa estivesse sentada ao nosso lado contando toda a sua trajetória com Quinn. Nem tudo que é tosco é ruim, tenham isso em mente.

Alguns personagens dos dois primeiros livros aparecem nesse, principalmente no final que é o casamento de Ethan (não, eu não estou contando o fim do livro). Por falar em Ethan, achei que Leisa pecou um pouco na forma de colocar esses personagens, a impressão que tive é que ela tentou encaixar de alguma maneira para que não ficasse a impressão de um livro solto, fora da série, mas não sei se o resultado foi dos melhores. Esse aliás, é o único ponto negativo que tenho a destacar do livro.

Estamos em Nova Iorque e para quem não conhece a cidade mas já viu inúmeros filmes que se passam lá consegue imaginar facilmente as cenas enquanto leem. A autora escolheu como lugar central o interior de um teatro na Broadway e o interior dos apartamentos dos personagens. Mas não pensem que isso torna a narrativa simples demais e chata, por que não é o que acontece. É um livro que quando você menos assusta já está na página 200 e pensa “ah, só mais um capítulo” e boom! Acabou de ler 360 páginas. Méritos da autora e também da nossa tradução que captou o espírito de Elissa Holt, tenha certeza que você vai acabar rindo quando passar num supermercado e olhar para onde ficam os queijos.

A história em si já foi resumida na sinopse, qualquer detalhe que eu contar a mais vai estragar o momento “ah meu Deus eu sabia que era isso” do casal Angeliam e claro, estragar a surpresa do final. Queria deixar registrado que essa série é incrível em me surpreender com os finais e seus bonitões, é só lembrar do e-mail de Ethan Holt para entender do que estou falando.

Não leiam esperando vivenciar como uma peça da Broadway é montada, porque apesar de ter um teatro como lugar central da história nós temos basicamente os primeiros ensaios, a sacanagem feita com Elissa e a estreia da peça, então não esperem muito quanto a isso.

Sobre a capa eu queria dizer que: parabéns Globo Alt, vocês captaram o momento mais importante do livro. Não, um beijo não é o momento mais importante, mas quando chegarem nessa cena vocês entenderão o porquê desse comentário.

Se você se apaixonou por Ethan eu tenho certeza que vai se apaixonar por Liam, vai adorar Angel e sentir o mesmo que Elissa sente a respeito dela, vai querer ter um Josh em sua vida e claro ser Elissa, porque mais uma vez estamos lidando com uma mulher bem sucedida na carreira que escolheu e nada frustrada. Leisa, você é rainha nisso!

Resumindo, leiam para ontem esse livro! Ele não é um apanhado de cenas de sexo sem nenhum nexo, muito pelo contrário, ele é divertidíssimo e você não vai conseguir parar até terminá-lo. Um último comentário a ser feito: se alguém souber onde encontro um Liam, favor avisar nos comentários do site, obrigada.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Monique Marie

Publicitária frustrada com o pouco dinheiro da área e admiradora de tudo que envolve a política. Gosta de seriados que tenham serial killers, filmes infantis, fanática por futebol e F1, além de tentar competir com o Dr. Reid (Criminal Minds) quem lê mais rápido. Geralmente não gosta de ler o que está "na moda", adora indicações e ainda acredita que muitos livros se vendem pela capa. Não se separa de seu amigo rivotril e escreve no mínimo um texto por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.