terça-feira, 19/11/2019
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Corte de espinhos e rosas”, de Sarah J. Maas

Resenha: “Corte de espinhos e rosas”, de Sarah J. Maas

Corte de espinhos e rosasLivro: Corte de espinhos e rosas (#01)
Série: Corte de espinhos e rosas
Autor: Sarah J. Maas (@SJMaas)
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Tradução: Mariana Kohnert
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.

Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.

Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… Ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

“— Admiro sua coragem, Feyre, de verdade. Ou talvez seja estupidez. Mas, como Tam não quer matá-la, o que foi minha primeira opção, está presa aqui.”

Confesso: esse livro entrou na minha lista de leituras apenas pela capa maravilhosa dele. Me apaixonei pela combinação de cores, pela fonte, as rosas com seus espinhos… aí li a sinopse e fiquei intrigada. Como nunca tinha lido um livro da Sarah J. Maas, (sim, infelizmente ainda estou ensaiando para ler Trono de Vidro) não sabia direito o que esperar, mas a semelhança do enredo com o meu filme da Disney favorito com certeza ajudou e muito.

Em Corte de espinhos e rosas acompanhamos a história de Feyre, uma jovem de família simples, que acaba matando um lobo na floresta para poder sobreviver, apesar do lobo não ter avançado nela, há precedentes. Pois esse animal não era qualquer lobo, era um ser feérico. Mas após alguns dias, um ser bestial bate à porta de sua família exigindo uma retribuição pelo sangue derramado, só o sangue humano pode pagar um ataque a um feérico.

Feyre está disposta a encarar o seu destino, mas a fera que foi atrás dela oferece uma outra opção: Feyre pode morrer ou passar para o outro lado da muralha mágica que separa o mundo humano do mundo feérico e viver o resto de seus dias em Prythian, nas terras da fera. Acontece que o mundo feérico é perigosíssimo para humanos, mas mesmo assim Feyre opta por ser levada para longe de sua família, que precisa de sua ajuda para sobreviver. Essa é a parte que nos lembra bastante do enredo de A bela e a fera. Ajuda também o fato de Tamlin (a fera que leva Feyre para o mundo feérico) ser grande, ter cabelos dourados e compridos e ser um tanto grosseiro. As nuances da personagem seguem a mesma linha que a de Adam em A bela e a fera.

O universo criado por Maas é muito mais mágico e sensual que os outros livros do gênero, com menos personagens do que eu esperava para um livro mais longo que o normal. A narrativa foca principalmente em Tamlin, Feyre, Lucien ( um dos melhores amigos de Tamlin que funciona como alívio cômico na narrativa) e Alias (uma serva que se torna amiga de Feyre). Já na turma dos vilões, temos duas personagens muito bem delineadas e que roubam a cena quando aparecem: Rhysand e Amarantha, essa última se tornou uma das poucas personagens de livro que conseguiu me deixar com muita, mas muita raiva mesmo.

Acontece que o mundo feérico tem os seus próprios problemas para lidar. Uma maldição/doença atingiu Prythian há quase cinquenta anos e desde então todos que estavam presentes em um baile de máscaras da época está incapacitado até hoje de remover as máscaras que estavam utilizando. Como consequência também os poderes daqueles que moram ali diminuiram.

O ritmo na narrativa é bem desnivelado, as coisas começam bem, dão uma esfriada no meio do livro, mas melhoram muito na reta final, com um final surpreendente. No final das contas foi uma leitura pra lá de interessante e eu não vejo a hora de colocar minhas mãos em um exemplar de Corte de névoa e fúria (outro livro de capa maravilhosa e com uma combinação de cores que me deixou maluca!).

“— Não se sinta mal nem um segundo por fazer o que a faz feliz. — Ele se aproximou, soltando uma de minhas mãos para colocar a rosa que eu havia colhido atrás de minha orelha. Não sabia como ela chegara à mão dele, ou para onde tinham ido os espinhos.”


Aviso Legal: Esse livro foi adquirido pela própria resenhista.

Já leu "Corte de espinhos e rosas"? Quantas estrelas você dá para o livro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

5 comentários

  1. Briana Evelyn

    OiEEEE.

    Olha, esse livro começou morno. Só fui até o final pq é uma obra da Sarah (como eu amei mais que chocolate Trono de Vidro) eu realmente fui ao fim por ela.
    Não há comparação entre Feyre e Celaena (que é foda pra car@II0$). Mas o final realmente é surpreendente. E o segundo livro estrá de chorar de tão bom.
    Gosto da Sarah porque ela deu vida a personagens femininas muito fortes. em Trono de Vidro, temos a protagonista Celaena que é uma assassina que comeu o pão que o capiroto amaçou e deu a volta por cima (claro, sofrente que nem condenado carpindo terreno em dia de sol quente no Saara) Temos também Manon (que aparece somente depois do 3º livro) ok. Não vou ficar falando se você ainda não leu.
    Mas essa altora linda está de parabéns por personagens tão fodásticos.
    PS: Tem um perfil no insta de uma menina que faz ilustrações de personagens da Sarah, ela até tem fotos com a altora. São tão perfeitas as artes que chega a parecer foto. O perfil é @charliebowater se você colocar no google: “rhysand and feyre for charlie” vai surtar com as artes dessa menina.
    Beijocas.
    Amei a resenha.

  2. Briana Evelyn

    Gente, esquece esses erros de portuga* que tá horrível. Escrevi correndo pq to no trabalho e dei aquela olhadinha na web super rápida!

    Bjo

  3. Oi Bri! Espero ler o quanto antes Corte de Névoa… e com certeza vou colocar Trono de Vidro nas minhas leituras, só preciso terminar algumas séries começadas antes! :)

    Com certeza vou pesquisar as imagens pq olha…. Rhysand <3 Ai ai ai...

    Aliás, Tamlin e Lucien tbm né?! hahahahha Sarah J. Maas já mora de pantufas no meu coração <3

  4. Briana Evelyn

    Oi Bru.

    Esquece o Tamiln. Tamlin é chato uahuahuahauhau. Venha para o lado negro da força minha pequena padawan!! Rhysand. Meu Deus… suspiros pelo Rhy. O segundo livro termina muito foda. Como que eu explico sem dar spolier? Não dá!!
    Dei de presente de natal pra minha melhor amiga o primeiro livro da série. Tá apaixonada tb.
    Bru, começa logo esse livro!!

    Bjo bjo;

  5. Corte de Espinhos e Rosas é um bom livro, e, sim, o final é surpreendente. Gostei da Feyre como protagonista, do Tamlin como par dela e tals (ao menos até certo ponto, vulgo quando eu conheci o Rhys, que é o amor da minha vida, meu boy, meu divo!), do Lucien, etc. MAS, nem chega aos pés de Corte de Névoa e Fúria, que é o melhor livro ever…deve ter umas seiscentas páginas, e eu li em dois dias, e reli mais duas vezes, e ainda não superei (e nunca vou superar). MEU DEUS, a Sarah é magnífica, a história é magnífica, e os novos personagens são magníficos, e…tudo é magnífico! Você precisa lê-lo urgentemente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.