sexta-feira, 17/11/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas Fora de Série » Resenha Antecipada: “Adeus, Tóquio!”, de Cecilia Vinesse

Resenha Antecipada: “Adeus, Tóquio!”, de Cecilia Vinesse

Adeus, Tóquio!Livro: Adeus, Tóquio!
Autor: Cecilia Vinesse (@cookieplease)
Editora: GloboAlt
Páginas: 268
Tradução: Alice Klesck
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Campbell tem 17 anos.
Ela não acredita em Deus.
Muito menos em milagres
Cam sabe que tem pouco tempo de vida, por isso quer viver intensamente e fazer tudo o que nunca fez, no tempo que lhe resta. Mas a mãe de Cam não aceita o fato de perder a filha, assim, ela a convence a fazer uma viagem com ela e a irmã para Promise um lugar conhecido por seus acontecimentos miraculosos.
Em Promise, Cam se depara com eventos inacreditáveis, e, também, com o primeiro amor. Lá encontra, finalmente, o que estava procurando mesmo sem saber.
Será que ela mudará de ideia em relação à probabilidade de milagres?
A Menina que não Acredita em Milagres vai fazer você rir, chorar e repensar sua conduta de vida.

“— Você é apavorante como um livro, pouco antes de acabar, entende? Quando você tem que largar, porque é demais para assimilar tudo de uma vez.”

O Livros em Série foi convidado pela GloboAlt para fazer uma resenha antecipada do novo lançamento deles, Adeus, Tóquio!, e ficamos superanimadas, afinal o livro de estreia da Cecilia foi muito bem comentado lá fora e o livro tem uma boa avaliação no GoodReads. Essa narrativa conta a história de uma garota chamada Sophia Wachowski, nascida japonesa, mas de pai francês e mãe polonesa. Sophia, ou Sofa, como alguns amigos a chamam, está em crise pois ela tem menos de uma semana para se despedir dos amigos e da cidade que ela tanto adora pois ela, a irmã mais velha e a mãe vão se mudar de volta para Nova Jersey.

A narrativa do livro se passa durante essa última semana de Sophia em Tóquio e cada capítulo traz uma contagem regressiva de quanto tempo falta para ela ir embora. Isso foi me dando uma grande angústia enquanto eu lia, não sei lidar com essas contagens, haha. Ah, sim, essa contagem também faz alusão ao relógio da personagem principal que tem uma função de contagem regressiva e está configurado para zerar quando ela estiver entrando no avião, um presente do seu pai – hoje separado da sua mãe, mora em Paris com a nova esposa e os filhos gêmeos – que Sophia guarda e usa até hoje, com muita estima. Algo que irrita um pouco sua irmã mais velha, Alison.

Sophia é o tipo de garota que todo mundo chama de certinha: a boa aluna que não bebe, não usa drogas, não namora. Não que falte vontade, afinal, ela é apaixonada há anos pelo seu amigo David. Porém, a melhor amiga de Sophia, a descolada Mika, sempre alerta a amiga de que ela é areia demais para David, que ele não presta e apenas vai acabar partindo o coração de Sophia. Apesar de rolarem alguns momentos de flerte, a coisa não saiu disso e agora ele tem uma namorada, Caroline, uma garota que a protagonista não gosta muito, por motivos óbvios.

O que era para ser a semana de despedida de Sophia de sua cidade favorita e de seus melhores amigos, Mika e David, se torna um inferno quando Jamie – um antigo amigo do grupo – retorna para Tóquio depois de ser enviado para um internato nos Estados Unidos. De início Sophia fica injuriada com a volta do garoto e percebemos que eles têm um passado conturbado. Essa semana de despedida promete ser muito mais intensa e emocionante do que Sophia poderia imaginar no seu sonho mais louco. Você vai rir, derramar algumas lágrimas, xingar e aplaudir algumas escolhas de Sophia. Mas acima de tudo, vai se apaixonar por Tóquio.

Amo viajar e conhecer novas culturas e apesar de querer muito conhecer o Japão, nunca tive uma grande curiosidade para conhecer Tóquio e isso mudou completamente ao ler esse livro. O que mais me chamou a atenção nesse livro foi a escrita de Cecilia. Muitas histórias se passam em uma cidade X ou Y, mas em pouquíssimas narrativas a própria cidade acaba se tornando uma personagem tão especial como em Adeus, Tóquio!. A ambientalização foi perfeita, sem deixar as descrições maçantes e cansativas, tirando o foco da narrativa.

Um romance incrível em Tóquio e por Tóquio! A história perfeita de quando romance, amizade e cultura se encontram.
Uma delícia de leitura que deixou um gostinho de quero mais na medida certa. Que estreia da Cecilia Vinesse!

“— Acho que você escolhe à qual lugar quer pertencer, e esses lugares sempre estarão lá, para lembrá-lo quem você é.”


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia antecipada para o Livros em Série.

Já leu "Adeus, Tóquio!"? Quantas estrelas você dá para o livro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

2 comentários

  1. Quero mergulhar nessa história integrante.

  2. Hey, Bru!
    Que resenha linda! *O*
    Eu estava tão desesperada por esse livro que eu nem te conto. Mas achei que só iria chegar por aqui semestre que vem!!! Quando eu vi no Skoob, com a capa tão mudada, nem reconheci. Mas como o nome me remeteu ao “Seven Days of You”, eu fiquei curiosa e fui ler a sinopse. Quão grande foi minha surpresa ao perceber que era ele mesmo! haha. Prefiro a capa gringa, acho mais bonita e parecida com Tóquio. Mas a história parece ser tão meiga e apaixonante, ainda mais pra mim que sou fã da cultura oriental. Estou com altas expectativas e super ansiosa para lê-lo!
    Sua resenha maravilhosa confirmou minhas suspeitas, vou amá-lo! haha.
    Mil beijokas :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*