terça-feira, 23/10/2018
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » “O clã das freiras assassinas” terá continuação

“O clã das freiras assassinas” terá continuação

A trilogia escrita por Robin LaFevers e publicada no Brasil pelo selo Plataforma 21 é um grande sucesso de público e crítica. O clã das freiras assassinas, best-seller do New York Times, narra a história de três freiras: Ismae, Sybella e Annith. Elas vivem em Saint Mortain, um convento que acolhe garotas em dificuldade e as treina para serem assassinas a serviço de Mortain, o Deus da Morte.

Cada livro acompanha o ponto de vista de cada uma das freiras e o papel que elas desempenham na guerra entre França e Bretanha. No primeiro livro, Perdão mortal, Ismae é essencial para a trajetória de Anne, duquesa da Bretanha; em Divina vingança, o foco sai do cenário político e acompanha Sybella em sua jornada por vingança; no volume final da trilogia, Amor letal, vários arcos são encerrados e Annith transforma o convento e o destino de suas irmãs através de suas ações.

O clã das freiras assassinas 1: Perdão Mortal
O clã das freiras assassinas 2: Divina Vingança
O clã das freiras assassinas 3: Amor Letal

Robin declarou que sempre teve interesse em explorar novas histórias dentro do mesmo universo, mesmo depois do seu desfecho. Felizmente ela recentemente anunciou em suas redes sociais que escreverá uma continuação!

Os novos livros, que serão lançados em 2018 e 2019 no exterior, respectivamente, acompanham Sybella e Fera enquanto lidam com as consequências diretas dos acontecimentos de Divina vingança. Alguns personagens retornarão à série e novos serão introduzidos, como uma nova assassina que age como espiã na corte francesa.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.