domingo, 15/10/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas Fora de Série » Resenha: “A fera em mim”, de Serena Valentino

Resenha: “A fera em mim”, de Serena Valentino

Resenha A fera em mimLivro: A fera em mim
Autor: Serena Valentino (@serenavalentino)
Páginas: 192
Editora: Universo dos Livros
Tradução: Alline Salles
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Um príncipe amaldiçoado se isola em seu castelo. Poucos o viram, mas aqueles que conseguiram tal proeza afirmam que seus pelos são exagerados e suas garras são afiadas como as de uma fera! No entanto, o que levou esse príncipe, que já foi encantador e amado por seu povo, a se tornar um monstro tão retraído e amargo? Será que ele conseguirá encontrar o amor verdadeiro e pôr um fim à maldição que lhe foi lançada? Em A fera em mim, conheça a história por trás de um dos mais cativantes e populares contos Disney de todos os tempos- A Bela e a Fera!

“— Conforme as pétalas forem caindo, os anos irão passar até seu aniversário de 21 anos. Se não tiver encontrado o amor, o verdadeiro amor, dado e retribuído, nesse dia, e o selado com um beijo, então deverá permanecer como a criatura horrorosa que vai se tornar.”

A Bela e a Fera sempre foi o meu desenho da Disney favorito, com Aladdin em um lugar bem próximo ao pódio. Imaginem a minha felicidade quando fiquei sabendo da publicação de A fera em mim aqui no Brasil! Fiquei apaixonada pelo livro com a capa simples com metade do rosto da Fera e fiquei mais apaixonada ainda quando ele chegou em casa pois só então descobri que a quarta capa conta com metade do rosto de Adam, depois de voltar ao seu estado normal. #MelhorPríncipe 💙

A fera em mim chegou para preencher um pedaço da história de Bela e Adam que nunca conhecemos no filme: como o príncipe era antes da maldição (alerta de spoiler: ele era um babaca arrogante) e como a maldição caiu sobre elem, o castelo e todas as pessoas que viviam nele. Gostei muito da história criada pela autora e achei que ela encaixou muito bem no universo A Bela e a Fera. Podemos conhecer mais da história do príncipe e sua arrogância insuportável, que chegou a abandonar uma mulher que ele realmente amava apenas por causa da posição social dela.

Um detalhe bem legal que eu gostei bastante foi Serena ter colocado o príncipe como um grande amigo de Gaston, antes da maldição. Os dois eram praticamente inseparáveis, como irmãos. Mas acabam se separando eventualmente, nem Gaston nunca realmente saber o que aconteceu com seu grande amigo. Também temos vislumbres do fiel Cogsworth (nome que não foi traduzido no livro, um deslize, afinal no Brasil a personagem ganhou o nome de Horloge), do carismático Lumière e da querida Sra. Potts.

Um livro leve e divertido que traz ótimas adições para o universo. Pena que ele é tão curtinho. Se você é fã do desenho, ou fã da Disney em geral, vai curtir muito se aprofundar nessa narrativa. Fiquei ainda mais apaixonada pela história e pela transformação da Fera. Ah, e se você é fã da história da Ariel, a autora conseguiu achar um ganchinho para unir de alguma forma as duas histórias de uma forma bem interessante. ;)

Lembrando que autora também escreveu um livro sobre a Rainha Má da Branca de Neve, já publicado no Brasil sob o título de A mais bela de todas, e um livro sobre Úrsula, a vilã de A Pequena Sereia, Poor Unfortunate Soul, ainda inédito no Brasil.

“— Ela acha que sou um monstro!”


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*