sexta-feira, 18/10/2019
Últimas do LeS:
Capa » Notícias » “Ringer” é a sequência de “Replica”

“Ringer” é a sequência de “Replica”

Comentamos sobre a nova duologia da autora da saga Delírio aqui no LeS no ano passado.

Ringer fecha a duologia e segue a mesma premissa que seu antecessor, contando duas histórias distintas: a de Gemma e a de Lyra. Você pode ler a obra de 3 formas – começando pela narrativa de Lyra, pela de Gemma, ou alternando entre as duas.

Ringer
Ringer

Confira a sinopse traduzida do original pela nossa equipe:

No mundo fora do Instituto Haven, Lyra e Caelum estão descobrindo que é difícil ser humano. Lyra, infectada em Haven com uma doença terrível, acha que seus sintomas estão piorando. E nenhum deles sabe onde eles pertencem, ou em quem podem confiar. Quando Caelum vai embora sem avisar, Lyra o segue, buscando uma organização pioneira na Filadélfia que possa ter uma cura para a doença que está lentamente consumindo sua mente. Mas o que descobrem é uma conexão chocante com o passado deles, mesmo que o futuro pareça estar em perigo de colapso.

Quando Gemma descobre que seu controlador e poderoso pai tem novos planos para Lyra e Caelum, Gemma e seu namorado, Pete, vão embora para avisar seus amigos do perigo que estão correndo. Mas um acidente deixa Gemma e Pete na estrada, eles são confundidos com as réplicas fugitivas e apreendidos por estranhos contratados para capturá-los. Levados a uma facilidade alojada em um aeroporto abandonado, Gemma fica cara a cara com as centenas de réplicas que sobreviveram à explosão em Spruce Island. Afinal, o instituto Haven não foi destruído, e agora Gemma é quem está atrás das muralhas.

As histórias de Lyra e Gemma podem ser lidas separadamente, começando por uma ou outra história, ou em capítulos alternados, mas não importa de que maneira você vire as páginas do livro, as duas narrativas distintas se combinam em uma experiência excitante tanto para as heroínas quanto para os leitores.

Ringer sai nos EUA em outubro desse ano e, infelizmente, ainda não temos nenhuma previsão de lançamento dessa duologia aqui no Brasil.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.